4 características negativas causadas pelo excesso de autoconfiança

13/04/2020 às 08:02 Coaching

4 características negativas causadas pelo excesso de autoconfiança

A autoconfiança é uma habilidade importantíssima para acelerar o desenvolvimento profissional e pessoal das pessoas, mas assim como outros fatores positivos, o excesso acaba tendo o efeito inverso e prejudicando a nossa vida.

O excesso de autoconfiança pode ser bastante prejudicial ao nosso dia a dia, nesse artigo vamos mostrar quais são as principais características negativas de ser exagerado neste quesito.

Quem acompanha o nosso blog sabe que falamos bastante sobre a importância da autoconfiança em nossa vida. E pode até soar estranho, mas assim como certos fatores trazem benefícios, eles também podem trazer prejuízos, tudo é uma questão de bom senso.

A autoconfiança continua sendo uma competência indispensável para quem quer acelerar o desenvolvimento humano, principalmente, otimizar o desempenho profissional. Porém, ser confiante ao extremo pode ser prejudicial a este mesmo desenvolvimento, fazendo com que detalhes passem batidos sem que percebamos.

Quais são as principais características negativas do excesso de autoconfiança?

A autoconfiança consiste na capacidade que nós temos de confiar em nós mesmos, isso nos faz seguros de nossas habilidades, do nosso potencial de crescimento e permite a potencialização do nosso desenvolvimento.

O problema está, como já dissemos acima, no excesso de confiança e isso faz com que elas possam ser confundidas com arrogância e egoísmo ou até mesmo narcisismo. Por termos muita confiança em nós mesmos, acabamos deixando de lado detalhes importantes que podem gerar grandes prejuízos posteriormente.

Confira quais são as principais características negativas causadas pelo excesso de confiança:

Desatenção a detalhes

Quando estamos extremamente confiantes no desempenho de nossas funções, aumentamos as chances de errarmos na execução do nosso trabalho. O exagero acaba nos levando a uma perda de concentração, o que pode levar a uma falta de atenção aos detalhes importantes de uma tarefa.

Isso acontece porque já estamos completamente seguros sobre uma ação. Quando sabemos que fazemos algo sem nenhuma dificuldade, geralmente acabamos relaxando durante a execução. E isso nos gera distrações que podem nos “cegar” momentaneamente, fazendo com que deixemos passar detalhes importantes.

Dessa maneira, o excesso de autoconfiança pode comprometer seriamente a qualidade do nosso trabalho e afetar os nossos resultados. Por isso, mesmo que você se sinta confiante, sempre busque cuidar da sua capacidade de foco e concentração no trabalho para não adquirir esta característica negativa.

O Coach é uma ferramenta que ajuda nos manter atendo aos detalhes, conheça o nosso Curso de Coach

Maiores riscos

Essa é uma característica negativa que afeta, principalmente, profissionais que trabalham em áreas operacionais. Novamente, voltamos a questão da falta de concentração gerada pelo excesso de confiança. Em trabalhos braçais e com máquinas, profissionais aumentar os riscos do seu trabalho.

A atenção nesse tipo de função é fundamental para a segurança, logo ter confiança em excesso, pode baixar a concentração, o que favorece ao aumento de acidentes.

Péssima relação com colegas de trabalho

O excesso de confiança também pode ser destrutivo nas relações de trabalho. Um profissional extremamente confiante passa uma impressão de arrogante, egoísta e soberbo, e isto pesa bastante na avaliação dos colegas de trabalho.

No ambiente de trabalho, precisamos conviver em harmonia com os demais e isso requer autoconfiança, mas em um nível aceitável. Precisamos nos mostrar confiantes e seguros de nossas ações, mas sempre buscando respeitar os demais.

Quando exageramos, podemos dar respostas ou responsabilizar pessoas erroneamente por falhas em nossos atos. Isso acaba com a nossa imagem perante os nossos colegas.

Ninguém gosta de trabalhar com pessoas arrogantes e soberbas, estas pessoas costumam ser desagradáveis em um mesmo ambiente, ainda mais quando passamos muitas horas diariamente com elas.

Respostas e gestuais ríspidos com os demais demostram um egoísmo causada pela autoconfiança exacerbada. Isso pode fazer com que a pessoa pareça antipática e autoritária, o que impede uma aproximação genuína com os demais colegas de trabalho. Isso também desfavorece o trabalho em equipe, podendo causar um isolamento.

Desacelera a evolução

Outra característica negativa causada pela autoconfiança a desaceleração da evolução pessoal e profissional. Quando temos confiança em excesso no que fazemos, achamos que já sabemos de tudo, que não há nada mais que possamos aprender.

É importante frisar que nunca somos bons o suficiente, sempre podemos melhorar. Profissionais com confiança excessiva acabam retrocedendo em vez de avançar. Assim, acabam perdendo boas oportunidades de trabalho, simplesmente por descuidarem do seu aprendizado e não dar atenção as novas tendências do mercado.

Dessa maneira, o profissional acaba estagnando sua carreira profissional. E em um mundo onde as coisas acontecem muito rápido, isso faz com que em pouco tempo, estes profissionais sejam “engolidos” pelo mercado.

Como dosar a autoconfiança?

O processo de coaching é essencial para o controle da autoconfiança. Esta habilidade é muito importante para o nosso desenvolvimento profissional, mas ela precisa vir alicerçada em outras competências como a inteligência emocional, o autoconhecimento e a automotivação.

Todas essas habilidades podem ser desenvolvidas em sessões de coaching e ajuda no controle da autoconfiança, já que as habilidades se completam. Assim, não há por que ter o excesso de autoconfiança pelo fato de se conhecer melhor e saber lidar com as outras pessoas.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça a nossa Curso de Coach.

 


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®