O que é acuidade sensorial e calibração?

06/06/2021 às 23:07 PNL

O que é acuidade sensorial e calibração?

Para a PNL, o termo conhecido como acuidade sensorial representa um processo no qual desenvolvemos a consciência de observar, ouvir e sentir o ambiente por meio dos nossos sentidos humanos.

Ou seja, a acuidade sensorial está diretamente relacionada aos sistemas representacionais, o famoso V.A.C (Visual, Auditivo e Cinestésico), que é tríade fundamental através da qual captamos as informações que chegam para nós pelo do mundo externo.

Quando trabalhamos a acuidade sensorial, ampliamos nossa percepção da realidade (interna e/ou externa) e somos capazes de utilizar nossa linguagem e comportamentos de maneira mais assertiva e benéfica a nossa vida social, pessoal e até mesmo profissional.

Mas afinal, como desenvolver a acuidade sensorial?

No curso de pnl do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento) recomendamos que aqueles que desejam aumentar e refinar a acuidade sensorial, façam uma “exclusão” de um dos sistemas do VAC.

Por exemplo: quando conversamos com alguém geralmente nossos olhos estão abertos mesmo quando falamos pelo celular. Experimente conversar com os olhos fechados e observe se esta pequena mudança aumenta a sua capacidade auditiva para perceber com muito mais ênfase as palavras que são ditas e a entonação.

Acuidade sensorial Micro e Macro. O que é e qual a importância?

Sensorial está relacionado aos órgãos dos sentidos. Ou seja, a forma como nós captamos as informações do mundo externo através da visão, audição, tato, paladar, etc. E são esses sentidos que formam as nossas percepções sensoriais.

E a acuidade sensorial, portanto, significa treinar os nossos sentidos para aumentar a capacidade de perceber detalhes, através do aguçamento dos nossos sentidos de forma a tornar nossa cinestesia mais perceptível tanto em aspecto micro (dos pequenos detalhes) quanto no aspecto macro (dos grandes detalhes e conjuntos).

Muitas vezes quando passamos por um momento de dificuldade não conseguimos enxergar a situação como um todo, pois a nossa mente “trava” numa perspectiva micro.

Quando cometemos um erro, por exemplo, nossa mente tende a ficar pensando apenas no desacerto (aspecto micro) ao invés de buscar entender o que nos levou a cometer aquele erro e buscar soluções para remediá-lo (aspecto macro).

Portanto, quando aprendemos a olhar as situações interiores e exteriores sob um aspecto macro, somos capazes de adquirir novas habilidades para lidar com nossos conflitos internos desenvolvendo a inteligência emocional e os conflitos externos para conviver em harmonia em sociedade desenvolvendo a inteligência social.

Da mesma forma, quando estamos pensando de forma macro, pode ser interessante focalizar apenas nos pequenos detalhes e manter o nosso foco estreito. Pois, muitas vezes, quando falhamos em algum aspecto da nossa vida, pode ser que tenhamos deixado de perceber pequenos detalhes que foram importantes para desencadear situações desagradáveis.

O que é calibração e como ela se conecta a acuidade sensorial

A calibração só pode ser desenvolvida após o trabalho de acuidade sensorial. Pois, precisamos melhorar a forma como captamos informações sensoriais (visuais, auditivas e cinestésicas) para só depois calibrar.

Calibração é sinônimo de medição. E na Programação Neurolinguistica (PNL) quando falamos em calibração estamos falando em medir, por meio da observação de aspectos de linguagem não verbal, o estado emocional experimentado por uma pessoa num exato momento.

Portanto, a calibração é basicamente perceber o que está se passando com outra pessoa.

Calibrar no contexto da PNL é estar apto para receber e registrar pistas sensoriais que correspondam a um estado interno. Entretanto, a calibração não é uma espécie de julgamento e definição da experiência interna de uma pessoa baseado em critérios subjetivos.

Assim, durante a aplicação das técnicas e ferramentas da Programação Neurolinguistica é possível entender se a intervenção está alcançando o objetivo almejado pelo practitioner em PNL.

Quando bem utilizada, a calibração pode auxiliar na compreensão da linguagem corporal, tom de voz e das expressões corporais de terceiros, sendo possível identificar quando algo está errado e, até mesmo em alguns casos, saber o que se passa na mente do individuo.

Porém, para isso é preciso que você “zere” qualquer impressão pré concebida que possa ter do outro que vai analisar, focando somente em observar e interpretar.

Quer aprender mais sobre o universo da PNL?

A PNL é um ramo de estudo extremamente vasto e que abre um leque de oportunidades de aprendizado. Portanto, se você deseja entender mais sobre programação neurolinguistica, se tornar um profissional apto para trabalhar com as técnicas e ferramentas da PNL e verdadeiramente ajudar ao próximo, conheça o curso de pnl do IBND!

Uma formação Practitioner em PNL traz para você as ferramentas adequadas para que você se torne um profissional qualificado e pronto para atuar no mercado. Além disso, a metodologia proposta por nós do IBND permite o desenvolvimento de habilidades de liderança, o domínio de uma linguagem clara, persuasiva e eficaz e muitos outros benefícios.

Quer saber mais sobre a formação em Programação Neurolinguistica? Fale com os profissionais do IBND para tirar suas dúvidas e comece a estudar hoje mesmo no conforto da sua casa com todo um suporte para você tirar suas dúvidas!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK