Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Como lidar com a ansiedade durante a pandemia?

04/06/2020 às 17:58 Hipnose

Como lidar com a ansiedade durante a pandemia?

Os casos de ansiedade quase dobraram durante a pandemia de coronavírus. A informação é de uma pesquisa realizada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Essa alteração nas emoções era perfeitamente esperada, já que a vida de todos mudou muito.

Hoje, as pessoas não podem sair de casa, não devem visitar familiares e amigos e precisam ter uma série de cuidados. Máscaras e álcool em gel passaram a fazer parte da rotina de muitos, que precisam sair para comprar alimentos ou até para trabalhar.

Sem um tratamento adequado e sem nenhum medicamento eficiente, a população do mundo espera por uma vacina que proteja as pessoas do coronavírus.

Contudo, isso demora. Por mais estudos que sejam feitos, será preciso ter paciência. Pesquisas do tipo costumam levar pelo menos dois anos. Assim, mesmo com o envolvimento de muitos profissionais, dificilmente haverá uma vacina no mercado em menos de um ano.

Tudo isso, junto a um cenário de muitas vítimas fatais da doença, podem deixar qualquer pessoa ansiosa. Como lidar com a ansiedade? Veja dicas e melhore a sua rotina!

O que é ansiedade?

A palavra ansiedade pode ter diversos sinônimos como angústia, aflição ou perturbação, por exemplo. De uma forma geral, podemos dizer que esse sentimento é importante,  rotineiro e tem sinais semelhantes ao medo. É graça a ele que a pessoa se protege, luta ou foge em uma situação de perigo.

Assim, podemos dizer que a ansiedade estimula o indivíduo a agir. Contudo, quando esse sentimento é exagerado ou tem a sua origem baseada em traumas vividos, por exemplo, a ansiedade pode causar problemas.

Sabe quando, mesmo em um local protegido e calmo, a pessoa está se preocupando com algo e criando possibilidades que dificilmente acontecerão? Essa pessoa está ansiosa sem um motivo aparente e isso poderá deixá-la tão desconfortável, que ela passará a evitar coisas simples, como ir a um local cheio de gente, porque sente algo ruim só de pensar na possibilidade.

Dessa forma, podemos dizer que as crises de ansiedade estão prejudicando a vida do indivíduo, atrapalhado o seu sono, fazendo com que ele coma mais do que precisa e que viva em constante estado de alerta. Se isso está acontecendo, é preciso mudar a rotina e procurar ajuda.

Sintomas de ansiedade

Será que nessa época de pandemia você está mais ansioso? Dentre os principais sintomas que você pode ter notado estão:

  • Sensação de que algo ruim pode acontecer com você a todo momento;
  • Medos exagerados, preocupações em demasia e tensão;
  • Problemas de concentração, dificuldade para dormir e inconstância de humor;
  • Imaginação de tragédias, coisas ruins e sentimento de perda;
  • Pensamentos ruins e repetitivos a todo momento.

Todos esses sintomas sugerem que você está passando por um momento de ansiedade. Claro que, durante a pandemia, é comum que as pessoas fiquem mais alertas, sigam as recomendações das autoridades de saúde e tenham cuidado.

Afinal, ter medo de contrair a doença é algo positivo e que ajudará a pessoa a se proteger. Porém, se esse medo é exagerado e está impedindo você de realizar coisas simples, como atender a porta ou abrir a janela de casa. Algo não está bem. É preciso controlar e encontrar um equilíbrio.

Há ainda quem apresente sintomas físicos da ansiedade como:

  • Tremores nas mãos;
  • Boca seca;
  • Falta de ar;
  • Enjoo;
  • Aumento na produção do suor;
  • Mãos pés gelados;
  • Dor de barriga ou diarreia.

Como controlar a ansiedade durante a quarentena?

Notou que está mais ansioso neste período? Então veja algumas dicas para controlar isso durante o isolamento social!

Você agora é um aprendiz

Não se culpe se esquecer de tirar os sapatos na porta ao voltar do mercado ou se esquecer de descartar a embalagem externa da encomenda, que chegou pelos Correios. Todo mundo está aprendendo e incorporando novos hábitos de vida em sua rotina. Coloque-se em um papel de aprendiz e se cometer erros, lembre-se de que está tudo bem.

Crie uma rotina

Se você acordar e não tiver nada para fazer provavelmente vai ficar mais ansioso. Afinal, mente vazia começa a ter pensamentos indesejados. Para evitar que isso aconteça, crie uma rotina!

Acorde, troque de roupa como se fosse sair para trabalhar e tenha um ritmo para o seu dia. Estabeleça um horário para almoçar e faça a comida com calma. Você nunca tinha tempo para isso, não é? Aproveite que agora tem!

Gaste o tempo cuidando de plantas, fazendo artesanato ou até começando uma hortinha em vasos. Tenha tarefas diárias que façam bem a você.

Descanse aos finais de semana

Não é possível sair para ir ao parque, mas isso não quer dizer que o final de semana precisa ser igual. Aproveite para se distrair. Há inúmeros filmes e séries, para você maratonar. O que acha?

Você pode também aproveitar aos shows, ao vivo, que cantores, dos mais variados estilos, estão fazendo pela internet. Há também muitas religiões realizando cultos e missas online. Se você for praticante de alguma delas, mantenha o seu costume religioso, mesmo que a distância.

Informe-se, mas com limites

Claro que é preciso se informar, seja pela imprensa escrita ou na TV. Porém, ficar vendo notícias sobre coronavírus o dia todo, só vai piorar a sua ansiedade.

A dica é determinar um horário para esse tipo de leitura e, depois, optar por algo mais leve. Se não encontrar nada na TV que você goste, ouça música, mas não foque apenas em notícias ruins sobre a pandemia.

Faça auto hipnose

A auto hipnose pode ajudar você a controlar os sentimentos, manter a mente sadia, diminuir a ansiedade e conseguir ter pensamentos positivos. O melhor de tudo, é que você pode aprender a técnica e realizar tudo sozinho, em um local calmo da sua casa.

Se ainda não souber, poderá tanto aprender por meio de um curso online, quanto procurar a hipnoterapia a distância. Nesse período de quarentena, muitos profissionais estão atendendo online, para ajudar as pessoas a controlarem as suas emoções e angústias.

Outro problema comum de quem está em quarentena é a procrastinação na hora do home office. Você está passando por isso? Veja dicas de como focar melhor no trabalho!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®