Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

O que são e como tratar doenças psicossomáticas?

03/09/2020 às 19:04 PNL

O que são e como tratar doenças psicossomáticas?

Você já sentiu algum mal-estar físico, foi ao médico e fez exames, mas não descobriu nenhuma causa clínica? Isto é um sinal de suas emoções e sentimentos podem estar afetando mais do que deviam o seu dia a dia.

Deixar a saúde mental de lado ajuda no desenvolvimento das doenças psicossomáticas.

O que são doenças psicossomáticas?

As doenças psicossomáticas se caracterizam por serem problemas de origem psicológica que refletem no nosso corpo físico. São exemplos comuns deste tipo de doença: a queimação no estômago, dores de cabeça, mudança de líbido e alterações no ciclo menstrual.

Por serem geradas pelo excesso de emoções e sentimentos e por problemas psíquicos, as doenças psicossomáticas não são diagnosticadas através de exames físicos.

É bastante comum que pessoas se sintam mal, mas que os exames não mostrem nenhum problema físico. Diante dessa situação, médicos experientes conseguem diagnosticar a origem emocional do mal-estar físico.

O processo de evolução das doenças psicossomáticas ocorre na nossa mente. Lidamos com nossas emoções o tempo todo e em momentos de pressão, estresse e as crises de ansiedade ajudam a potencializar os sentimentos permitindo que as doenças psicossomáticas se desenvolvam e reflitam em nosso corpo.

Como tratar uma doença psicossomática?

As doenças psicossomáticas podem gerar problemas extremamente negativos para o nosso corpo, por isso é fundamental cuidar da saúde mental para evitar qualquer tipo de problema. Abaixo, você verá dicas que podem lhe ajudar a identificar e tratar este tipo de problema, confira:

Identificando uma doença psicossomática

É importante frisar que você não consegue identificar uma doença deste tipo sozinho. É fundamental que você procure um médico! Somente este profissional, poderá realizar todos os exames físicos e mentais para lhe diagnosticar com uma doença psicossomática.

O ideal é que nos primeiros sintomas de mal-estar físico você procure um médico e explique toda a situação. Relate como se deu o surgimento do problema e se perguntado sobre o seu dia a dia, responda com sinceridade.

Assim, ficará muito mais fácil realizar o diagnóstico de uma doença psicossomática.

Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.

Tratamento de doenças psicossomáticas

Depois de identificar que você possui uma doença psicossomática, você pode realizar um tratamento indicado pelo próprio médico. E além das recomendações do profissional, você também seguir algumas dicas básicas para o tratamento e a prevenção deste tipo de doença, como mostraremos abaixo:

Ressignifique traumas e crenças limitantes

Muitas vezes, a origem de uma doença psicossomática está ligada a traumas e crenças limitantes. Por isso, é fundamental rever conceitos e situações que te atrapalham no dia a dia. Com a ajuda de um coaching, por exemplo, você pode descobrir quais são os gatilhos emocionais que ajudam na evolução de uma doença psicossomática.

Assim, você pode intensificar o trabalho na ressignificação de traumas e de crenças limitantes. Dessa forma, você consegue superar estas dificuldades, trazendo um novo sentido para suas experiências e ganhando uma nova percepção de vida.

Se perdoe e elimine a culpa!

Outro ponto comum para o surgimento de doenças psicossomáticas é o fato de que muitas pessoas atribuem para si uma culpa que não lhes pertence. A correria do dia a dia nos leva a assumir cada vez mais responsabilidades, seja na vida pessoal ou profissional.

Isso faz com que em momentos de adversidade, passemos a atribuir a culpa por algum fracasso para nós mesmos. A pressão comum no dia a dia alimenta um sentimento de culpa e não consegue se perdoar.

O exercício do perdão é fundamental para eliminar qualquer tipo de culpa. Isso diminui a nossa pressão emocional, gerando menos ansiedade e diminuindo as chances do desenvolvimento de doenças psicossomáticas.

Desenvolva a inteligência emocional

A inteligência emocional é uma habilidade extremamente fundamental nos dias atuais. Desenvolvê-la é encontrar formas para controlar as nossas emoções. Isso ajudará bastante a lidar com a pressão e o estresse do dia a dia.

Quando conseguimos lidar bem com as emoções da nossa rotina diária, afastamos os problemas emocionais.

Com a ajuda de um coach, você pode desenvolver a inteligência emocional e aproveitar de seus muitos benefícios. As doenças psicossomáticas são mais comuns em pessoas que não lidam bem com as suas emoções e sentem bastante o peso da correria diária.

Desenvolver essa habilidade é importante tanto para o tratamento de uma doença psicossomática já existente como para a prevenção de novos problemas deste gênero.

Se manter nos eixos é importante, nossas emoções tem um grande poder sobre o nosso desempenho e precisamos aprender a lidar com elas. Para isso, a inteligência emocional é um bom caminho.

Faça a nossa Formação Practitioner em PNL!

Aqui no IBND possuímos uma formação completa em PNL. Venha aprender conosco a utilizar os recursos dessa metodologia altamente eficaz para transformar a sua vida para melhor. Conheça a nossa Formação Practitioner em PNL.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®