Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

O que é empatia compassiva?

27/04/2020 às 19:10 Coaching

O que é empatia compassiva?

Você é uma pessoa empática? Você se preocupa com as pessoas que estão à sua volta? Sejam elas da sua família, do seu trabalho ou mesmo desconhecidos? É hora de conhecer a empatia compassiva. Esse é um tipo de empatia que visa dar apoio na prática.

O que é empatia compassiva?

A empatia compassiva é um conceito que busca ir além da definição básica de empatia, que se limita a compreensão e a se pôr no lugar do outro. A empatia compassiva requer ação, cada pessoa deve contribuir para o coletivo em busca de um mundo melhor.

Agir em prol da melhoria da sua própria realidade, buscar realizar ações pelo bem-estar de todos a nossa volta é uma forma de praticar a empatia compassiva. E como é difícil pôr em prática esse tipo de empatia. Não são todos que estão dispostos a saírem da intenção para a ação.

Muitas pessoas postam nas redes sociais sobre assuntos relevantes, mas não agem em prol do assunto. Muitos compartilham sobre a preservação do meio ambiente, mas nunca foram visitar um parque ou floresta, nunca plantaram uma árvore ou deixam de usar produtos e serviços agressivos a natureza.

Nesse caso, a empatia não passa de uma mera acomodação, um discurso vazio. Na empatia compassiva, há uma ação de ajuda útil, quem é empático compassivo sempre oferece ajuda a uma causa ou uma pessoa, sempre tenta melhorar o mundo.

Quais são as principais características da empatia compassiva?

As pessoas que praticam a empatia compassiva têm características em comum. Quem desenvolve essa habilidade, também desenvolve a inteligência emocional e aprende a lidar melhor consigo mesmo e com os outros. Confira abaixo quais são as principais características da empatia compassiva:

Reciprocidade

Ser recíproco é a base para os relacionamentos saudáveis. Dar e receber apoio é uma característica da empatia compassiva. Essas pessoas focam no seu bem-estar pessoal e no bem-estar dos que estão à sua volta.

Com isso, a empatia compassiva consegue melhorar os relacionamentos, tornando-os mais recíprocos e menos julgadores, menos centralizados. Pessoas se tornam menos egoístas e orgulhosas, e se abrem para receber e dar apoio aos outros.

Partida para a ação

A base da empatia compassiva é a ação. Quando a pessoa sai da intenção para a ação, ela põe em prática a empatia compassiva. Com isso, a pessoa percebe que até certo ponto, ela consegue fazer a diferença, mudando a si mesma e realizando ações que possam melhorar a vida de outras pessoas.

E ao perceber que somente suas ações não mudam o mundo, essa pessoa mobiliza outras pessoas ou se juntam a grupos de pessoas para conseguir implementar a mudança que eles esperam.

O Coaching é uma ferramenta para partir para ação, se você ainda não conheçe, faça nosso curso de Coaching.

Inteligência Emocional

A empatia compassiva é um caminho para desenvolver a inteligência emocional. Pessoas que praticam esse tipo de empatia conseguem equilibrar suas emoções com seu lado racional. Com o equilíbrio entre razões e emoções, a pessoa consegue ser mais feliz em todas as áreas da vida.

A inteligência emocional é o caminho para dar fim aos julgamentos e as cobranças a si mesmo. Também possibilita a criação e o desenvolvimento de relacionamentos saudáveis, baseados na reciprocidade, na confiança e na sinceridade.

Como se tornar mais empático compassivo?

Agora que você conhece algumas características da empatia compassiva, é hora de colocá-la em prática na sua vida. Vamos listar abaixo, algumas dicas para que você possa ser mais empático compassivo com as pessoas à sua volta, confira:

Encontre formas de ajudar

Como já dissemos, a base da empatia compassiva é a ação. Pessoas empáticas compassivas estão sempre pensando em maneiras de ajudar os outros. Elas conseguem elaborar uma estratégia de ajuda em poucos minutos e mobilizar outras pessoas para pôr em prática as suas ideias.

Ao ver pessoas em dificuldade ou tristes, a empatia compassiva entra em ação. O empático compassivo não resiste a sua vontade de ajudar. Para se tornar uma pessoa assim, você precisa estimular esta vontade, fazendo com que ela entre em prática. Com o tempo, ajudar os outros se tornará normal em seu cotidiano.

Consciência sobre o mundo

O empático compassivo tem consciência sobre o mundo a sua volta. Assim, ele consegue entender cada pessoa e entender como funcionam os processos no trabalho e em qualquer outro lugar. Dessa forma, ele consegue identificar as necessidades reais das pessoas, da empresa, dos amigos, etc.

Observar o que está a sua volta é essencial na empatia compassiva. Assim, você consegue ajudar os outros de maneira assertiva. Antes da ação, vem a concepção da ideia, vem o estímulo a ajuda, e isso tudo passa pela consciência sobre as necessidades dos que estão a sua volta.

O Coaching pode lhe ajudar a desenvolver essa habilidade. Através do uso de técnicas e ferramentas de coaching durante o processo, você conseguirá identificar as suas formas de ajuda, podendo colocá-las em prática e tomar uma consciência maior sobre os ambientes onde você está inserido.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça o nosso Curso de Coach.

 


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®