Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Tem claustrofobia? A Hipnose pode ajudar na cura

19/05/2020 às 14:22 Hipnose

Tem claustrofobia? A Hipnose pode ajudar na cura

Saiba como a hipnose pode ajudar pessoas claustrofóbicas a ter mais qualidade de vida e bem-estar

Muita gente tem pavor de permanecer em locais fechados ou em pequenos espaços. Ansiedade e crises de pânico podem aparecer repentinamente em situações assim. Dependendo da pessoa, essa desagradável situação pode até mesmo paralisá-la.

Mas se você é claustrofóbico e quer ficar livre desse incômodo, não se preocupe, pois a hipnose pode te ajudar ter uma vida muito melhor.

Através desse post, vamos te mostrar como isso é possível e porque essa técnica tem resultados tão positivos no combate aos distúrbios mentais. Fique com a gente e aproveite a leitura!

O que é claustrofobia?

Podemos dizer que é uma sensação de pavor que toma de conta de determinadas pessoas quando se encontram em locais fechados ou apertados.

É um tipo de fobia muito peculiar, que é considerada um medo totalmente irracional e sem sentido, que, as vezes, chega a ser debilitante, pois não existe nenhum perigo envolvido.

Por exemplo, se você tem medo de andar de elevador, evita passar em locais fechados como túneis, deixar o carro em um estacionamento subterrâneo ou até de entrar em um cômodo sem janelas, dentre várias outras situações que o deixam enclausurado e sem a possibilidade de escapar, é muito provável que sofra de claustrofobia.

O que é hipnose?

A hipnose é um estado alterado de consciência em que o indivíduo fica totalmente relaxado durante o transe hipnótico. Durante esse processo, a pessoa fica consciente e sabe de tudo que se passa ao seu redor.

A hipnose é bastante usada para tratar diversos problemas psicológicos como medos e fobias em geral, com resultados surpreendentes.

O poder da hipnose no ramo da psiquiatria é tão grande que ela é capaz de combater até mesmo as dores crônicas pelo corpo, sem o uso de qualquer tipo de medicamento.

A hipnose deixa o subconsciente da pessoa muito mais receptivo às sugestões de mudanças positivas em sua vida, que são dadas pelo hipnólogo, eliminando as barreiras mentais que o impediam de ser mais feliz.

Sintomas da claustrofobia

Conheça os principais sintomas desse problema que pode deixar muita gente com os nervos à flor da pele e é mais comum do se imagina:

  • Taquicardia;
  • Sudorese excessiva;
  • Tonteira;
  • Sensação de zumbido nos ouvidos;
  • Vontade repentina de ir ao banheiro;
  • Sensação de calor intercalada com calafrios;
  • Náuseas;
  • Confusão mental;
  • Dor no peito;
  • Enxaqueca;
  • Boca seca;
  • Sensação de pânico;
  • Desmaios (em casos mais graves).

Você deve ter notado que esses sintomas são bastante parecidos com os sintomas da ansiedade ou síndrome do pânico.

A diferença é que, na claustrofobia, eles só se manifestam quando a pessoa se encontra em locais fechados ou apertados, em que ela, erroneamente, acredita que não pode escapar.

Mas como a hipnose pode tratar esse problema?

Uma das grandes vantagens da hipnose é que ela trata o problema de dentro para fora, ao contrário das outras terapias convencionais.

Além disso, a hipnose é um método nada invasivo e não faz uso de nenhum tipo de medicamento, o que não traz efeitos colaterais.

Conheça as três maneiras como essa técnica pode auxiliar no combate a claustrofobia:

Relaxamento

O transe hipnótico leva o indivíduo a um consciente estado de relaxamento profundo, que é capaz de aliviar até as crises de ansiedade mais intensas.

Depois da hipnose, a pessoa começa a sentir uma prazerosa sensação de tranquilidade, mesmo se for exposta às situações que antes provocavam a claustrofobia. Isso traz mais bem-estar e qualidade de vida.

Sugestões diretas

Além do estado de relaxamento profundo, a hipnose deixa o cliente mais concentrado e com a mente mais aberta às sugestões dadas pelo hipnólogo, que são assimiladas com mais facilidade pelo subconsciente.

Aos poucos, as mudanças positivas se tornam mais evidentes e a pessoa consegue enfrentar todos os seus medos, eliminando-os por completo da sua vida.

Regressão hipnótica

Esse método é considerado o mais eficaz para superar a claustrofobia, pois tem foco direto na raiz do problema, fazendo uma análise do motivo responsável por esse transtorno na vida da pessoa.

Na maioria das vezes, a claustrofobia pode ter origem em situações traumáticas vivenciadas por um indivíduo, que nem sempre tem a ver com o medo em si.

Como a hipnose faz uma regressão ao trauma, essas lembranças que podem ter originado a claustrofobia, simplesmente desaparecem da mente da pessoa, de uma vez por todas.

E isso acontece pelo fato da hipnose acessar o subconsciente humano e descobrir a real causa dos medos e fobias.

Ela faz uma espécie de “varredura” em nossa mente e elimina tudo que está nos impedindo de ter uma vida melhor, sem traumas passados, medos ou fobias sem sentido. Depois da hipnose, sua vida será outra!

Venha aprender hipnose no IBND

Agora que você aprendeu que a claustrofobia e outras fobias podem ser liquidadas de vez com a hipnose, que tal aprender essa poderosa técnica em uma instituição de renome em todo o Brasil?

No IBND, temos preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Aqui, a nossa didática é única e aprovada por 100% dos nossos alunos. 

Os cursos de hipnose e PNL do IBND são referência em todo o Brasil e ministrados por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado.

Oferecemos soluções personalizadas que vão fazer você ser mais feliz e se tornar uma pessoa melhor. Teremos esse compromisso contigo, pode confiar!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®