Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Empreendedorismo na história: conheça as importantes contribuições de Thomas Edison para o mundo

07/10/2020 às 15:55 Coaching

Empreendedorismo na história: conheça as importantes contribuições de Thomas Edison para o mundo

Algumas pessoas parecem que nascem predestinadas a fazer grandes realizações em prol de toda a humanidade. Independentemente da época, o fato é que não podemos nos esquecer de que já existiram grandes inventores que nos deixaram imensas contribuições.

Thomas Edison é um ótimo exemplo. Por isso, elaboramos esse post para que você conheça quais foram suas contribuições, além da brilhante invenção da lâmpada elétrica. Fique conosco até o final e surpreenda-se com a história desse gênio.

Thomas Edison: invenção do telégrafo já na infância

Nascido nos EUA em 1847, Thomas Alva Edison era filho de uma família bastante humilde. Seu pai era marceneiro e sua mãe professora. Quando ainda era criança, Edison acabou abandonando a escola por mau comportamento, pois o seu professor na época o considerava muito impertinente.

Sua mãe, como era professora, acabou lecionando para Edison dentro de casa, o que o fez concluir o primário. Mas o que realmente encantava esse futuro inventor era a disciplina de ciências. O gosto pelas experiências veio logo cedo e, com apenas 11 anos, Edison montou um pequeno laboratório no porão da sua casa.

Com 12 anos, o jovem aprendeu o alfabeto Morse e começou a criar telégrafos de forma rudimentar. Depois de algum tempo, começou a trabalhar vendendo doces e jornais para os passageiros dentro dos trens, o que lhe rendia até um bom dinheiro no final do mês.

Como se tornava cada vez mais obcecado por química e física, Edison acabou montando um laboratório no vagão postal, onde fazia diversos experimentos. Tudo isso com a autorização do seu chefe, que o apoiava bastante. O jovem queria conquistar seus objetivos e não media esforços para isso. 

Impressão de jornais e acidente

Em meados de 1861, com 14 anos, o jovem cria a sua primeira engenhoca: uma velha prensa para tiragem de jornais diários. Ao todo, foram cerca de 400 exemplares impressos, o que era um feito para a época. Ao descer de um trem em movimento, Edison sofreu um acidente e, com o passar do tempo, foi perdendo a audição.

Mas nem isso desestimulou esse aficionado por experiências. Em 1862, Edison aprendeu telegrafia e, depois de muita prática, acabou se tornando um profissional conceituado. Algum tempo depois, construiu 2 aparelhos telegráficos   e começou a trabalhar como telegrafista.

Primeiras patentes e outras invenções

Aos 21 anos, Thomas Edison, depois de muito trabalho, conseguiu a sua primeira patente com um registrador elétrico que tinha diversas funções. Depois de trabalhar por um tempo na agência telegráfica da Bolsa de Valores de Nova York, Edison consegue economizar dinheiro e monta uma pequena empresa de engenharia eletrotécnica, com o seu amigo.

No ano seguinte, mais um feito: Thomas Edison inventa outro telégrafo, mais moderno e que permitia o envio de várias mensagens ao mesmo tempo. Já em 1870, Edison foi além e criou um telégrafo que transmitia notícias sobre a Bolsa e suas cotações. Acabou vendendo o aparelho por 40 mil dólares para uma grande empresa.

Em 1873, Edison montou um grande laboratório e acabou patenteando uma moderna máquina de escrever e uma pena registradora que, anos mais tarde, se transformaria no mimeógrafo, que seria usado durante décadas por empresas de diversos segmentos.

Além disso, esse inventor nato ainda aperfeiçoou o microfone, o que acabou contribuindo indiretamente para o desenvolvimento do telefone. Quatro anos mais tarde, Edison criou o fonógrafo, que era uma espécie de aparelho que reproduzia sons diversos. Anos depois, essa contribuição seria usada nos toca discos.

Lâmpada elétrica: sua maior contribuição

Depois de cerca de 1.200 experiências e muito trabalho, em 1879, Thomas Edison inventou a lâmpada elétrica. Diversos outros cientistas também tentaram realizar o feito, já que essa era uma necessidade urgente de toda a sociedade, mas Edison é que foi o contemplado da vez.

Mas foi somente em outubro de 1897, é que Thomas Edison pode de fato comemorar a sua descoberta. A primeira lâmpada elétrica desenvolvida por esse gênio permaneceu acesa durante 40 horas ininterruptas. Nos anos posteriores, Edison aperfeiçoou ainda mais a sua invenção e teve um grande êxito.

Nunca mais a humanidade iria depender somente da luz do sol. O cientista registrou a patente da sua lâmpada elétrica e começou a comercializá-la para praticamente todos os países. Mesmo diante de toda a adversidade por causa da surdez, Edison não sucumbiu ao esgotamento mental e prosseguiu firme em seu propósito.

Mais invenções no currículo

Responsável por aproximadamente 1.033 patentes, Thomas Edison foi considerado um dos maiores inventores da história. Conheça outras invenções desse gênio:

  • Regulador de corrente para máquinas elétricas;
  • Distribuidor subterrâneo de energia;
  • Uma válvula, que posteriormente seria usada nos rádios;
  • Um acumulador de energia que, atualmente, é conhecido como bateria;
  • Sistema completo de transmissão via telégrafo para trens e navios que estejam em movimento;
  • O cinescópio, que é um aparelho fundamental para o nascimento do cinema.

Em 1890, Thomas Edison inaugurou a General Eletric Company, que décadas mais tarde se tornaria um dos maiores e reconhecidos conglomerados do planeta.  Esse gênio faleceu nos Estados Unidos em 1931, aos 84 anos, e nos deixou um legado de importantíssimas contribuições para o desenvolvimento da sociedade que vivemos hoje. 

Dentre as célebres citações de Edison, podemos destacar uma para todos os futuros empreendedores:

“Um gênio se faz com 1% de inspiração e 99% de esforço”. Agora é ir à luta para prosperar no mercado.

Venha para o IBND

O curso de coach do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®