Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Saiba mais sobre a história da BMW

17/12/2020 às 13:42 Coaching

Saiba mais sobre a história da BMW

Se você estiver dirigindo pela estrada e aparecer no seu retrovisor as conhecidas grades dianteiras gêmeas juntamente com o símbolo estampando a sigla BMW, pode ter certeza de que atrás do seu carro está um mito do mundo automobilístico. Os luxuosos carros dessa marca secular são uns dos mais cobiçados de todos os tempos.

Esse post vai te contar um pouco da história da BMW. Saiba como ela se tornou referência em qualidade, luxo, sofisticação, potência e conforto para seus clientes espalhados pelo mundo. Se você procura uma bela história para começar bem o seu dia, acabou de encontrar!

BMW: início modesto de uma grande ideia

A nossa história começa em 1916 na cidade de Munique, Alemanha. Os empresários Karl Friedrich Rapp e Gustav Otto capitanearam a fusão de duas grandes empresas que fabricavam motores para aviões. Essa união de forças resultou na fundação da BMW. Até 1918, a empresa se dedicou a produção exclusiva de motores para aviões militares.

Depois do relativo sucesso, a BMW também passou a fabricar motores 4 cilindros para uso em caminhões de pequeno porte e barcos. Mas o foco dessa futura marca de sucesso era os carros de passeio. Dessa forma, em 1928, a empresa inaugurou a sua fábrica de automóveis para concretizar esse objetivo.

O primeiro carro produzido pela BMW foi o Dixi, que ganhou uma certa popularidade até o início dos anos 1930 e vendeu bem para uma época de forte retração econômica no país. Em 1933, a marca alemã, que sabia como vender seus carros, achou que era hora de fazer uma mudança radical no design deles.

Período conturbado e superação

Destinada a inovar no visual dos seus carros, deixando-os com a aparência futurística, arrojada e esportiva, a BMW criou o modelo 303, que foi considerado o antecessor dos atuais BMW que conhecemos hoje, em termos de design. As tradicionais grades dianteiras cromadas acabaram se tornando símbolo dessa conceituada marca.

Em 1936, a BMW apresentou ao mundo o seu modelo esportivo, que foi o mais vendido da Europa nos anos seguintes: o BMW 328. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, a BMW quase decretou falência, pois todas as suas fábricas foram completamente destruídas. Em 1948, a marca lançou a sua primeira motocicleta, a R24, como uma tentativa de recuperação financeira.

Mas foi somente em 1951, depois de anos de trabalho e investimentos, a marca lançou o luxuoso sedã BMW 501, que vinha com motor de seis cilindros. Esse automóvel foi o estopim para essa empresa se tornar referência em tecnologia, luxo, qualidade e conforto em todo o mundo.

Anos 60 e 70: a BMW se consolida ainda mais

Mesmo com o estrondoso sucesso de dois modelos lançados ainda na década de 1950, (o conversível BMW 507 Roadster lançado em 1955 e o BMW 700 lançado em 1959), foi nas décadas de 60 e 70 que a marca alemã ganhou imensa notoriedade no mundo. Em 1962, começaram as massivas campanhas de publicidade para evidenciar seus belos carros.

Nesse mesmo ano, foi lançado o cupê BMW 2002, que foi um ícone para a época. O sucesso foi tanto que o modelo foi produzido por 15 anos consecutivos. Em 1966, a marca lança a série 2, um esportivo médio que priorizava o alto desempenho. Por volta de 1968, a BMW volta a produzir sedãs grandes com motores maiores, como o modelo 2500.

Os anos 1970 foram marcados por inovação e altas vendas na BMW, pois seus carros atraíam um número maior de pessoas. Em 1972, começa a produção da série 5 (ao todo foram vendidas mais de 5,5 milhões de unidades em todo o mundo). O BMW 2001, modelos série 3, série 6 e série 7 também foram produzidos durante essa década e marcaram gerações.

Anos 80 e 90: carros cada vez mais tecnológicos e cobiçados

Com o passar dos anos, a BMW se tornava símbolo de poder, status, luxo, conforto e, sobretudo, tecnologia. E os anos 80 e 90 não foram diferentes para essa marca, cujo sinônimo era requinte. Em 1985, a BMW lança o modelo 325 iX, que vinha com tração nas quatro rodas. A inovação e a inteligência emocional dos seus dirigentes sempre fizeram parte dessa conceituada empresa.

Em 1988, o esportivo Z1 foi outra grande inovação da BMW, bem como o lançamento dos potentes carros da série 8, em 1989. Em 1991, a marca apresenta o BMW E1, um protótipo de carro elétrico e eficiente. A visão futurística da marca era invejável para uma época em que pouco se falava sobre carros elétricos.

A BMW chegou ao Brasil em 1995, mas importava seus veículos da Alemanha. O lançamento dos luxuosos modelos Z3 (1996) e do sofisticado utilitário X5 (1999) também ficou marcado na história da BMW, sendo dois grandes recordistas de vendas, por causa das suas qualidades mecânicas invejáveis, belo design e fino acabamento.

Anos 2000: os consumidores se rendem aos carros da BMW

O começo do século XXI também foi marcado por grandes lançamentos da BMW. Em 2003, o modelo Z4 foi introduzido no mercado, ganhando outras versões nos anos seguintes, devido ao tamanho sucesso. Em 2004, foi a vez dos modelos BMW série 1, que é uma linha de carros compactos.

Já em 2008, entra em cena o grandalhão X6, que apesar do seu alto preço, acabou vendendo bastante nos anos seguintes. Em 2009, a marca alemã apresenta o modelo X1, recheado de modernos recursos, mimos a bordo e muito estilo, algo bastante comum nos carros da BMW.

Os anos de 2013 e 2014 foram marcados pelo lançamento do BMW i3, um modelo hatch elétrico e do BMW i8, um cupê esportivo híbrido, que revolucionou o mercado automobilístico mundial. Parece que os carros da BMW estão sempre à frente do seu tempo, tamanha a inovação tecnológica sempre utilizada por essa sofisticada marca.

Venha para o IBND

O curso de coach do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®