Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Mark Zuckerberg: conheça a trajetória do dono do Facebook, que se tornou bilionário aos 23 anos

01/10/2020 às 10:02 PNL

Mark Zuckerberg: conheça a trajetória do dono do Facebook, que se tornou bilionário aos 23 anos

A internet se tornou uma verdadeira aliada para todos nós. Sem ela, tudo seria mais complicado e demorado. As redes sociais, por exemplo, tornaram-se a sensação do momento, especialmente o Facebook, que é a mais popular do mundo. Mas por trás de todo esse sucesso, existe uma mente brilhante nos bastidores.

Por isso, preparamos esse post que narra a  trajetória de sucesso do jovem e bilionário empreendedor, Mark Zuckerberg, que é o proprietário do Facebook. Descubra como ele conseguiu ficar bilionário com apenas 23 anos e inspire-se em sua trajetória.

Interesse por computadores logo na infância

Mark Zuckerberg nasceu nos Estados Unidos em 1984 em uma típica família nova iorquina. Seu pai é um renomado dentista e sua mãe é uma psiquiatra. Mark ainda tem mais três irmãs. A infância de Zuckerberg foi bastante tranquila e, desde cedo, o pequeno já demonstrava interesse por computadores.

Depois de se destacar no ensino médio nas disciplinas de Artes e Culturas Clássicas, Mark aprendeu Programação Básica com um famoso desenvolvedor de software. Após a conclusão do ensino médio, Mark ingressou em uma das faculdades mais conhecidas do mundo, a disputadíssima Havard.

Primeiras invenções: ZuckNet e Synapse

Enquanto ainda era aluno do curso de programação, Zuckerberg desenvolveu um programa de mensagens caseiro, conhecido como ZuckNet, que fez um relativo sucesso. O objetivo era permitir a comunição entre todos os computadores da sua casa com os do consultório do seu pai, o que era uma mão na roda no dia a dia da família.

Outra proeza desse jovem norte americano foi a criação de um software que fazia o rastreamento das preferências musicais dos usuários que estavam online. Conhecido como Synapse Media Player, esse programa foi desenvolvido quando Zuckerberg tinha apenas 17 anos.

Essa façanha rendeu bons frutos para Mark, pois o seu programa chamou a atenção de empresas milionárias como a gigante Microsoft. O jovem recebeu propostas irrecusáveis tanto para a compra do seu software quanto de ótimos empregos. Entretanto, recusou todas elas sem pensar duas vezes.

Facebook: nasce a maior rede social do mundo

Em fevereiro de 2004, após alguns meses de desenvolvimento e estudo intenso, Zuckerberg inaugurou o Facebook, considerada até hoje a maior rede social do mundo. A princípio, o Facebook fez um tremendo sucesso em Havard e, pouco tempo depois, se espalhou entre as outras universidades dos EUA.

Quando o Facebook estava viralizando cada vez mais, Zuckerberg foi obrigado a abandonar a univesidade e se mudou para o rico estado da Califórnia, mais precisamente para o promissor Vale do Solício. O fato é que o Facebook se tornou, em pouquísimo tempo, a maior rede de relacionamentos da internet.

Com apenas 24 anos, em 2008, Mark Zuckerberg entrou para a lista como sendo o jovem americano mais rico do mundo, segundo a renomada revista Forbes. Esse empreendedor visionário transformou o Facebook em uma das organizações mais bem sucedidas. Não restam dúvidas de que esse empreendedor também é dono de uma notável inteligência financeira

Com era um negócio extremamemte rentável e promissor, Zuckerberg também teve propostas bilionárias para vender o Facebook, quando ele estava em plena ascensão e ganhando cada vez mais notoriedade em todo o mundo. Todas elas foram recusadas.

Atualmente, o Facebook conta com nada menos do que 2,7 bilhões de usuários e teve um faturamento de 17,7 bilhões de dólares somente no primeiro trimestre de 2020.

Whatsapp e Instagram: as mais novas aquisições de Zuckerberg

Como o sucesso e crescimento em ritmo cada vez mais acelerado, o dono do Facebook ainda queria mais. Por isso, em meados de 2014, Zuckerberg pagou cerca de 19 bilhões de dólares pelo aplicativo de mensagens via celular mais popular do mundo, o Whatsapp. Mais uma vez, a decisão desse empreendedor foi mais assertiva do que nunca.

Depois de mais um aposta certeira com a compra do Whatsapp, Zuckerberg, que era adepto de uma gestão de tempo eficiente, ainda comprou o Instagram por cerca de 1 bilhão de dólares. Na época da transação, que foi em 2012, a plataforma ainda era bem tímida e pouco conhecida no mundo, contando com “apenas” 30 milhões de usuários e 13 colaboradores na sede física.

Facemash: antecessor do FacebooK

No ano de 2002, Zuckerberg, com 18 anos, entrou para a Universidade de Havard e começou a criar sites bastante inovadores para a época. Ele contou com a ajuda de um pequeno grupo de amigos.

A primeira criação relevante foi o Facemash, que era um site voltado para o público masculino e bastante polêmico. A aplicação publicava fotos de diversas estudantes e permitia que os usuários votassem na que consideravam ser a mais bonita.

O problema é que as fotos eram copiadas secretamente do banco de dados da universidade sem autorização, o que gerou um grande problema para Zuckerberg e seus amigos. Assim que tudo foi descoberto, o site foi tirado do ar.

Polêmicas envolvendo Zuckerberg e o Facebook

Mas como nem tudo na vida são flores, Zuckerberg acabou se envolvendo em algumas polêmicas depois da criação do Facebook. Depois que essa rede social já estava consolidada em todo o mundo, Mark acabou sendo processado por dois colegas da faculdade.

O motivo era uma acusação que Zuckerberg tinha roubado essa brilhante ideia que, a princípio, era deles. Depois de um longo processo na justiça, tudo se resolveu em 2008. Os advogados de Zuckerberg fizeram uma proposta de 65 milhões de dólares para os supostos criadores do Facebook, que foi aceita.

E aí? Gostou de conhecer essa trajetória de sucesso do fundador do Facebook? Esperamos que ela sirva de inspiração no seu dia a dia.

Venha para o IBND

O curso de coaching do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®