O significado dos sonhos: tudo que você precisa saber!

01/07/2021 às 22:29 Hipnose

O significado dos sonhos: tudo que você precisa saber!

Ao contrário do que se costuma pensar, os sonhos são parte integrante e fundamental das nossas vidas. Os mesmos carregam mensagens ocultas do nosso inconsciente, revelando desejos e estados de espíritos. E isto é o que está por trás, basicamente, do significado dos sonhos. 

Já se perguntou por que nós sonhamos? O que são os sonhos? Por que temos pesadelos? Todas as respostas para estas perguntas serão respondidas ao decorrer deste artigo do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento). Ficou curioso? Então continue acompanhando este artigo para matar suas dúvidas e, ainda por cima, se livrar da insônia!

Como o nosso cérebro funciona 

Levando em consideração que as associações de saúde recomendam que a gente durma uma média de 8 horas por dia, podemos considerar que passamos pelo menos um terço de nossas vidas dormindo. 

Mas, curiosamente, só sonhamos durante poucos minutos da noite, e não horas como costuma parecer. Cálculos estipulam que sonhos, ao longo da vida, ocupando uma média de apenas seis anos, dá para acreditar?

Mas você sabe como o nosso cérebro funciona durante o período em que estamos dormindo e, sobretudo, sonhando? 

Ainda que possa não parecer, o cérebro continua em atividade quando dormimos, demandando o dobro de sangue em comparação aos momentos de vigília. Somente o “centro lógico” para de funcionar. E, é graças a isso, que os nossos sonhos ganham um toque especial de irrealidade. 

O que são os sonhos e por que sonhamos?

Os sonhos surgem em momentos específicos durante o sono, sendo mais vívidos e frequentes durante a fase REM, quando os olhos se movimentam rapidamente estando fechados. Dentro do estágio REM, uma das fases do sono - nossos neurônios estão quase tão ativos como quando estamos acordados. 

Neste contexto, assim que pegamos no sono, o nosso cérebro tenta esclarecer complicações que vivenciamos no nosso dia a dia. Ou seja, os sonhos nada mais são além de representações da nossa realidade externa e da forma como esta realidade nos afeta internamente. 

Deste modo, quando dormimos e sonhamos podemos encontrar explicações para, por exemplo:

Os nossos medos

Os medos que sentimentos podem causar mal-estar físico e mental. E dada a forma como nosso inconsciente trabalha, o cérebro busca materializar o medo em algo tangível e concreto. Por exemplo, se alguém tem medo de falar em público, pode sonhar que está nu diante de uma multidão. 

Os nossos desejos

Em momentos de planejamentos, mudanças de hábitos e busca pela conquista de objetivos, podemos acabar abreviando nossa vontade em uma só imagem. Em meio a um processo de emagrecimento, por exemplo, podemos nos imaginar - em sonho - praticando atividades físicas ou nos pesando na balança.

Os nossos segredos

Algo que lutamos diariamente para esconder e suprimir pode ser o conteúdo dos nossos sonhos. Um exemplo: quando temos impulsos sexuais que evitamos discutir abertamente, eles podem retornar para nós através de sonhos quando dormimos. 

Pesadelos: por que os temos e como evitá-los?

Da mesma forma que os sonhos agradáveis, os pesadelos também ocorrem durante o sono REM, sendo desencadeado, dentre outros fatores, pelo:

  • Estresse e ansiedade decorrentes de problemas do dia a dia, más notícias ou perdas inesperadas como a morte de um ente querido.

  • Lesões como, por exemplo, abusos físicos, acidentes de trânsito ou outros eventos traumáticos.

  • Privação do sono que podem ocorrer com pessoas que trabalham em turnos, pessoas que viajam para locais com diferente no fuso horário, pessoas que dormem poucas horas ou que sofrem de insônia.

  • Medicamentos como antidepressivos, remédios para pressão arterial, para deixar de fumar, etc.

  • Abuso de álcool e drogas.

Existem algumas dicas que podem ajudar a reduzir a frequência dos pesadelos, tal como estabelecer horários fixos para dormir e acordar. Veja a seguir algumas dicas simples para melhorar a qualidade do seu sono e, consequentemente, diminuir os pesadelos.

Hábitos simples que ajudam a melhorar as noites de sono 

  1. Consuma alimentos leves antes de dormir 

É preciso ter muito cuidado com os alimentos que consumimos à noite, principalmente próximo ao horário de dormir. Ingerir alimentos gordurosos requer que nosso sistema digestivo trabalhe mais enquanto dormido, e é aí que mora o perigo; 

Pois, nesse momento, o organismo deveria diminuir sua atividade para garantir que o corpo consiga descansar durante o sono. Ademais, bebidas energéticas e alcoólicas também devem ser evitadas.

  1. Evite o uso de aparelhos eletrônicos antes de dormir 

Um estudo realizado pelo King’s College, de Londres, comprovou que o uso de aparelhos eletrônicos antes do período de descanso tem efeitos negativos para o sono. Isso por que a luz emitida pela tela do celular, por exemplo, diminui a produção de melatonina - responsável pela regulação hormonal do sono. 

Portanto, prefira usar seu celular ou assistir televisão algumas horas antes de ir dormir. O ideal é parar de mexer nesses aparelhos pelo menos uma hora antes de ir deitar-se.

  1. Verifique a qualidade do seu colchão e travesseiro 

Você sabia que a qualidade do seu colchão e travesseiro interferem diretamente na qualidade do seu sono? Ambos devem garantir a sustentação ideal para a coluna, pescoço, etc., evitando que nosso corpo seja prejudicado e sofra lesões.

  1. Aposte em hipnose para dormir melhor 

A Hipnose é uma técnica objetiva para acessar o subconsciente de modo natural e não invasivo, permitindo que a pessoa tenha contato com “problemas” presentes no inconsciente que causam transtornos em sua vida. 

Este fato, torna a hipnose uma excelente alternativa no tratamento de distúrbios de sono, ajudando a melhorar a qualidade das noites de descanso. Quer saber mais sobre este assunto? No blog do IBND você encontra centenas de artigos sobre a técnica. E não deixe de conhecer nosso curso de hipnose online


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK