Quais são as consequências de não ter desenvolvido a inteligência emocional?

04/02/2021 às 11:17 PNL

Quais são as consequências de não ter desenvolvido a inteligência emocional?

A inteligência emocional é uma das principais habilidades para o desenvolvimento pessoal e profissional. É muito importante desenvolver essa habilidade. E se em outros textos aqui do blog, falamos sobre os benefícios da inteligência emocional, neste vamos falar sobre as consequências de não desenvolver essa habilidade.

Para encarar as situações do dia a dia, seja na vida pessoal ou no trabalho, é preciso ter a mente preparada. Saber lidar com as emoções é fundamental para o sucesso em todas as áreas da vida. A falta da inteligência emocional é um fator que dificulta a nossa convivência e nos fazer perder ótimas oportunidades de crescimento.

Quais são as consequências de não desenvolver a inteligência emocional?

Uma pessoa que não tem controle sobre suas emoções, o que é a base da inteligência emocional, não consegue lidar bem com desafios ou qualquer tipo de problema que surja em sua vida. Tudo para estas pessoas é complexo demais, nunca para elas será possível ter uma vida plena, por exemplo.

Enquanto pessoas com inteligência emocional bem desenvolvida buscam ter um equilíbrio entre a razão e a emoção, pessoas que não desenvolvem esta habilidade costumam ser bastante confusas, não lidam bem com suas emoções e sempre criam “dificuldades” em diferentes situações ao longo da vida.

Existem um ditado popular bastante conhecido que diz: “Sorte no jogo, azar no amor”. Ele é uma máxima para pessoas sem inteligência emocional. Porém, esse ditado popular é falso!

Muitas pessoas por não desenvolverem a inteligência emocional não possuem equilíbrio e por isso acreditam que não podem ser “felizes” em tudo, não podem conquistar tudo o que almejam. Elas agem como se tivesse algo as puxando para baixo.

Essa é uma consequência clássica de quem não possui inteligência emocional. Ter uma estrutura emocional sólida é essencial para lidar com os problemas de uma maneira positiva, encarando os desafios de frente sem ter medo e com a confiança de que obstáculos podem ser superados.

Sem o desenvolvimento da inteligência emocional acabamos encarando tudo como obstáculo e deixamos de aproveitar oportunidades importantes para o nosso crescimento pessoal.

Como desenvolver a inteligência emocional?

Acredito que você tenha entendido que as consequências de não desenvolver a inteligência emocional podem prejudicar a sua vida como um todo. Então, vamos mudar o assunto e partir para as dicas que facilitam o desenvolvimento da inteligência emocional. Confira as nossas dicas abaixo:

Encontre formas para controlar suas emoções

A base da inteligência emocional é o controle das nossas próprias emoções. Para isto, precisamos encontrar maneiras de lidar com o que sentimos, independente do momento. Muitas pessoas agem sem pensar, sendo bastante impulsivas e acabam se arrependendo de suas ações posteriormente.

Por isso, é fundamental encontrar gatilhos para que possamos tomar as rédeas de nossas emoções. O primeiro passo é descobrir maneiras de controlar a impulsividade. Descubra os motivos que o levam a praticar um ato impulsivo e trabalhe em cima disto.

Existem alguns gatilhos bem conhecidos e bastante eficazes para isso, como por exemplo, a prática de exercícios físicos e de respiração, a meditação, a caminhada e o pilates. Todas essas atividades são fundamentais para nos ajudar a desenvolver a inteligência emocional.

Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.

Compreenda e ressignifique as emoções negativas

Para manter as emoções sob controle, precisamos compreender as emoções negativas. Aprender a lidar com a negatividade dentro de nós é fundamental para adquirimos a inteligência emocional. Em certos momentos da vida, seremos acometidos pela tristeza, pela raiva e isso pode afetar o nosso equilíbrio emocional.

Dessa forma, precisamos aprender a lidar com as crenças limitantes que geram emoções negativas e encontrar uma forma de ressignificá-las para não criar qualquer tipo de trauma ou ressentimento. Isso pode atrapalhar bastante o nosso dia a dia, por isso é importante reconhecer a importância, compreender as emoções negativas e trazer um novo sentido para elas.

Pratique a autoconfiança e a automotivação

A autoconfiança e a automotivação são dois fatores fundamentais para o desenvolvimento da inteligência emocional. Uma pessoa equilibrada emocionalmente precisa ter confiança em seu próprio potencial, isso lhe trará a chance de encontrar as respostas capazes de lhe motivar.

É importante ter em mente que todas as respostas que precisamos estão dentro de nós, basta explorar o nosso ser que as encontraremos.

Uma pessoa que consegue despertar a confiança e a motivação por si só, tem muito mais ferramentas para lidar com qualquer emoção negativa. Isso porque ela conhece os seus limites, tem confiança no seu potencial e não se abate facilmente.

Faça a nossa Formação Practitioner em PNL!

Aqui no IBND possuímos uma Formação Practitioner em PNL completa. Conosco, você aprende todos os recursos da programação neurolinguística e ganha ferramentas para melhorar a própria vida e a vida de outras pessoas. Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.

Gostou deste artigo? Confira mais dicas em nosso blog.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK