Técnica Pomodoro: o que é e como aplicar na sua vida?

01/11/2021 às 20:47 Coaching

Técnica Pomodoro: o que é e como aplicar na sua vida?

Você já chegou ao fim do dia com a sensação de que não havia feito nem metade do que fora planejado? Já sentiu que sua energia se esgotou muito rápido e que você não conclui todas as suas obrigações por conta disso? Sem dúvidas, a produtividade no dia a dia é uma questão de extrema importância e diversas técnicas visam melhorá-la, tal como é o caso da Técnica Pomodoro. 

Você deseja ter dias mais produtivos, com energia e capacidade para dar conta de tudo aquilo que você precisa fazer, sem ficar física e emocionalmente esgotado? Então a Técnica Pomodoro pode ser de grande auxílio. Continue a leitura deste artigo do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento) para saber mais sobre o que é e como você pode aplicá-la na sua vida!

A inusitada história da Técnica Pomodoro 

Criada de forma despretensiosa, a história da Técnica Pomodoro tem como protagonista um jovem italiano, Franceso Cirillo, que sofria com a falta de concentração para estudar. Certo dia, o jovem rapaz decidiu utilizar um temporizados de cozinha em forma de tomate (tomate em italiano é “pomodoro”) para contar os minutos que conseguia se dedicar aos estudos sem distrações. 

O sucesso desta técnica foi tanta, que Cirillo apresentou-a a mais pessoas, de modo que ela começou a se popularizar. Hoje em dia, a técnica é usada por milhares de pessoas em vários lugares do mundo. Existem até mesmo aplicativos para celular que permitem que as pessoas recorram ao método sem ter que apostar na compra de um temporizador de cozinha!

Como funciona esta técnica e como aplicá-la?

A técnica é bastante simples e, faz bastante sucesso entre estudantes e trabalhadores. Basta utilizar um cronômetro, alternando períodos de 25 minutos de produtividade com 5 minutos de descanso. Ao final de quatro ciclos, é possível fazer uma pausa maior, de 15 minutos, para recuperar as energias. 

Se, por exemplo, você precisa escrever um artigo extenso, poderá organizá-lo da seguinte maneira:

  • 9h às 9:25: trabalho.

  • 9:25 às 9:30: descanso.

  • 9:30 às 9:55: trabalho.

  • 9:55 às 10:00: descanso.

  • 10:00 às 10:25: trabalho.

  • 10:25 às 10:30: descanso.

  • 10:30 às 10:55: trabalho.

  • 10:55 às 11:10: descanso prolongado (15 minutos).

O período de trabalho é aquele no qual você deve dedicar-se inteiramente àquilo que precisa fazer sem ser interrompido por distrações. Já durante as pausas, você pode checar as redes sociais, conversas com os colegas, ir ao banheiro, tomar um café, enfim descansar a mente daquele período produtivo. 

Estas medidas de tempo são sugestões do método tradicional, mas você pode analisar os intervalos de tempo que sejam mais interessantes para você. 

Os extraordinários benefícios da técnica pomodoro

Agora que já entendemos como funciona a Técnica Pomodoro, nada mais justo que listar os seus benefícios, não é mesmo? A seguir trouxemos as quatro principais delas! 

  1. Planejamento e organização

Antes de dar “start” a técnica com a utilização de um cronômetro, é importante que você planeje o seu dia. Para isso, você pode fazer uma lista com as atividades do dia e tentar prever um tempo para concluir cada uma delas. Isto permitirá que você verifique se o seu planejamento é realista. 

Ademais, ao fazer isso você assume um compromisso consigo mesmo, o que te motivará a se dedicar com mais energia e, consequentemente, se afastar de tudo aquilo que poderá distrai-lo. 

  1. Redução da desconcentração

Ao definir períodos produtivos e de descanso, e respeitá-los, você dificilmente cairá na tentação de checar as redes sociais, interrompendo o trabalho que está executando. Ao saber que daqui a alguns minutos você poderá ter uma pausa, isso o motivará a continuar focado. 

  1. Administração mais eficaz do tempo 

A medida que você faz usa da Técnica Pomodoro você começa a identificar quanto tempo você costumava perder com distrações e atividades de pouca importância. Além disso, a técnica permitirá que você faça estimativas mais precisas de quanto tempo precisa para realizar cada uma de suas tarefas. 

E esta identificação permite uma melhor administração do tempo. O resultado de tudo isso é que você chegará ao fim do dia mais feliz e com todas as tarefas devidamente finalizadas. 

  1. Menos esgotamento físico e mental

Uma das lições mais valiosas que a  técnica nos ensina é que os períodos de descanso são tão fundamentais quanto os de produtividade. Afinal, estudar por 10 horas seguidas, como algumas pessoas costumam fazer, é uma prática insustentável e que gera um esgotamento mental e físico muito elevado, que podem gerar problemas sérios de saúde. 

E você leitor, já conhecia a Técnica Pomodoro? Além desta ferramenta, a PNL também pode ser de grande utilidade para que você aprenda a gerenciar seu tempo com mais eficácia. Conheça o curso de pnl do IBND!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK