Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Traumas psicológicos: é possível curá-los com hipnose?

18/05/2020 às 10:24 Hipnose

Traumas psicológicos: é possível curá-los com hipnose?

Saiba como a hipnose pode ajudar a curar os traumas psicológicos do passado e fazer sua vida entrar nos eixos

Os traumas emocionais podem ser ocasionados, na maioria das vezes, pelas experiências negativas e marcantes ao longo da vida. O fato é que milhares de pessoas sofrem de algum tipo de trauma psicológico, o que pode prejudicar bastante a qualidade de vida e o bem-estar.

Mas nem tudo está perdido, pois a hipnose pode ajudar na cura definitiva desse tipo de problema.

Preparamos esse post que vai te mostrar como essa poderosa técnica é eficaz na cura dos traumas psíquicos e porque você deve fazer uso dela, se quiser deixar sua vida melhor. Aproveite a leitura, sem traumas!

Você sabe o que é hipnose?

Trata-se de um estado alterado consciência em que a pessoa que está sendo hipnotizada fica completamente relaxada durante o transe hipnótico. Mesmo que não pareça, ela fica consciente o tempo inteiro e sabe de tudo que se passa a sua volta.

Essa formidável técnica é cada vez mais usada em todo o mundo para tratar diversos transtornos psicológicos como ansiedade, depressão, fobias, estresse, traumas, vícios, dores crônicas pelo corpo, etc.

A hipnose clínica ou hipnoterapia faz uma “varredura” na mente da pessoa e consegue ter acesso ao subconsciente da mesma. Dessa forma, as sugestões dadas pelo hipnólogo são assimiladas com muito mais facilidade.

Todos as barreiras emocionais que estavam impedindo a felicidade ou o alcance dos objetivos, são eliminadas de vez. Um curso de hipnose promove o autoconhecimento, o que permite a pessoa ficar livre dos traumas do passado.

O que caracterizam os traumas psicológicos?

Podemos dizer que os traumas de origem psíquica são caracterizados como sendo uma espécie de “ferida emocional” que ainda não está totalmente cicatrizada.

Ela pode ter origem em algum acontecimento que tenha causado um estresse psicológico em que a pessoa, pelo menos naquele momento, estava incapacitada de lidar com esse tipo de situação ou emoção.

É difícil dizer o que pode causar os traumas psicológicos, pois cada indivíduo encara um determinado tipo de situação estressante de uma forma diferente e única. Mortes de familiares, acidentes de carros ou de avião, são bons exemplos de situações traumáticas.

A nossa memória é a grande responsável por manter os traumas ainda “vivos” dentro de nós.

É ela que constantemente nos lembra do episódio traumático pelo qual passamos e que nos fazer “reviver” aquele momento como se estivesse acontecendo novamente.

Diante deste contexto, a pessoa começa a apresentar os mais variados sintomas como pesadelos, crises de ansiedade, medos, irritação constante, estresse pós traumático, tristeza, entre outros.

A hipnose na cura dos traumas psicológicos

Durante a sessão de hipnose, o profissional conduz a pessoa para um estado de transe profundo, onde começa uma intensa atividade cerebral. Todas as emoções e instintos são controlados pela razão.

E isso permite que o hipnólogo consiga fazer uma ressignificação dos eventos traumáticos, diminuindo ou até mesmo eliminando-os por completo da sua mente, de uma vez por todas. Os sintomas, por sua vez, também desaparecem.

O mais interessante é que a hipnose localiza a origem do trauma e faz com que a pessoa consiga sentir todos os acontecimentos de uma maneira diferente e menos dolorosa.

Muitas vezes, a pessoa que sofreu o trauma, passa a observar o evento traumático ocorrido com ela própria, mas apenas como mera expectadora e completamente alheia à situação.

Pode até não parecer, mas isso pode ser bastante útil no processo de esquecimento de todas as emoções negativas e que estejam relacionadas ao trauma.

Novas habilidades são desenvolvidas com a hipnose

O hipnólogo deve fazer com que a pessoa se sinta protegida da situação e lhe auxiliar a desenvolver novas habilidades que a permitam lidar com possíveis situações de estresse psicológico que possam surgir pelo caminho.

Por isso, o autoconhecimento promovido pela hipnose ajuda bastante. É claro que cada pessoa vai se identificar com uma habilidade diferente, pois tudo vai depender do trauma sofrido e o quanto ele afetou as emoções da mesma.

Nesse caso, a hipnose deve ser feita sempre de maneira individual. A forma como a sessão é feita pode variar bastante, bem como o acesso às memórias traumáticas, que tanto atrapalham a vida da pessoa.

Muitas vezes, nem ela própria pode dizer o que o hipnólogo disse na hora do transe. Não pode-se definir o número de sessões de hipnose necessárias, pois cada caso deve ser avaliado individualmente.

No geral, apenas uma sessão pode amenizar a cura dos traumas psicológicos mais evidentes. Existem pessoas que conseguem ser mais hipnotizáveis do que outras. E isso influencia bastante.

Em indivíduos que apresentam maior predisposição à hipnose e que realmente acreditam na efetividade dessa técnica, os resultados são mais expressivos do que em outras pessoas mais céticas.

O IBND é a solução para você

A hipnose é de grande valia quando se deseja tratar os traumas psicológicos de uma forma mais efetiva. Por isso, que tal aprender essa técnica em uma instituição de renome em todo Brasil?

O IBND oferece soluções personalizadas que vão fazer você ficar livre dos traumas do passado, mais feliz e melhor consigo mesmo.

Nossa didática é única e aprovada por 100% dos nossos alunos.  Os cursos de hipnose e PNL do IBND são referência e ministrados por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Cobramos um preço justo e sempre priorizamos o seu aprendizado. Teremos esse compromisso com você!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®