Insights de um coach de sucesso

17/06/2021 às 19:07 Coaching

Insights de um coach de sucesso

Mesmo os profissionais mais altamente qualificados e experientes precisam estar em constante aprendizado e se dedicar a novas reflexões para chegar a novos patamares no coaching. Eis alguns insights que podem ajudá-lo no seu caminho de autoconhecimento ao sucesso.

Insights do coach de sucesso

Não existe um coachee ou equipe “perfeitos”. Por isso, a diversidade de pessoas assessoradas pelo coaching trazem uma série de desafios para atender a cada caso. Para isso, o coach precisa ter a capacidade de lidar com a produtividade de seus coachees e ter alguns insights que o levam à alta performance, tais como:

  1. As pessoas se comportam de acordo com seus pensamentos:

Se você trabalha com um colaborador que é pessimista e fica reclamando constantemente, você consegue ver como é a visão dele sobre a vida: negativa. Já o contrário, se tem um colaborador com uma visão mais positiva da vida acaba vendo os problemas como desafios. Por isso, o coach precisa estar consciente a respeito de alguns modos de pensamento conscientes ou inconscientes de seus colaboradores, tais como:

  • Trabalho é o que financia meus fins de semana;
  • Se a vida te dá limões, faça uma limonada;
  • Este trabalho é um degrau na minha escada para o sucesso;
  • Ninguém pode fazer tudo, mas todos podem fazer alguma coisa;
  • Humor: não saia de casa sem ele;
  • O que quer que esteja errado, eu não fiz;
  • Conheça seus limites e, em seguida, ultrapasse-os;
  • Se você aprender com as derrotas, será um vencedor.

É preciso conhecer o coachee em sua singularidade e como ele se comunica de forma consciente e inconsciente, de modo contrário não entenderá a sua demanda e seus recursos.

  1. A individualidade deve ser valorizada e explorada:

Muitos líderes não permitem que seus liderados sejam únicos e criativos. Ao invés disso, desencorajam a individualidade em seu time. Cada pessoa no time é única e tem capacidades e recursos criativos que podem beneficiar a empresa, por exemplo. Pode-se valorizar os talentos do indivíduo, questionando-se:

  • Quais são os seus pontos fortes de trabalho como membro da equipe?
  • O que você diria que suas áreas mais fracas podem ser?
  • Se você estava lidando com um projeto importante, quais responsabilidades você mais gosta? Para qual você se sentiria mais qualificado?
  • Você se sente menos qualificado para?
  • Se sua equipe pudesse saber apenas uma coisa sobre você, o que essa coisa deveria ser?
  • Se você pudesse expandir seu conhecimento e nível de habilidade em qualquer área de nossas funções como equipe, que área você gostaria de ser?
  1. A falta de motivação geralmente reflete desânimo:

Quando as pessoas estão desmotivadas, geralmente estão desencorajadas, não porque sejam preguiçosas, estúpidas ou doentes. É preciso descobrir por que estão se sentindo desencorajados, a falta de motivação e de impulsionamento. É possível saber o motivo da desmotivação através do vínculo com pessoas da equipe que possam contar. Além disso, redução nos níveis de produtividade, menor atenção aos detalhes, atrasos e absenteísmo podem ser índices da desmotivação.

Nesse sentido, é possível trabalhar com uma técnica do coaching que se volta para a revisão do passo, a análise do presente e o planejamento do futuro, trabalhando com o membro da equipe para uma revisão de sua performance e como pode melhorar no futuro.

  1. As consequências determinam a performance:

A melhor forma de mudar o desempenho é programar as consequências apropriadas. Se um membro da equipe continuamente desempenha de forma negativa mas não há consequências, adivinhe o que acontecerá? O comportamento se repetirá. As consequências devem ser niveladas pelo comportamento e devem estar focadas na mudança de comportamento e na melhoria do desempenho.

  1. Quando tratadas com responsabilidade, as pessoas agem com responsabilidade:

Os membros de uma equipe que são tratados com responsabilidade, tendem a agir com responsabilidade. Assim como quanto mais responsabilidades adquirem, maior cresce o nível de confiança para desempenhar as funções e, a partir daí, pode surgir a lealdade.

O coach de sucesso

Você pode se perguntar o que pode estar segurando você de ser um coaching de sucesso. Veja só algumas delas:

Conversa interna: o coach precisa estar consciente de sua “conversa interior”, seu crítico interno e os padrões de pensamento que podem estar minando o seu sucesso. A autossabotagem pode estar por trás dos padrões de pensamentos negativos, tais como “não consigo”, “não sou suficiente”, “não sou inteligente”, “nunca vou conseguir”, “não tenho o suficiente para conseguir” e um alto nível de exigência pessoal. Isso não significa que o indivíduo deva tomar riscos impensados, mas que deva avaliar seus medos e receios para que não o impeça de atingir seus resultados. Se o medo o está impedindo de seguir adiante e de vivenciar mais a vida pelo receio do fracasso ou da pressão por resultados.

Procrastinação: por que fazer agora se pode-se fazer depois? A procrastinação é um grande vilão contra o desenvolvimento e a autorrealização. Talvez o problema seja a falta de organização ou de motivação. Aprender a priorizar as coisas que precisa e realizar a gestão do tempo pode contribuir para cessar os padrões de procrastinação. Focar no que está fazendo, ao invés de focar nos resultados que visa alcançar pode retirar distrações que podem estar impedindo-o de seguir em frente

Motivação é tudo: a falta de automotivação pode ser um dos principais fatores que o impedem de ser um coach de sucesso. Alguns de nós temos mais predisposição para ser pró-ativos, mas outros precisam aprender essa habilidade. Lembrar-se da importância do que você faz, ainda que não receba reconhecimento, é um fator chave para estar motivado, já que você se sente motivado quando sente que está fazendo algo bem. Treine-se para se sentir motivado mesmo quando o reconhecimento não vier, e aprenda a comemorar cada pequena conquista ao longo do caminho para preencher o seu senso de propósito. Você também pode tirar um tempo para refletir sobre:

  • O que motiva você? Uma vez descoberto isso, use-o para motivar a si mesmo a partir de agora.
  • Você tem medos ou dúvidas que estão te segurando? Identifique-os, veja se são realistas ou imaginários. Sinta o medo e tome a ação mesmo assim.
  • Como você está se autossabotando? Você procrastina, deliberadamente evita ou adia as coisas? O que aconteceria se por um dia você decidisse parar de procrastinar e dar um novo passo na direção do seu sonho?
  • Você tem problema em focar? Você se distrai com facilidade? O que você pode fazer a respeito para gerir melhor o seu tempo?

Você não precisa fazer tudo sozinho: construir parcerias com mesmos objetivos nos negócios e que possam ajudá-lo na conquista desses objetivos pode ajudá-lo a ir além do considerado impossível.

Considere seu tempo com a família: como um coach, você pode trabalhar uma quantidade de horas suficiente para manter os negócios mas também para passar um tempo de qualidade com a família. Os períodos e a quantidade de trabalho podem ser ajustados de acordo com as necessidades de ambos para conseguir se beneficiar de estar no suporte da família.

E você, ficou curioso para saber mais sobre o coaching de sucesso? Venha para o IBND!

O curso de coaching do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

Referências:

HOLLIDAY, M. Coaching, mentoring and managing. Editora The Career Press Inc. 2001.

LEVINE, T. et al. The successful coach. Editora John Wiley & Sons Inc.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK