Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Coaching e PNL: semelhanças e diferenças

14/04/2020 às 20:10 Dicas

Coaching e PNL: semelhanças e diferenças

O Coaching e a PNL (programação neurolinguística) são metodologias de desenvolvimento humano bastante eficazes. Porém, ao contrário do que muitos pensam, elas não são a mesma coisa.

Ambas podem se complementar, mas assim como existem semelhanças também existem diferenças entre elas.

Isso costuma acontecer porque o coaching e a PNL possuem técnicas e ferramentas similares.

E principalmente, por que dentro de um processo de Coaching são usadas algumas técnicas de PNL, dependendo do objetivo a ser alcançado pelo coachee.

Conceito de coaching e PNL

Antes de falarmos sobre as semelhanças e as diferenças do Coaching e a da PNL, vamos falar sobre o conceito destas metodologias.

Em suas definições, o Coaching e a PNL buscam objetivos semelhantes, buscando ajudar pessoas a mudarem suas vidas para melhor.

PNL

A programação neurolinguística, como o nome já indica visar criar mudanças internas. Existem modelos de programação mental dentro da PNL, que consistem em ensinar as pessoas a modificarem hábitos e comportamentos. Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.

As técnicas e ferramentas de PNL buscam mudar convicções limitantes e extinguir as barreiras que minam o nosso potencial.

Essa metodologia busca repaginar a nossa mente, ressignificando traumas e implementando hábitos positivos.

Coaching

O Coaching é uma metodologia de desenvolvimento humano mais específica que a PNL. As suas técnicas e ferramentas consistem em dar aos coachees, os recursos internos e externos necessários para alcançar um objetivo.

Como método, o coaching é mais direto, buscando sempre alinhar a capacitação e potencial do indivíduo para que ele conquiste bons resultados.

Por isso, em certos casos, o Coaching se utiliza de técnicas de PNL, que podem ser úteis como elementos necessários para os coachees.

Quais são as principais semelhanças entre o coaching e a PNL?

Como vimos na definição de conceitos, tanto o coaching como a PNL consistem em levar pessoas a conquistarem objetivos e mudarem suas vidas para melhor. Podemos citar as seguintes semelhanças entre estas metodologias:

  • Estímulo ao autoconhecimento. Ambas trabalham o autoconhecimento como um recurso essencial para que uma pessoa trace objetivos e tenha uma melhora estável e constante.
  • As duas metodologias focam em promover mudanças positivas. Estas mudanças sempre tem o foco de progressão, de melhoria de vida em alguns aspectos ou como um todo.
  • A PNL é muito usada no processo de Coaching. Muitas técnicas e ferramentas da programação neurolinguística são úteis em sessões de coaching para ajudar coachees a ativarem recursos internos e externos.

Quais são as principais diferenças entre o coaching e a PNL?

Mesmo que foquem em objetivos semelhantes, há algumas diferenças visíveis entre o Coaching e a PNL. Conheça abaixo as principais diferenças entre estas metodologias:

  • A PNL foca tem foco no trabalho terapêutico, ela atua mais nas emoções, trabalhando a inteligência emocional e a reprogramação mental afim de eliminar possíveis traumas e impedimentos relacionados a emoções e hábitos que minem o potencial de uma pessoa. Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.
  • O coaching possui um foco de trabalho mais direto, focado em resultados. As técnicas e ferramentas usadas no processo visam trazer os recursos necessários, sejam eles físicos ou mentais, para que uma pessoa tenha foco e conquiste o seu objetivo em um prazo determinado.

PNL e coaching: Formação

Vendo dessa maneira, a PNL é uma metodologia mais ampla que o coaching. Por isso, muitas técnicas e ferramentas de PNL são utilizadas nos processos de coaching, dependendo do objetivo buscado pelo coachee.

Uma metáfora muito utilizada no mercado atual é a da sopa de legumes. Na metáfora, o coaching seria a sopa de legumes e a PNL seriam os legumes.

Isso porque, nem todos os legumes serviriam para fazer a sopa, o que iria depender do objetivo traçado.

 Muitos profissionais fazem primeiro uma Formação em Coaching, e depois se aprofundam no PNL através de um curso Practitioner para intensificar ainda mais os seus resultados.

Dentro de uma formação de coaching, também podem ser aprendidas muitas técnicas e ferramentas de PNL úteis para os mais variados objetivos.

Porém, o mais indicado é que uma pessoa faça primeiro uma Formação Practitioner em PNL e depois faça uma Formação de Coaching. Assim, ela poderá entender os conceitos com mais profundidade em ambas as metodologias.

Faça as formações de coaching e PNL do IBND!

Aqui no IBND, oferecemos formações relacionadas a estas áreas. Temos a nossa Formação Practitioner em PNL e a nossa Formação em Coaching.

Como principal diferencial destes cursos, podemos citar um método de aprendizado imersivo, que consiste em ensinar os alunos a teoria e a prática de todas as técnicas, ferramentas e conceitos abordados. Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.

Com a nossa formação, os alunos “colocam a mão na massa”, e praticam cada um dos recursos ensinados.

Isso ajuda no desenvolvimento aprofundado de cada recurso, possibilitando que o aluno se torne um profissional destas áreas que tenha segurança e confiança em seu trabalho.

Não perca mais tempo e saiba mais sobre as nossas formações aqui no nosso site!

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®