Como tratar fobias com eficiência e agilidade?

13/01/2021 às 10:33 PNL

Como tratar fobias com eficiência e agilidade?

Todas as pessoas sofrem ou já sofreram com algum tipo de fobia. O estresse do dia a dia, o desgaste nos relacionamentos e outros fatores contribuem bastante para o surgimento de fobias e outros problemas com a depressão e a ansiedade.

Em meio a esta dificuldade, é preciso encontrar maneiras de tratar e solucionar este problema com a maior agilidade possível. A programação neurolinguística (PNL) possui diversos recursos capazes de ajudar no tratamento de uma fobia com eficiência.

No decorrer desse texto, vamos explicar melhor o que é fobia e quais são as técnicas de PNL que podem ser usadas para o tratamento deste transtorno. Fobia é coisa séria, não é brincadeira! E deve ser tratada como tal, com um tratamento eficiente e responsável.

Como surgem as fobias?

A fobia é uma espécie de medo exagerado e contínuo de uma situação que surge através da ansiedade. Com isso, nosso cérebro acaba criando imagens negativas de certas situações como um ato de proteção a algum perigo, que na realidade apenas existe em sua mente.

Esse transtorno gerado pela ansiedade cria um “porto seguro às avessas” nos remetendo ao medo de algo, mesmo que inconscientemente para que nos mantenhamos em segurança.

Existem três tipos de fobias, são elas:

Fobia social

As fobias sociais são o medo excessivo de relações sociais. Ele se caracteriza por pessoas que ficam muito ansiosas e tem um receio extremo ao lidar com outras pessoas. Isso se deve ao medo exacerbado que elas possuem de não serem aceitas, serem humilhadas ou esquecidas pelos outros.

Em uma crise de fobia social, uma pessoa pode desenvolver sintomas físicos como o suor excessivo, a taquicardia e a falta de ar. Em casos mais graves, é possível até que ela desmaie em certas situações.

Agorafobia

A agorafobia vem acompanhada da síndrome do pânico. Ela se caracteriza por gerar um medo exagerado de situações em que para ser difícil de encontrar uma saúde. Quando uma pessoa está fora da sua zona de conforto e tem de enfrentar uma reunião inesperada, por exemplo.

Esse tipo de fobia também atinge pessoas em situações cotidianas como um engarrafamento, um passeio em um comércio ou shopping lotado, entre outros. A pessoa se um medo exagerado por não se sentir preparada para encarar a situação.

Fobias específicas

Como o nome já indica, as fobias específicas são caracterizadas por um medo extremo de alguma situação específica. É comum que pessoas tenham fobia de insetos como aranhas e escorpiões, por exemplo.

Em outro exemplo é possível que a pessoa tenha medo do mar, o que a impeça de aprender a nadar. Esse medo é causado, geralmente, por alguma experiência mal sucedido ao longo da vida.

Conheça a nossa Formação em PNL.

Veja abaixo como a PNL ajuda a tratar fobias:

Metragem da fobia

Uma forma de identificar a intensidade da fobia é fazer a metragem da mesma. Para isso é preciso perguntar a pessoa com o transtorno, o seguinte: Entre 0 e 10, qual é o nível de medo que sente ao pensar sobre a situação fóbica? Sendo 0, nenhum medo e 10, o maior medo que a pessoa já sentiu na vida.

A resposta da pessoa que sofre de fobia irá ajudar o profissional de PNL a guiar todo o processo. Essa técnica pode ser usada em diversos momentos do tratamento da fobia para que se possa medir a diminuição do medo com o passar do tempo.

Âncora de “lugar seguro”

A âncora de “lugar seguro” é uma técnica de PNL bastante usada por terapeutas para ajudar clientes a eliminar a fobia. O método consiste em criar uma representação positiva, fazendo com que a pessoa se lembre de um momento onde tenha se sentido muito bem.

Isso ajuda a dessensibilizar a fobia. Conforme a pessoa for repetindo essa imagem em sua mente, você cria uma âncora que pode ser usada pela pessoa com a fobia para diminuir a intensidade do medo.

Dupla Dissociação

A técnica de dupla dissociação consiste em levar o cliente a se imaginar em uma sala de cinema e a visualizar ele sentado na sala e assistindo a primeira cena, o momento onde surgiu a fobia.

Ele se torna um observador do momento que deu origem a fobia, o ideal é que o terapeuta o leve a imagine os momentos anteriores ao ataque fóbico, quando tudo ainda estava bem. Isso o ajudará a tratar esse medo, através da repetição da técnica.

Ponte para o futuro

A técnica Ponte para o futuro consiste em fazer a pessoa se imaginar no futuro, em um momento em que ela não sofre mais com a fobia. Ela deve ser levada a se imaginar sem o medo e a ansiedade causada pelo problema.

A repetição desse pensamento, ajuda a gravar essa imagem na mente da pessoa afetada pela fobia. Isso é essencial para causar uma mudança comportamento física e mental, o que ajuda bastante no tratamento da fobia.

Veja esse tratamento utilizando a Hipnose e a PNL.

Faça a nossa Formação Practitioner em PNL!

Aqui no IBND possuímos uma Formação Practitioner em PNL completa. Aprenda os recursos da programação neurolinguística para transformar a sua vida para melhor. Conheça a nossa Formação em PNL.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK