Ovelha negra da familia: quem são, o que fazem e porque são julgadas?

26/03/2022 às 20:31 PNL Hipnose

Ovelha negra da familia: quem são, o que fazem e porque são julgadas?

Muito provavelmente você já ouviu alguém dizer “ele é a ovelha negra da família", ou frases similares. Esta expressão tão conhecida do nosso vocabulário popular brasileiro inspira-se nas ovelhas de pelo negro, um animal que se distingue das ovelhas brancas que estamos acostumados a ver. 

Definindo uma pessoa que foge dos padrões, sobretudo, familiares e da sociedade como um todo, a expressão ovelha negra costuma ter um sentido negativo. Porém, a verdade pode estar bem distante. 

Alguma vez alguém já lhe disse que você é a ovelha negra da família e você ficou chateado com esta colocação? Bom, da próxima vez dê um sorriso a essa pessoa e diga “muito obrigada”, afinal, ser a ovelha negra pode estar muito longe de ser ruim. 

Quer entender mais sobre o que estamos falando? Pois então vamos descobrir neste artigo do IBND quem são as ovelhas negras, o que elas fazem, o porquê são tão julgadas e os motivos pelos quais você deve se orgulhar por este título que recebeu — caso assim seja.

Vamos lá!

Quem são as ovelhas negras?

Chamamos de ovelha negra, a pessoa que não segue as ideais e ideologias do coletivo. 

Usado, sobretudo, a nível familiar e com um tom pejorativo, a ovelha negra da família costuma viver rodeada de críticas por não se encaixar com os valores do resto do seu grupo. 

Teimosa, reacionária e pouco dócil, são adjetivos comuns que estes indivíduos recebem. No entanto, há uma descrição muito mais correta para definir tais pessoas: elas têm voz própria, sabem o que querem e o que pensam e, geralmente, já passaram por um processo profundo de autoconhecimento

Longe do que muitos pensam ser e agir de acordo com os próprios valores, reagindo diante das “ovelhas brancas”, pode ser extremamente saudável para a nossa saúde física e emocional. 

Você sente que é de fato a ovelha negra da sua família? Confira a seguir quatro razões para se orgulhar deste título:

  1. A ovelha negra é original e luta para ser quem é!

Originalidade é uma característica bastante incomum e vista com maus olhos por uma sociedade que sugere que sejamos um “exército” de pessoas iguais. 

No âmbito educacional, da moda, do mercado de trabalho... Tudo é permeado por diretrizes muito claras de que devemos ser iguais aos outros para sermos aceitos e, mais ainda, para nos darmos bem. 

Durante a nossa vida somos ensinados que devemos ser o que os outros esperam. E, se você não se encaixa, precisa fazê-lo à força. 

Todavia, a ovelha negra escapa a este padrão e vive com tranquilidade o seu diferencial sem buscar se encaixar ao que os outros esperam. 

  1. São rebeldes e não têm medo de se revelar!

Justamente por se revelarem seres autênticos, as ovelhas negras são julgadas. Descobrir aquilo que somos, aquilo que nos define e aquilo que nos faz feliz é uma tarefa árdua e que pode causar medo. 

Uma vez que desabrochamos e mostramos nossa beleza interior, precisamos defendê-la com unhas e dentes, nos rebelando diante de quem se opõe e de quem impõe que devemos seguir um padrão da sociedade. 

  1. São seres equilibrados interiormente

Já sentiu o prazer de deitar a cabeça no travesseiro e dormir com a consciência tranquila de saber que você fez tudo que é certo para você? Não existe nada mais saudável e reconfortante que o equilíbrio interior e a dignidade pessoal!

Muitas pessoas deitam a cabeça no travesseiro e passam horas refletindo sobre problemas. Fazer o contrário do que queremos, nos calarmos frente a situações que não concordamos e viver numa infinita preocupação com o que os outros pensam nos tira o sono. 

Por isso, a ovelha negra é livre. Pois, atua com respeito em todo o momento e entende que precisa antes de tudo respeitar a si mesma!

  1. A ovelha negra não é um robô. É um ser livre!

A liberdade é algo relativo. Todos temos obrigações sociais e pessoais, afinal, vivemos em sociedade e isso implica seguir algumas regras. 

Porém, dentro destas margens existe uma série de caminhos que podemos tomar para começar a descobrir que a verdadeira liberdade existe de fato. 

A ovelha negra entende que é livre para dizer o que quer, quem ama e quem não deseja em sua vida. E entende que os demais são livres para aceitá-lo ou não. Sabe que podem e devem se defender de quem busca controlá-los ou submetê-los a regras. 

Quer aprender a impôr limites? Deseja buscar o autoconhecimento? Desenvolver uma inteligência emocional e uma fala mais assertiva? No curso de pnl do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento) você aprende a buscar a melhor versão de si mesmo e alcançar as suas metas e objetivos. Saiba mais!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK