Diário do sono: veja a importância de manter um no dia a dia

28/08/2021 às 21:07 Hipnose

Diário do sono: veja a importância de manter um no dia a dia

Todos nós já vivenciamos uma noite com insônia ou outras dificuldades para dormir. Você sabia que um diário do sono pode te ajudar a dormir melhor? Então olha só!

Distúrbios do sono

Os distúrbios do sono são cada vez mais comuns. Cerca de um terço da população mundial sofre com apneia obstrutiva do sono, segundo dados do Instituto do Sono. Estudos revelam que cerca de 85 a 90% desta população sequer sabem disso. Segundo o Instituto, a quantidade de brasileiros acometidos por apneia do sono saltou de 38% para 69% da população.

Os dois tipos mais comuns de distúrbios do sono são a insônia e a apneia obstrutiva do sono, ao lado do sonambulismo, do terror noturno, da narcolepsia, do bruxismo e da síndrome das pernas inquietas. Os distúrbios do sono afetam regularmente o sono, trazendo sintomas como cansaço irritação, dificuldade de concentração e sonolência ao longo do dia e podem até caminhar para uma depressão, um acidente vascular cerebral (AVC) ou uma doença cardiovascular, impactando significativamente a qualidade de vida dos dormidores.

Diário do sono: veja como fazer

Cada transtorno ou distúrbio do sono possui características próprias e sintomas que afetam as pessoas de formas individuais. Assim, o diário do sono é uma forma de implementar uma investigação subjetiva da qualidade e do padrão do sono no paciente, sendo considerado “padrão ouro” no tratamento de diversos distúrbios do sono.

Através do diário do sono, o paciente relata e registra todos os seus hábitos e horários de dormir, como foi sua noite de sono, a qualidade do sono e sua quantidade. Lembra um diário pessoal e pode ser implementado diariamente, sendo uma espécie de formulário para registro de toda a atividade relacionada ao sono, para que o médico assistente tenha mais dados para ajudar no diagnóstico e tratamento do distúrbio de sono identificado.

Na maioria das vezes, é utilizado por pacientes com insônia, para verificar quais fatores de ordem biopsicossocial podem estar afetando seu sono.

Objetivo do diário do sono

O principal objetivo do diário do sono é ajudar no diagnóstico e tratamento de um distúrbio do sono, visto que algumas pistas e indicações destes transtornos se encontram fora de uma sala de consulta médica, e ao trazer esses dados para o profissional da saúde durante a anamnese, pode-se obter maior eficácia nos diagnósticos realizados.

Assim, ele pode auxiliar a entender a causa do problema, os hábitos da rotina que afetam a quantidade e qualidade do repouso, além de identificar sono insuficiente e distúrbios do ciclo circadiano.

Como fazer um diário do sono?

O diário do sono, assim como qualquer outro diário, é pessoal e intransferível, e deve ser feito exclusivamente pela pessoa acometida pelo distúrbio do sono, pois é a própria pessoa que sabe exatamente como foi sua noite de sono podendo, assim, relatar em detalhes tudo o que aconteceu. Não existem respostas corretas, ou certo e errado. O importante é o paciente preencher todas as questões propostas pelo diário do sono da forma mais detalhada e honesta possível, sendo uma responsabilidade exclusiva do paciente.

O diário pode ser feito manualmente em uma folha de papel ou caderno, e também por meio de aplicativos de celular e computador. A forma escolhida não importa, mas a organização é fundamental. O diário deve ter formato linear, ou seja, o paciente deve descrever o que aconteceu em relação ao sono da noite anterior, de forma mais ou menos livre. Também pode ter formato de tabela, sendo necessário conter as seguintes questões:

  • Qual horário você se deitou?
  • A que horas decidiu iniciar o sono?
  • Quanto tempo levou para dormir?
  • Quantas vezes despertou ao longo da noite?
  • Por quanto tempo ficou acordado nestes períodos ao longo da noite?
  • Que horas você acordou?
  • Como foi a qualidade do seu sono?
  • Como foram as três horas que antecederam a ida para a cama?
  • Qual foi o horário que se alimentou pela última vez e o que comeu?
  • Comentários gerais.

A partir dessas informações, o médico ou profissional da medicina do sono poderá orientar o paciente a respeito de quais hábitos, sintomas e problemas relacionados ao sono foram identificados, podendo orientá-lo a escrever também sobre hábitos como cochilos ao longo do dia, consumo de álcool e drogas, ingestão de cafeína, medicação e nível de estresse, entre outros.

Outras correlações do sono

O diário do sono também pode se estender às informações após a noite de sono, tais como as atividades diárias. Após o registro delas, pode-se buscar fazer correlações com a qualidade do sono, tais como:

  • Relacionar o grau de cansaço
  • Episódios de sonolência
  • Dificuldade de concentração
  • Irritabilidade
  • Atividade física (quanto e o que)
  • Atividades sexuais
  • Atividades realizadas no quarto
  • Episódios de estresse
  • Episódios de mal estar
  • Presença de dor (onde, quando e intensidade)

Diário do sono em aplicativos

Hoje em dia os aplicativos estão presentes mais do que nunca e o diário do sono também pode ser feito em aplicativos que já oferecem diários do sono gratuitos para serem preenchidos com toda a comodidade do próprio smartphone. Dentre as vantagens, a facilidade de escrever e acessar o diário prontamente são os principais benefícios. Pode-se, ainda, encontrar modelos de diário do sono prontos em diversas páginas sobre estudos do sono na internet, de forma gratuita.

E você, ficou interessado em se qualificar para promover saúde e bem estar? Aprenda Hipnose Clínica sem sair de casa!

Terapeuta e hipnólogo, você busca uma ferramenta para potencializar os resultados com seus pacientes e, assim, gerar mais satisfação? Deseja ressignificar fobias e traumas? Quer utilizar os recursos da mente a seu favor? Faça nosso curso de hipnose online!

Referências:

BACELAR, A. & JUNIOR, L.R.P. e colabs. Insônia: do diagnóstico ao tratamento. Associação Brasileira do Sono. 2019.

Condor Instruments. O que é diário do sono, como é aplicado e quais as facilidades que traz para a medicina do sono? Artigo online. Disponível em: https://www.condorinst.com.br/o-que-e-diario-do-sono/


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK