Codependência emocional: o que é e cinco formas de superar

23/03/2022 às 20:31 Hipnose

Codependência emocional: o que é e cinco formas de superar

Definido como um transtorno entre as décadas de 70 e 80 , a codependência emocional está diretamente relacionado a dependentes químicos. Porém, hoje ele é estendido a transtornos mais graves de personalidade e a qualquer quadro de dependência. 

A pessoa com codependência emocional se sente ligada emocionalmente tanto em nível psicológico, químico e/ou físico. Desta forma, este transtorno afeta ambas as pessoas envolvidas numa relação. Afinal, dentro da convivência a pessoa não ajuda o dependente a melhorar, mas a permanecer na mesma situação que sustenta o codependente. 

Note, portanto, que este sustento ocorre porque o codependente acredita que sua felicidade depende da pessoa que quer ajudar. E isso, consequentemente, faz com que ela desenvolva uma dependência emocional. Desta forma, o indivíduo pode se tornar muito permissivo, tolerante e compreensivo mesmo diante de abusos.

É como uma prisão onde o codependente se percebe somente através da opinião do outro, por ser incapaz de perceber seus próprios sentimentos, quando estes se referem a sua própria pessoa, bem como atribuir características positivas a si mesmo.

Os casos mais comuns de codependência

Dos casos mais conhecidos de codependência emocional, a maioria pode ser notada no relacionamento entre pais e filhos, e cônjuges. Afinal, são estas relações que mais necessitam de níveis de cuidado e dependência. 

Um filho precisa de um pai/mãe para conseguir se desenvolver. Por outro lado, um casamento é feito por duas pessoas que decidem compartilhar a vida.

Dentro de uma relação saudável existem vínculos, mas também existem limites estabelecidos. Já nos casos de codependência, essas pessoas vivem em função do outro, estando, por exemplo, constantemente preocupadas com o bem-estar do parceiro e se sentindo responsáveis por ele. 

É interessante observar que a codependência nem sempre é facilmente detectada. Afinal, se preocupar com o outro é de fato uma característica positiva. Todavia, quando esta preocupação é excessiva, isso pode ser um problema. 

Os sintomas de uma codependência emocional

  • Baixa autoestima: o indivíduo não consegue se colocar em primeiro lugar, tem dificuldade para tomar suas próprias decisões ou se posicionar em algo que seria bom para ele, pois não se acha merecedor.

  • Negação: o codependente busca sempre negar a realidade que lhe é apresentada para não ter que lidar com os problemas. Se, por exemplo, o parceiro está traindo, o indivíduo pode pensar que não é nada sério e que logo ele irá parar com isso.

  • Expectativa: a pessoa cria uma expectativa alta frente a poucas ações do outro. Consequentemente, pode se frustrar bastante depois. 

  • Medo da perda: o grande causador da codependência emocional é exatamente esse, o medo de ficar sozinho!

Cinco formas para se tornar menos dependente

As dicas a seguir podem ajudar qualquer pessoa a ser menos dependente:

  1. Tome consciência da dependência emocional

A consciência da codependência emocional é o primeiro passo para começar a superar os sentimentos. Sem ter consciência do problema, tudo irá continuar como está. Ao passo que esta mudança for buscada, ela pode ocorrer com a criação de autoestima, autovalorização e com a ajuda de um profissional. 

  1. Reconheça seu valor

Reconheça seu próprio valor e trabalhe para aumentar a sua percepção sobre si mesmo. Perceba suas limitações bem como suas conquistas, estabeleça metas e objetivos e faça coisas que tragam bem estar e felicidade para você. Fazer as pazes consigo mesmo e ser o seu melhor amigo é o primeiro passo para perder o medo de ficar sozinho.

  1. Note que você tem o controle sobre si mesmo

Note que somente você tem o controle de si, incluindo seus sentimentos, emoções e ações. Algumas vezes acontecem eventos na vida que são incontroláveis. Mas você precisa perceber o que você pode controlar. Não permita que outra pessoa controle o caminho que você deve seguir.

  1. Reconheça suas necessidades a nível emocional

Reconhecer as suas necessidades emocionais é essencial para que você deixe de depender de uma única pessoa. Portanto, trabalhe para construir uma rede de relacionamentos e considere a importância da terapia. 

  1. Programe seu dia sem depender de outra pessoa

Você também possui necessidades que são importantes e você precisa ter controle da sua própria vida e fazer suas coisas independente dos outros. Você pode se comprometer e reconhecer as necessidades do outro, mas você tem que se lembrar igualmente que você tem que viver sua vida, para além do relacionamento.

Queira mais para a sua vida!

Se você se identificou com o texto acima ou conhece alguém que esteja numa situação de codependência emocional, procure orientá-la. É muito importante buscar ajuda e querer mais da própria vida!

O tratamento psicológico aliado à hipnose pode fazer muita diferença para que a pessoa consiga ter mais qualidade de vida no futuro e possa ter uma relacionamento saudável primeiramente com ela mesma. Conheça o curso de hipnose online do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento).


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK