Leitura mental: o pensamento que vai além do que é real!

24/06/2021 às 10:07 PNL

Leitura mental: o pensamento que vai além do que é real!

Vilão dos relacionamentos, dos profissionais que atuam com vendas, do empreendedor e até mesmo do nosso estado emocional, a leitura mental é uma distorção cognitiva que afeta todos nós e que pode trazer situações negativas para dentro de nossas vidas.

Capaz de destruir relacionamentos e acabar com uma venda, por exemplo, a leitura mental muitas vezes impede que alcancemos nossos sonhos e objetivos.

Toda via, para que esta distorção cognitiva não cause impactos na sua vida pessoal, social e profissional, o meio mais simples é conhecê-la. Pois, é a partir do conhecimento que saímos de um estágio de incompetência inconsciente para o estágio de competência inconsciente.

Quer saber mais sobre a leitura mental, entender por que nós seres humanos temos esse hábito, por que ele pode ser nocivo e como se livrar dele com a PNL? Continue acompanhando este artigo do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento) que vamos explicar tudo sobre o assunto!

O que é a leitura mental?

A chamada leitura mental é como um “poder” da nossa mente de tentar desvendar o futuro, ou seja, de tentar desvendar o que está para acontecer. É uma distorção cognitiva onde pressupomos saber o que o outro está pensando ou sentindo sem, entretanto, ter evidências para isso, nada que dê fato comprove

Por exemplo, quando apresentamos um trabalho na escola, na faculdade ou mesmo no nosso emprego, podemos pensar que as pessoas que estão assistindo a apresentação não estão gostando ou mesmo pensando que você não sabe o conteúdo.

Este tipo de pensamento é bastante comum e vez ou outra imaginamos o que os outros estão pensando a nosso respeito. Porém, quando isso acontece com frequência sentimentos ruins podem vir à tona, pois estas suposições tornam-se reais em nossa mente.

A história do açúcar

Para que você possa compreender melhor como a leitura mental acontece, vamos contar uma história fictícia mas bastante comum:

Uma moça estava preparando um café e ao colocar o liquido na xícara notou que estava sem açúcar em casa. Ela então pensou em pedir uma quantidade pequena ao seu vizinho, mas ficou na dúvida;

“E se o meu vizinho não quiser me dar um pouco de açúcar? Ele nunca me cumprimenta quando dou bom dia, ele deve ter algo contra mim. Mas por quê? Eu nunca fiz nada para ele! É melhor deixar quieto”

Tenho quase certeza que situações semelhantes a essa já aconteceram com você ou alguém próximo. E este é um exemplo bastante bobo de como a leitura mental atua em nossa mente, prejudicando nosso julgamento e causando sofrimento psíquico.

Mas afinal, como a leitura mental é aprendida?

A leitura mental é aprendida logo na infância ou adolescência geralmente através de frases ditas por terceiros no dia a dia de modo não intencional na maioria das vezes, tal como dizer para uma criança parar de chorar, por que se não vão achar que ele é chorão.

Ademais, uma outra maneira de aprender a leitura mental é quando imaginamos o que outra pessoa está pensando de nós naquele instante.

Erros de pensamento como estes podem gerar em nós dificuldade para tomar decisões, insegurança, baixa autoestima e doenças psiquiátricas como depressão, ansiedade, síndrome do pânico, etc.

Cinco pensamentos para afastar a leitura mental da sua mente

  1. Nós não temos o poder de ler pensamentos e prever o futuro, por isso não tome como certo a sua leitura mental!
  2. Às vezes as pessoas sequer estão pensando em algo a seu respeito.
  3. A opinião que você acha que determinada pessoa tem sobre você, na realidade é sua!
  4. Só podemos saber o que o outro está pensando se perguntarmos. Suposições nem sempre são certas!
  5. Lembre-se: o que os outros pensam de você não causa impactos na sua vida!

Programação Neurolinguistica (PNL), leitura mental e leitura sensorial

Dentro da PNL toda leitura pode ser feita de forma mental (leitura mental) ou de forma sensorial (leitura sensorial), onde temos total certeza daquilo que está acontecendo com o individuo que estamos observando e analisando.

A leitura sensorial utiliza os cinco sentidos do ser humano (áudio, tato, visão, paladar e olfato). Por exemplo, quando estamos apresentando um trabalho e vemos na platéia alguém de braços cruzados e a cara fechada, podemos pensar que este individuo está entediado e que não gostou do que você preparou; Este pensamento é característico de uma leitura mental.

Toda via, se queremos saber se realmente a pessoa ficou entediada com a sua apresentação, concorda que a melhor forma de descobrir é através da comunicação?

A única forma de desatarmos os nós da comunicação é acabar com a leitura mental e levar tudo para a leitura sensorial!

E o que a PNL tem haver com isso? Conforme um dos princípios da PNL, a comunicação tem a ver com a resposta que se obtêm ao passar uma informação adiante.

Quando conversamos com alguém ou fazemos uma reunião de trabalho, você acredita que as pessoas compreendem o que você diz sem deixar espaço para maus entendidos? Questionar isso verbalmente é o primeiro passo para sair de uma leitura mental e partir para uma leitura sensorial!

Portanto, se você quer aprender a usar as ferramentas e técnicas da Programação Neurolinguistica para alcançar o seu desenvolvimento pessoal, quero te convidar a conhecer o curso de pnl do IBND e fazer parte de uma família que busca evoluir cada dia mais!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK