O que é neuroplasticidade?

28/04/2021 às 18:17 PNL

O que é neuroplasticidade?

O nosso cérebro é a parte mais complexa do corpo humano estudada pela ciência e tem inúmeros mistérios que ainda não foram descobertos. Ele é um dos responsáveis pelo bom funcionamento do nosso corpo e tem uma enorme capacidade de adaptação e aprendizagem. Existe um termo amplamente usado pelos estudiosos da área e que é tema deste artigo: a neuroplasticidade. Embarque conosco nessa jornada e saiba mais a respeito desse importante assunto. 

O que é neuroplasticidade? 

A neuroplasticidade faz menção à capacidade de adaptação do nosso cérebro em relação aos aprendizados e as experiências vivenciadas ao longo da nossa vida. Podemos dizer que é uma peculiaridade essencial do sistema nervoso humano, que é responsável pela estimulação cerebral, como a prática de exercícios físicos, leitura ou qualquer outra coisa que leve ao aprendizado. 

O complexo processo de aprendizagem se dá quando o nosso cérebro recebe uma informação, deduz que ela pode ser importante em algum momento da vida e a deixa armazenada. Mas para que tudo isso aconteça com eficiência, é necessário que o cérebro seja plenamente estimulado com a máxima criatividade. Por isso, investir na hipnose pode ser de grande valia. 

Tipos de neuroplasticidade

Agora que ficou claro o conceito de neuroplasticidade, conheça os dois tipos e entenda um pouco mais o funcionamento dessa máquina perfeita, que é o nosso cérebro: 

Neuroplasticidade sináptica

A neuroplasticidade sináptica se refere a algo que é fundamental para a memória e o aprendizado do nosso cérebro.  Podemos dizer que são sinapses (região entre o neurônio e a célula por onde o impulso nervoso é transmitido) que acontecem praticamente o tempo todo. Elas têm a incrível capacidade de enfraquecer ou fortalecer, com o passar dos anos. Tudo vai depender se sua atividade cerebral está aumentando ou diminuindo. 

Neuroplasticidade de redes neuronais

Esse tipo de neuroplasticidade faz menção a determinadas modificações ou transformações que acontecem durante a nossa atividade cerebral. Tais mudanças também estão relacionadas com os neurônios sincronizados dentro de uma rede existente e com uma complexa conexão com outros neurocircuitos do nosso cérebro. Mas tudo isso só vai acontecer com uma estimulação constante.

Quer aprender de forma efetiva? Siga nossas dicas

Você provavelmente deve estar curioso (a) para saber como pode estimular o seu cérebro no dia a dia, certo? Então, fique de olho em nossas dicas abaixo para fortalecer a sua memória com o processo de neuroplasticidade: 

Desafie o seu cérebro

O nosso cérebro não gosta de ficar parado e sem nenhum tipo de estímulo. Pelo contrário, ele precisa e deve ser estimulado o tempo todo. Por isso, que tal fazer o seu cérebro trabalhar fazendo atividades que o estimulem e o deixe mais “esperto”? Os benefícios são imensos. Ser resiliente também ajuda.

A grande questão é que o nosso cérebro acaba se acostumando com algumas situações frequentes e se acomoda, pois consegue absorver tudo com mais facilidade, deixando de ser estimulado. Por isso, sempre que puder, experimente realizar uma tarefa diferente, principalmente aquelas que promovam um maior estímulo cerebral.

Cuide da sua saúde e bem-estar

Pode até não parecer, mas se a sua saúde física não estiver em dia, provavelmente a sua saúde mental também não vai estar. Por isso, procure sempre cuidar da sua saúde, tenha uma alimentação saudável e equilibrada, procure ter um sono relaxante e faça um check-up médico anual. 

Não se esqueça de praticar exercícios aeróbicos constantes. Dê preferência para atividades que você tenha prazer em realizá-las, pois, dessa forma, o seu cérebro pode ser mais desafiado no dia a dia, o que garante mais satisfação, bem-estar e prazer. 

Experimente rotas alternativas

Todas as pessoas já percorreram rotas de forma automática. Mas que tal experimentar caminhos alternativos para estimular um pouco mais o seu cérebro, mesmo diante de atividades corriqueiras? E não precisa ser nada estapafúrdio. Basta uma pequena dose de criatividade durante os seus trajetos diários. 

Por exemplo, você pode alterar a sua rota na hora de ir para a faculdade ou para o trabalho. Experimente passar por um caminho diferente pelo menos três vezes na semana. Mesmo que de forma indireta, o seu cérebro está sendo estimulado e aprendendo um pouco mais. Dessa forma, ele vai agregar novos conhecimentos. 

O seu cérebro tem dois lados. Exercite-os

Você já tentou escovar os dentes, abrir portas ou torneiras ou mexer no seu celular com a mão que não está acostumado (a)? Provavelmente não. Mas saiba que isso é uma excelente forma de exercitar o seu cérebro ainda mais, desafiando-o a realizar atividades um pouco mais complexas, nas quais ele não tem costume. 

Sem mencionar que você também estará exercitando os dois lados do seu cérebro, com atividades desse tipo. Lembre-se que o nosso cérebro é como se fosse um músculo que precisa ser constantemente estimulado, caso contrário, vai se atrofiar. E você será o principal prejudicado.

Tome banho de olhos fechados ou no escuro

Não. Você não leu errado. Esse é um exercício e tanto para estimular o seu cérebro e, consequentemente, os seus sentidos. Quando for tomar banho, deixe a luz do banheiro apagada ou simplesmente mantenha os olhos fechados. O seu tato e olfato serão muito mais estimulados, pois você se guiará por eles naquele momento. E o seu cérebro agradece! 

Tenha metas em sua vida

As pessoas são movidas por metas e desafios diários. Elas nos motivam a trabalhar para conquistá-las e alcançar a realização pessoal ou profissional. Quando estabelecemos metas e objetivos, o nosso cérebro também é desafiado e estimulado a aprender coisas novas. 

Viu como a neuroplasticidade acontece em nosso cérebro? Agora é seguir as nossas dicas para aprender sempre mais e estimular essa máquina de alta complexidade. 

Venha para o IBND

O curso de PNL do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!

 

 


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK