Coaching e motivação: como impulsionar seu projeto?

16/05/2021 às 14:45 Coaching PNL

Coaching e motivação: como impulsionar seu projeto?

Você se pergunta por que age de certas maneiras e não sabe? Desiste antes de atingir suas metas com facilidade? Sua equipe tem dificuldade para crescer? Motivação pode ser o que esteja te faltando!

O que é motivação?

A motivação é um elemento básico que dirige a ação, que dá um motivo para impulsionar a ação desejada. É uma espécie de condição do organismo que influencia a direção do comportamento e orienta um objetivo e pode se relacionar com o estudo da razão pelas quais seres humanos e animais, em determinadas situações, escolhem, iniciam e mantêm determinadas ações. A motivação pode ser impedida pelas crenças sobre si mesmo, que podem ajudá-lo a seguir em frente ou podem mantê-lo paralizado.

Num processo de crescimento pessoal ou profissional, a motivação se refere ao esforço despendido pelo sujeito para aprender, ir em uma direção específica e intensidade da persistência.

Coaching empresarial

O Coaching é uma das principais ferramentas para alcançar metas por meio da promoção de maior autoconsciência, autorregulação emocional e autoeficácia, a partir de um foco voltado ao ser humano.

Na gestão de pessoas, por exemplo, o papel do líder é de encorajar a autonomia dos trabalhadores, desenvolver competências para a inovação e capacidades para assumir responsabilidades de tomada de decisão em seus liderados se quiserem atingir novos patamares de sucesso em suas empresas. De um lado, os gestores se sentem mais pressionados a apresentar resultados, do outro lado precisam promover mudanças nas estruturas organizacionais para se organizar a partir de outra lógica para obter novos resultados.

Para galgar novos patamares, os gestores de empresas cada vez mais precisam trabalhar com a capacidade de inovação de seus liderados, motivar a flexibilidade e a visão sistêmica, permanecendo abertos para sustentar a criação de vínculos e a confiança entre essa rede de relacionamentos profissionais.

A própria noção de competência da própria liderança pode ser predominante em relação aos resultados, e é aí que o Coaching entra para motivar a equipe ao autodesenvolvimento.

No nível mais pessoal da motivação dentro das equipes, o Coaching trabalha com alguns pilares:

  • Você é único: mesmo que tenha um irmão gêmeo idêntico, ninguém no mundo é igual a você. Ninguém nunca vai chegar a ser como você. Isso não significa que você é mais especial do que os outros. Significa que ninguém pode saber o seu potencial até que você o realize. Nunca é tarde para começar a identificar a sua singularidade por meio do autoconhecimento.
  • Você tem muitos recursos: lembre-se das coisas que teve que aprender como criança? Você teve todos os elementos para o sucesso. Esses recursos ainda estão dentro de você. O coaching pode te ajudar a trazer à tona esses recursos escondidos e colocá-los prontos para a ação. E a cada dia, você adquire ainda mais recursos.
  • Você é capaz de grandes resultados: você já se surpreendeu com o que é capaz de fazer? Talvez passar em uma prova difícil ou ganhar uma competição na escola. Talvez entrou para a academia e agora consegue caminhar com mais facilidade. O coaching visa colher a energia desses momentos onde você conquistou seus melhores resultados, para constantemente promover mais motivação e aumentar sua visão do que é capaz.
  • Você consegue descobrir as melhores decisões para si mesmo: essa pode ser uma premissa difícil de aceitar, mas a realidade é que o Coaching liberta você de expectativas para ver seus problemas e metas de forma diferente para que você acesse a resposta que já está dentro de você.
  • Você está livre de ser julgado: para que o Coaching funcione, você precisa se livrar do julgamento do que é certo ou errado. Isso não significa que você está livre para quebrar a Lei, mas que pode estar livre dos julgamentos que não contribuem para o processo.
  • Você pode fazer poderosas escolhas: o sentimento de estar paralizado num beco sem saída é um dos piores sentimentos. Você se sente preso em uma vida que não gosta e não sente como se não conseguisse mudar isso. Decisões difíceis precisam ser feitas, lembrando sempre dos benefícios de abrir mão de algumas coisas para atingir seu objetivo. Confie nos resultados das novas escolhas e que essas podem movê-lo em novas direções.
  • Você se responsabiliza por seus resultados: o Coaching não tem como garantir 100% um resultado logo de cara. O Coaching é sobre dar permissão a si mesmo para experimentar e brincar com novas opções. Com conhecimento e autoconsciência, você pode se preparar para os desafios à frente mesmo quando sentir que não está andando no processo. Quando você age e assume responsabilidade por isso, você já está indo a algum lugar.
  • Você confia em seus sentidos: aprender a confiar em seus sentidos leva tempo e prática. Comece simplesmente a notar o que acontece com você, até que comece a fazer conexões que levam você a movimentos evolutivos.

Motivação nas equipes

No contexto organizacional se considera a motivação como um dos principais fatores relacionados com a produtividade e a qualidade do trabalho, levando em consideração a necessidade de diferencial competitivo decorrente das pessoas que trabalham na empresa. Por outro lado, uma percepção equivocada da motivação e como ela deve ser implementada podem levar ao uso de programas motivacionais cujo objetivo único é de moldar o comportamento do trabalhador, ao invés de buscar desenvolver as capacidades e habilidades do trabalhador. É comum rotular funcionários desmotivados como sendo preguiçosos, quando na verdade a motivação é fruto da interação do indivíduo com a situação de trabalho, e que por isso, cada indivíduo terá um determinado nível de motivação em cada situação.

Gestão positiva

Dessa forma, os gestores de equipes eficientes precisam levar em consideração as expectativas do indivíduo e o valor que ele atribui à recompensa em um determinado momento para que assim se instituam programas motivacionais voltados para a realidade e as necessidades dos trabalhadores e o Coaching pode ser a ferramenta adequada para isso!

Venha para o IBND

O curso de coaching do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

Referências:

BEZERRA, F.D. et al. Motivação da equipe e estratégias motivacionais adotadas pelo enfermeiro. Rev. bras. enferm. 2010;63(1).

OLIVEIRA-SILVA, L.C. et al. Desvendando o Coaching: uma revisão sob a Ótica da Psicologia. Psicol. cienc. prof. 2018;38(2).


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK