Neurofeedback: entenda esta alternativa de tratamento e quais os seus benefícios

15/07/2021 às 20:00 Hipnose

Neurofeedback: entenda esta alternativa de tratamento e quais os seus benefícios

Também conhecido pelo nome de biofeedback ou neuroterapia, o Neurofeedback trata-se de uma técnica que permite treinar o cérebro de forma direta e não invasiva, equilibrando seu funcionamento a fim de melhorar a capacidade de concentração, atenção, memória e autoconfiança.

Assim, é possível tratar de forma natural problemas de alterações no cérebro como: ansiedade, depressão, distúrbios do sono, TDAH, enxaquecas, etc., podendo também ser bastante eficiente em alguns casos de convulsões, autismo e paralisia cerebral. 

Prática que tem crescido para contribuir no desenvolvimento emocional de clientes em psicoterapia, o tratamento alinha conceitos da neurologia, da psicologia e da psiquiatria para fortalecer recursos que a pessoa já tem, construindo, desta maneira, uma realidade mais saudável. 

Muitos médicos, psicólogos, terapeutas e profissionais que atuam com Hipnoterapia têm, com mais constância, encaminhado seus clientes para sessões de Neurofeedback. 

Sendo assim, se você como profissional busca ampliar sua formação e pensa em implementar esta técnica na sua rotina clínica, fique ligado neste conteúdo do IBND, pois aqui vamos trazer as principais informações sobre esta técnica tão em voga. Acompanhe!

Como funciona o tratamento?

Tratamento que utiliza os estudos da neurologia para aumentar a qualidade de vida, o Neurofeedback é uma técnica segura e confiável que utiliza eletrodos para captar a emissão elétrica dos neurônios a fim de treinar o cérebro e potencializar o desempenho cognitivo e comportamental.

Mas, afinal de contas, de que maneira é possível treinar o cérebro de modo a transformar padrões cognitivos e comportamentais?

Como já dito, o Neurofeedback utiliza eletrodos que, colocados no couro cabeludo do cliente, capta sinais elétricos dos neurônios e os envia a um moderno computador que processa estes sinais através de um software especializado. 

Assim, médico e paciente podem acompanhar o funcionamento cerebral em tempo real. A partir da segunda sessão, o cliente deve tentar alterar as ondas cerebrais estimulando áreas do seu cérebro como se fosse uma espécie de jogo.

Ao decorrer das sessões, ele desenvolverá a habilidade de reconhecer suas frequências cerebrais e identificar pensamentos e atitudes que precisa transformar, tornando-o uma pessoa mais autônoma. 

Os benefícios do tratamento via Neurofeedback

Dentre os principais benefícios desta técnica, com certeza uma das mais lembradas e que vale a pena ser citada em primeiríssimo lugar é a sua forma não invasiva e indolor durante todo o tratamento. Afinal, o Neurofeedback não tem contato com cirurgias ou mesmo com irradiações elétricas e magnéticas. 

Além disso, existem uma série de outras vantagens que o cliente pode conquistar por meio do tratamento, principalmente quando associado a outros métodos como a Hipnose, como: 

  • Redução do uso de medicação ou, quando permitido pelo médico, extinção. 

  • Vida mais autônoma;

  • Autoconhecimento;

  • Domínio de técnicas de controle cerebral;

  • Reconhecimento de como seu corpo reage a situações e pensamentos;

  • Fortalecimento das funções cognitivas como a memória, atenção e aprendizado;

  • Aumento do foco e concentração de forma consistente e permanente. 

Em que situações o Neurofeedback é indicado?

Por mais excelentes que sejam os resultados proporcionados pelo Neurofeedback, este tratamento não é indicado para todos os casos. Afinal, alguns clientes podem sofrer altos níveis de ansiedade e estresse quando realizam intervenções comandadas por profissionais. 

Desta forma, antes de dar início ao tratamento é realizada uma entrevista inicial para verificar se o cliente pode ou não passar pelo tratamento. 

Em alguns casos, os resultados podem ser excelentes, sendo altamente indicado para combater o Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT), autismo, ansiedade, depressão, disfunções cognitivas e dificuldade de aprendizagem. 

Assim sendo, o Neurofeedback é um recurso essencial para garantir o desenvolvimento dos seus pacientes. Pois, além de garantir autoconhecimento, este tratamento ajuda na conquista de autonomia, aprimora a auto sugestão e transforma crenças limitantes em pensamentos e atitudes saudáveis. 

E então, gostou de saber mais sobre Neurofeedback? Acha que este tratamento pode ser útil no seu trabalho como profissional da saúde? Não deixe de conferir os outros artigos aqui no Blog do Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento (IBND) e conhecer nosso curso de hipnose online


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK