A autoimagem que temos de nós, reflete a forma como agimos na vida

15/04/2022 às 20:37 Dicas

A autoimagem que temos de nós, reflete a forma como agimos na vida

Quando você se olha no espelho, qual imagem refletida você vê? Se você se considera uma pessoa confiante, capaz de enfrentar batalhas e atingir o sucesso, então, provavelmente, é isso que você reflete para as pessoas ao seu redor. Mas quando criamos uma autoimagem distorcida, isso pode impactar a nossa vida de formas negativas diferentes.

Pense na seguinte situação para compreender melhor a mensagem que queremos te passar:

Quando criança, você estava conversando com seus amigos e alguém lhe disse que sua voz era irritante. Anos mais tarde, essa frase é repetida para você. 

Nesta sucessão de acontecimentos, você cria a ideia de que realmente a sua voz é estridente. Desta forma, para evitar que mais alguém se incomode, você acaba se afastando das pessoas e começa a falar o mínimo possível.

Quando carregamos conosco uma autoimagem negativa podemos deixar de construir relações saudáveis, bem como podemos ter nossa carreira profissional afetada. 

Autoestima e autoimagem se completam!

Enquanto a autoestima está relacionada ao amor que nutrimos por nós mesmos, a autoimagem é aquilo que pensamos e acreditamos ser. Ela engloba traços de personalidade, comportamento e aparência física.

Uma pessoa, por exemplo, pode ter apreço por si mesma por receber muitos elogios no trabalho. Na visão dela, esse lado produtivo é uma de suas melhores qualidades. 

Mesmo assim, a autoestima dessa pessoa pode estar enfraquecida e ela pode ser sentimentos contrários em outras áreas de sua vida, como acreditar que não é boa o suficiente para viver uma relação amorosa ou realizar um sonho pessoal.

Podemos afirmar que a autoestima aumenta a nossa autoimagem e vice-versa. Quanto mais sentimentos positivos tivermos sobre nós mesmos, mais fácil é para construir uma autoimagem favorável. 

Quer aprender como melhorar a autoestima e, consequentemente, a autoimagem? Siga as dicas que daremos a seguir!

Como construir uma autoimagem forte e saudável?

Reflita sobre sua vida e sobre você

Reflita sobre o momento de vida no qual você se encontra hoje. Se você ainda não chegou onde gostaria, pense nas razões por trás disso. Em seguida, analise o que você pode modificar para melhorar a sua vida. 

Com esse panorama abrangente da sua vida atual e da vida desejada, você saberá quais pontos precisam de maior atenção para extinguir a falta de autoestima e construir uma autoimagem poderosa. 

Você pode fazer isso através de metas fáceis no começo como, por exemplo, se propor a dar a sua opinião na reunião de trabalho sem medo. E gradualmente ir se desafiando a alcançar metas maiores e mais profundas.

Seja sincero com você

Por que você tem uma imagem negativa de si mesmo? Por que você julga que não é bom o suficiente para fazer determinadas coisas? 

Encarar essas perguntas exige esforço e coragem. Contudo, é a partir desse ponto que conseguimos encontrar o que há de bom em nós mesmos e também o que há de ruim e precisa ser melhorado. Sinceridade é essencial nesse processo.

Aprenda a perdoar os seus erros e comemorar suas conquistas

Pessoas com uma autoimagem negativa não conseguem ver além de suas falhas nem reconhecer suas conquistas. 

A autocrítica em excesso é prejudicial, pois nos mantém refém de eventos passados que alimentam nossa culpa exigindo de nós uma perfeição que não existe. 

Por isso, aprenda a se perdoar pelos seus erros e comemora as suas conquistas por menores que elas possam ser. Só assim você se tornará livre para recomeçar!

Pratique a auto apreciação

Que tal substituir pensamentos e crenças limitantes por contrapontos positivos? 

Escreva todas as suas qualidades, listando tudo que você gosta em si mesmo, até mesmo os detalhes que parecem bobos. 

Faça esse exercício sempre que estiver se sentindo triste ou desanimado. Dessa forma, você alimentará seu cérebro com informações positivas sobre si mesmo. 

Como a coaching pode te ajudar?

Além das dicas passadas acima, você sabia que o trabalho com a autoimagem também pode ser potencializado com ferramentas de coaching? 

Durante o processo, uma das etapas fundamentais consiste no trabalho de autoconhecimento para avaliarmos quem somos e o que acreditamos para atingir uma maior percepção sobre nosso estado emocional.

Uma ferramenta bastante usada no coaching é a chamada Autofeedback (ou feedforward): uma técnica que permite que conheçamos nossos pontos fortes, nossos pontos de melhoria, nossas expectativas, fatores limitantes e outros aspectos, visando construir uma autoimagem forte e realista. 

Este é apenas um dos inúmeros benefícios da ferramenta de coaching. Quer conhecer outras vantagens desse método? Conheça o curso de coach do IBND.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK