Andragogia: saiba mais a respeito

05/04/2021 às 10:24 Coaching

Andragogia: saiba mais a respeito

A vida nos ensina constantemente alguma coisa, todos os dias. Mesmo que sejamos adultos experientes e com uma pilha de anos nas costas, sempre há o que aprender no dia a dia. E esse contexto nos leva a discutir um tema de extrema importância: a andragogia. Se você não sabe o que é isso e quer turbinar o seu mindset, te convidamos para ler esse post até o final e ficar por dentro do assunto. Pode acreditar, vai valer a pena!

O que é andragogia? 

Criada pelo renomado educador norte-americano Malcom Knowles (1913-1997), andragogia é a arte de ensinar/orientar pessoas adultas. Na verdade, os adultos, mesmo aqueles que têm mais experiência de vida, estão sempre procurando aprender algo que possa contribuir positivamente no cotidiano ou que fará a diferença na sua convivência com as outras pessoas.

Por isso, a andragogia tem o objetivo de ensinar os adultos em um ambiente que seja adequado para os mesmos. O respeito pleno à independência e autogestão, são as principais premissas da andragogia. O curioso é que, alunos e professores estão na mesma faixa etária e, muitas vezes, têm a mesma experiência de vida. O processo de aprendizagem pode ser muito mais fácil na andragogia, por causa da troca de experiências entre alunos (adultos) e professores.

Quais são os pilares da andragogia? 

Agora que você está por dentro do conceito de andragogia, conheça quais são os seis pilares de sustentação, segundo o criador desse importante conceito:

 1-   Por que conhecer e aprender algo? 

Para que qualquer pessoa adulta aprenda com eficiência, é necessário que ela, antes de mais nada, entenda e saiba os motivos que o processo de aprendizagem está acontecendo. Ou seja, todos os benefícios precisam estar evidentes para o aluno, que não pode ter nenhum tipo de dúvida. Somente dessa forma, a sua mente estará mais receptiva para aprender algo novo.

 2-   Autonomia do aluno

Um aluno adulto, na maioria das vezes, tem plena consciência da sua autonomia sobre a sua própria vida. Por isso, a andragogia tem total respeito sobre essa autonomia e sabe que o aluno é o responsável por suas próprias decisões e sabe fazer uma boa autogestão. Diferentemente das crianças, que ainda estão desenvolvendo essas características, a andragogia precisa saber lidar com isso, nos adultos.

 3-   A importância da experiência

As técnicas de ensino que têm o objetivo de somente transmitir o conhecimento, de nada servem na andragogia, que lida com pessoas com experiência de vida e que já têm uma bagagem de conhecimento. Dessa forma, é preciso fazer bom uso de toda essa experiência de vida adquirida com a idade e aliá-la aos desafios do cotidiano. A simulação de algumas situações pode ser usada, nesse caso.

 4-   Foco na aprendizagem 

A partir do momento que o aluno adquire a consciência da importância que todo o seu aprendizado tem no dia a dia, a tendência é que ele mantenha todo o foco em seus estudos. Em outras palavras, a andragogia permite um engajamento bem maior no processo de aprendizagem. E quem sai ganhando é o próprio aluno, que terá mais autoconhecimento.

5-   Direcionamento para a vida real 

Como a andragogia lida com alunos adultos e com uma certa experiência de vida, essa metodologia mantém o foco dos mesmos em tudo que possa fazer menção às suas rotinas diárias e em tudo mais que possa contribuir para deixar o dia a dia mais prático, agradável e, acima de tudo, eficiente. O foco na vida real proporcionado pela andragogia é extremamente eficiente.

 6-   Mais motivação para aprender sempre 

Por ter essa visão mais direcionada para a sua realidade nua e crua, os alunos (adultos) podem ter a motivação em alta por causa do processo de aprendizagem. Com uma maior bagagem de conhecimento, as promoções no trabalho, aumentos de salário e uma autoestima nas alturas, podem ter mais chance de acontecer com pessoas que estão sempre aprendendo.

Andragogia em empresas: é possível?

Mesmo que possa parecer um tanto quanto estranho, é perfeitamente possível aplicar a andragogia no mundo dos negócios. A grande questão é saber se os colaboradores estão dispostos a aprender realmente, caso contrário, será pura perda de tempo. Antes de aplicar essa metodologia em sua empresa, é necessário levar em consideração alguns fatores:

 - O preparo dos colaboradores: todo os funcionários devem estar a par do que se trata e sobre todo o conteúdo programático;

 - O clima na organização: deve estar propício para a aprendizagem, além de inspirar respeito, confiança e colaboração mútua;

 -Planejamento: o ensino andragógico requer um minucioso planejamento de como deverá ser essa valiosa troca de experiências entre o professor e os alunos adultos. Ela deve ser interessante para ambas as partes.

 - Necessidades: deve-se fazer um completo diagnóstico das reais necessidades dos colaboradores, no que diz respeito ao processo de aprendizagem;

- Objetivos:  sua empresa deve definir todos os objetivos da implantação desse importante processo. Eles devem ser realistas ou compatíveis com a rotina da organização.

 - Atividades que serão implementadas: saber de antemão quais as atividades que deverão ser implementadas na andragogia empresarial, é fundamental para que tudo saia conforme o esperado.

 Viu com a andragogia pode ser extremamente importante para adultos de todas as idades? É uma troca de experiências enriquecedora para a nossa vida.

Venha para o IBND

O curso de coaching do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano. 

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!

 


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK