A PNL pode te auxiliar a desenvolver mais empatia e melhorar suas relações profissionais?

12/05/2020 às 16:54 PNL

A PNL pode te auxiliar a desenvolver mais empatia e melhorar suas relações profissionais?

Descubra como ter mais empatia e melhorar suas relações pessoais e profissionais com o auxílio da PNL

A convivência humana diária pode ser um tremendo desafio para a maioria das pessoas. Cada indivíduo tem a sua forma de enxergar o mundo e visões diferentes sobre um determinado assunto. Mas um pouco de empatia pode deixar tudo mais fácil e menos penoso para todos.

Por isso, preparamos esse artigo que vai te mostrar como a PNL pode te ajudar a desenvolver mais empatia e melhorar bastante suas relações, seja em casa ou no trabalho.

Aproveite a leitura e deixe tudo mais fácil na sua vida. Pode acreditar, sempre existe uma solução!

O que é PNL?

A Programação Neurolinguística (PNL) é um conjunto de técnicas que tem três grandes objetivos: aprimorar a nossa comunicação, o desenvolvimento pessoal e profissional e melhorar os nossos comportamentos no dia a dia.

Tudo isso pode nos deixar muito mais realizados em praticamente todos os âmbitos da vida.

Um curso de PNL ajuda a eliminar todas as nossas crenças limitantes, que são os obstáculos que nos impedem de alcançar todos os nossos objetivos de vida.

Além disso, com a PNL, podemos ter mais controle das nossas emoções, desenvolvendo características como a resiliência e a empatia, tão essenciais no mundo de hoje.

Mas porque devemos ter mais empatia?

A empatia nada mais é do que a capacidade de se colocar no lugar de um outro indivíduo, independentemente da situação.

Quando conseguimos ter empatia, podemos nos tornar pessoas mais sensíveis e flexíveis no dia a dia, o que deixa a convivência muito mais harmônica.

A empatia aguça a nossa inteligência intuitiva e cria determinadas habilidades para que compreendamos as outras pessoas com mais facilidade e, claro, sem sofrimento da nossa parte.

Isso deixa tudo mais fácil, seja dentro do ambiente familiar ou empresarial. Em suma: qualquer situação fica menos complicada quando a empatia predomina.  

Saiba com a PNL pode ajudar

A PNL trabalha diretamente com um importante conceito conhecido como “posições perceptivas”, que são fundamentais para se desenvolver certas habilidades, como a empatia, por exemplo.

O uso bem pensado das palavras também ajuda bastante, dentro desse contexto. Conheça quais são as três principais posições perceptivas:

SELF

Essa é a posição que parte da sua própria perspectiva em relação ao outro. Em outras palavras, é tudo que aquilo que você vê e ouve partindo do seu próprio ponto de vista.

Essa posição está ligada à forma como você experimenta qualquer tipo de emoção ou simplesmente relembra uma memória como se estivesse vivenciando aquela situação outra vez. O “eu” é bem mais evidente aqui.

OUTRO

Trata-se do momento que você consegue se colocar no lugar do outro, com o objetivo de experimentar emoções ou sensações diferentes da sua perspectiva.

Um bom exemplo é aquela conversa que você teve com o seu colega de trabalho: você pode se colocar no lugar dele e procurar entender como deve ter sido aquela experiência para o mesmo.

OBSERVADOR

Essa posição vai lhe ajudar a experimentar todas as sensações e sentimentos apenas como mero espectador. Ou seja, vivenciar qualquer tipo de situação estando fora dela.

Ao se fazer isso, você evita sentir todas as emoções que provavelmente vivenciaria, se estivesse envolvido na situação que, muitas vezes, pode ser desgastante.

A importância das posições perceptivas dentro da PNL

A Programação Neurolinguística mostra que pessoas que têm a capacidade de alterar suas próprias posições perceptivas, ou seja, que conseguem mudar o seu ponto de vista e olhar uma determinada situação por diversas óticas, são muito mais flexíveis e suscetíveis ao sucesso profissional e pessoal.

O grande entrave é a dificuldade que a maioria das pessoas têm de mudar de uma posição perceptiva para outra, o que pode acarretar em diversos problemas emocionais como medos e fobias. Estar sempre na posição SELF, por exemplo, nem sempre é o mais recomendado pela PNL.

Em contrapartida, muitos indivíduos que, às vezes, se encontram dissociados das suas experiências, podem apresentar dificuldades em sentir na pele, ou seja, vivenciar determinadas emoções da vida. E isso pode interferir negativamente em suas relações pessoais, por falta de autoconhecimento.

As pessoas que sempre ficam na segunda posição (OUTRO), podem ser extremamente dependentes, sempre procurando entender o que o outro sente, menosprezando suas próprias necessidades e desejos. O problema é que elas não têm nenhum tipo de autonomia perante qualquer situação.

Quer ter mais empatia? Use a PNL

Por isso, o total equilíbrio e alinhamento em usar as “posições perceptivas” é fundamental para que a proposta da PNL tenha resultados positivos na vida de qualquer pessoa, independentemente da sua situação.

Não deve haver um descompasso entre uma posição e outra. Somente dessa forma, é possível ter mais empatia por todos ao seu redor.

Conte com o IBND e tenha sucesso

Se você precisando ter mais empatia e melhorar suas relações pessoais e profissionais, além de se tornar uma pessoa melhor, venha fazer os cursos de PNL e hipnose do IBND.

Eles são referência em todo o Brasil e ministrados por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado.

O nosso método de ensino é único e aprovado por 100% dos nossos alunos. Pessoas que atuam na área da saúde, são proprietárias de clínicas e querem usar a PNL ou a hipnose em seus pacientes, o IBND é a melhor opção.

Venha estudar em uma instituição que tem preço justo e prioriza o seu aprendizado. Conte com a gente! 


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®