6 exemplos práticos de como a hipnose clínica ajudar a tratar a depressão

22/04/2020 às 12:21 Hipnose

6 exemplos práticos de como a hipnose clínica ajudar a tratar a depressão

Saiba em que situações a hipnose pode ajudar os pacientes a ficarem livre da depressão

Baixa autoestima, ansiedade, sensação de tristeza, desânimo e angústia. Esses são apenas alguns sintomas clássicos da depressão.

Considerada um dos males do século e que atinge um número maior de pessoas em todo o mundo, a depressão acomete adultos de todas as idades e até crianças.

Mas a hipnose ajuda no tratamento da depressão. Esse artigo traz 6 bons exemplos de como essa técnica pode deixar milhares de pessoas livres desse mal que tanto atrapalha o dia a dia e causa conflitos em casa ou no trabalho.

Leia até o final e fique por dentro!

O que é a hipnose clínica?

Podemos dizer que a hipnoterapia ou hipnose clínica é um estado de relaxamento profundo em que o paciente é submetido pelo hipnólogo.

Durante esse estado de transe, o profissional sugere que diversas alterações sejam feitas tanto nas emoções quanto no comportamento do paciente, para que o mesmo fique livre dos problemas que o afligem.

Durante o processo de hipnose, o paciente parece estar adormecido, mas não está. Ao contrário, ele está totalmente consciente.

A parte da sua mente que é responsável pelas críticas e questionamentos fica totalmente desligada, o que o deixa mais receptivo para aceitar as sugestões do profissional. Conheça as situações em que a hipnose pode combater a depressão:

Identifica as possíveis causas

Mesmo que as causas da depressão ainda não sejam totalmente compreendidas pelos profissionais da psicologia e bastante complexas, do ponto de vista clínico, com um curso de  hipnose clínica, o hipnologo pode ajudar a identificá-las com muito mais precisão.

Por mais que os fatores genéticos e sociais estejam fortemente envolvidos, a hipnose leva o paciente a vasculhar no seu íntimo, todas as possíveis causas que o estejam deixando deprimido.

Por ter foco direto nas emoções humanas, a hipnoterapia pode trabalhar o inconsciente da pessoa, aumento a possibilidade de identificar o que está causando a depressão.

Desbloqueio das principais lembranças

Os episódios depressivos podem acontecer pelo fato do paciente ter tido um bloqueio mental, o que faz diversas lembranças se tornarem inacessíveis.

O problema é que ele não consegue saber os motivos pelos quais está sentindo triste ou com baixa autoestima. Muitas vezes, a resposta pode estar dentro de si mesmo.

A hipnose pode auxiliar no desbloqueio de tais lembranças e deixa tudo mais claro para o paciente.

Quando isso acontece, a pessoa pode enfrentar todos os seus medos e barreiras, através da força que é encontrada na sua mente, o que fica mais fácil acabar com a depressão. 

Mostra ao paciente que ele pode superar esse mal

Muitas pessoas que sofrem com a depressão acreditam que não conseguem vencer essa doença e acabam se entregando.

Por isso, é cada vez mais comum os pacientes se entupirem de remédios cada vez mais fortes para combaterem esse mal. Os ansiolíticos, muitas vezes, só mascaram o problema.

Mas a hipnose clínica mostra ao paciente que ele é totalmente capaz de superar a depressão. Essa técnica mostra para a pessoa todas as suas qualidades que ela acredita não ter.

A hipnose ainda trabalha os pontos negativos do paciente de forma que eles não atrapalhem o tratamento, fazendo-o observá-los sobre uma outra ótica.

A hipnose diminui os níveis de estresse

Um dos maiores inimigos de quem sofre de depressão é o estresse. Pessoas deprimidas tendem a ser bem mais estressadas do que o normal.

Isso porque a depressão aumenta os níveis de cortisol, que é o hormônio do estresse. A irritabilidade é notória em pacientes deprimidos.

A hipnoterapia promove um estado de relaxamento profundo no paciente, trazendo bem-estar e tranquilidade.

Durante o transe hipnótico, ele pode fazer uma análise de todos os seus problemas, traumas ou medos que o estejam impedindo de ter uma vida mais feliz. Com a hipnose, o paciente consegue afastar toda a carga negativa que está lhe prejudicando.

Conhecer mais a si mesmo

Pessoas com alto grau de depressão, muitas vezes, não conseguem nem mais se reconhecerem ou se aceitarem como pessoas.

Como existe uma grande predominância de sentimentos negativos, os pacientes acabam perdendo a sua identidade como ser humano.

Com a um curso de hipnose clínica, o hipnologo irá fazer o paciente a se redescobrir e conhecer melhor a si mesmo. O hipnólogo guiará o paciente em sua mente para que ele reconheça todas as suas qualidades, defeitos e dificuldades na vida.

Essa técnica vai mostrar que o paciente é único no mundo e que precisa se amar mais, além de não se cobrar tanto no dia a dia.

A hipnose atua diretamente nos sintomas da depressão

Os sintomas da depressão podem ser terríveis. Dependendo do caso, se faz necessário até a internação clínica do paciente com uso de medicamentos que podem causar desagradáveis efeitos colaterais e dependência.

Mas a hipnoterapia tem foco diretamente nos sintomas da depressão de forma individual.

Em outras palavras, o hipnólogo auxilia o paciente a controlar sua tristeza, angústia ou ansiedade excessiva, mostrando que ele pode manter todo o controle de todas as suas emoções, mesmo que sejam negativas. E o melhor: sem o uso de remédios.

Venha para o IBND aprender hipnose

Se você está lutando contra a depressão e não sabe mais o que fazer, o curso de hipnose clínica do IBND é uma excelente alternativa.

Nossa metodologia de ensino é aprovada por todos os nossos alunos, o que faz nossa instituição ser referência no Brasil.

No IBND, priorizamos o seu aprendizado e não medimos esforços para que você alcance o que sempre desejou.

Conte com nossa escola e fique livre dos problemas emocionais que tanto te atrapalham, seja na vida profissional ou pessoal.  


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®