Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Quer empreender na área alimentícia? Conheça a história do Burger king

03/12/2020 às 11:59 PNL

Quer empreender na área alimentícia? Conheça a história do Burger king

Algumas marcas são tão bem administradas que acabam prosperando no segmento que atuam, mesmo diante da concorrência desenfreada. Resiliência, planejamento, foco nos objetivos e uma aguçada visão de negócios, podem fazer uma baita diferença entre o sucesso e o fracasso de qualquer empresa.

Preparamos esse post que conta a história do Burger King, que é uma famosa rede de restaurantes. Saiba como essa marca, que começou sem muita ambição de grandeza, acabou se destacando no mercado, fazendo seus produtos serem os preferidos de milhares de consumidores. Fique conosco até o final e tenha mais inspiração!

Burger King: ideia genial que acabou dando certo

A história de sucesso do Burger King começa no ano de 1953, nos EUA, quando Keith J. Kramer e Matthew Burns resolveram empreender. Os sócios inauguraram o Insta-Burger King, que era um lugar onde as pessoas poderiam se alimentar de forma rápida e prática.

Mesmo com a empresa apontando um certo potencial de crescimento no futuro, ambos os proprietários estavam passando por dificuldades financeiras. Dessa forma, resolveram vender a pequena lanchonete para James McLamore e David Edgerton, que demonstraram interesse no novo empreendimento.

Depois da compra pelos novos proprietários, o nome do estabelecimento mudou para Burger King, em 1954. Como tinham experiência e tino para os negócios, pouco tempo depois, mais uma loja da marca foi inaugurada em Miami. Inicialmente, os produtos oferecidos eram hambúrgueres, milk-shakes e refrigerantes. As vendas só cresciam.

Inovação, crescimento e mais produtos ofertados 

Já em 1957, os novos sócios do Burger King resolveram inovar. Sendo assim, criaram o famoso sanduíche Whopper, que até hoje é vendido em todo o mundo. O produto foi o carro chefe da marca por anos a fio e um dos recordistas de vendas. Os negócios iam de vento e polpa.

Em meados de 1961, o Burger King, que já estava consolidado mercado norte americano, permitiu que franquias fossem abertas, tanto nacional quanto internacionalmente. Em 1963, a primeira loja fora dos EUA foi inaugurada. A logomarca do Burger King já podia ser vista em Porto Rico. Com muito trabalho e foco, tudo deu certo.

Os produtos feitos pelo Burger King atraiam mais e mais pessoas, com o passar dos anos. Era comum se deparar com filas na porta das lojas, principalmente nos fins de semana e feriados. O tempo passou e, em 1967, a marca já tinha nada menos do que 275 restaurantes, quando foi vendida para um renomado grupo da área de panificação.

Diferencial perante a concorrência

A década de 1970 foi de ouro para o Burger King que, mesmo sob nova administração, continuou inovando e crescendo ainda mais. Em 1974, a marca investiu pesado em comerciais televisivos para enfatizar seus diferenciais perante a concorrência, que só aumentava nessa época.

O objetivo era mostrar aos clientes que o Burger King era bem mais flexível, permitindo que os clientes escolhessem o que quisessem colocar em seus sanduíches, algo que o rígido McDonald´s não permitia. Essa estratégia acabou dando muito certo e alavancou ainda mais as vendas. Saber fazer um mapa mental também pode ajudar bastante. 

Prova disso é que, em 1975, a primeira loja do Burger King foi inaugurada no velho continente (Europa). A cidade de Madrid, na Espanha, foi a contemplada. E por lá seus produtos, que eram cada vez mais diversificados, também fizeram um enorme sucesso. Lanchar diariamente no Burger King era a preferência de muitos.

Investimentos e expansão para outros países

Nos anos 80 iniciou-se um ousado plano de expansão de todos os negócios da rede Burger King. Como a marca já estava consolidada na mente dos americanos, decidiu-se que já era hora de fazer o restante do mundo conhecer seus deliciosos lanches.

Em 1983, o Burger King inaugurou o primeiro restaurante no campus de uma conceituada faculdade de Boston. A ideia foi um baita sucesso entre os alunos que praticamente frequentavam o local em todos os turnos. Nos anos 1990, mais uma boa dose de inovação: foi criado o Burger King Kids Club.

Em apenas dois meses foram contabilizadas mais de um milhão de inscritos. Em 1993, a primeira sede da marca foi fundada na Arábia Saudita, ao mesmo tempo que o milésimo restaurante em Sidney, na longínqua Austrália. Em 1994, o Burger King expandiu seus negócios para Israel, República Dominicana, Peru, Nova Zelândia, Omã e El Salvador.

Franquias Burger King no Brasil

Em 2004, o Burger King chega ao Brasil. A marca escolhe a capital paulista para abrir três lojas no já famigerado modelo de franquia. O sucesso foi imediato entre os consumidores. Por aqui, seus produtos sempre tiveram preços mais acessíveis, se comparados com a concorrência.

No final de 2013, o Burger King já contava com aproximadamente 13 mil estabelecimentos em 79 países. Mesmo que muitos desses sejam franquias, a confiabilidade que essa sexagenária empresa transmite aos clientes, inspira qualquer empreendedor a se tornar mais um franqueado Burger King.

Atualmente, essa poderosa marca americana conta com aproximadamente 630 restaurantes próprios e 170 franqueados em todo o Brasil. Cerca de 17 mil colaboradores trabalham duro para atender 150 milhões de clientes por ano em todo o mundo. O faturamento do Burger King no Brasil foi de 2,3 bilhões de reais, em 2018.

De agora em diante, você terá a certeza de que motivação e garra para empreender não vão mais faltar, certo?

Venha para o IBND

O curso de coach do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®