Descubra o que é joint venture?

11/03/2022 às 22:21 Dicas PNL

Descubra  o que é joint venture?

No mundo dos negócios, as parcerias entre empresas são bastante frequentes. Muitas vezes, é preciso unir forças para enfrentar a concorrência e conquistar mais clientes no mercado, dentre outros motivos. Diante desse contexto, surge a expressão joint venture. Se ela é desconhecida para você, continue a leitura desse artigo que vai te mostrar o que é joint venture, todo o seu funcionamento, bem como as vantagens e as desvantagens para os empreendedores. 

O que é joint venture?

Podemos dizer que é uma parceria comercial entre duas ou mais empresas que visam alcançar um objetivo em comum, como a criação de uma nova modalidade de negócio, por exemplo. Na maioria das vezes, a joint venture tem um período de duração pré-determinado, acabando logo após a conclusão do projeto que foi responsável por sua criação. 

Nesse tipo de parceria empresarial, as partes envolvidas devem dividir todas as despesas, os recursos, os lucros e, claro, os riscos que fazem parte do projeto. Joint significa “junto” e venture significa “risco”. Em suma, uma parceria joint venture pode ser feita entre uma empresa que é dotada de bastante conhecimento técnico e outra que tem bons recursos financeiros disponíveis. Mas o objetivo de ambas deve ser um só: expandir o mercado de atuação. Entendeu o que é joint venture? 

Como funciona a parceria joint venture? 

Mesmo que você já saiba o que é joint venture, conheça o funcionamento dessa parceria, que é mais comum dos que podemos imaginar:

Joint venture contratual

Nessa modalidade, as empresas parceiras firmam um acordo contratual para o desenvolvimento de um novo projeto, mas que não exige a criação de um novo CNPJ. Dessa forma, cada organização continua mantendo todo seu formato de negócio separado, bem como a sua estrutura física. 

Esse tipo de parceria tem o caráter não institucional, onde existe a divisão igualitária e constante dos lucros, já que ela tem um prazo para começar e terminar. Ou seja, a joint venture contratual não é por um período indeterminado. Investir em um curso de PNL pode fazer a sua empresa prosperar  no mercado. 

Joint venture societária

Ao contrário da modalidade acima, a parceria joint venture societária é um pouco mais complexa, já que exige a criação de um novo CNPJ pelas empresas parceiras. Dessa forma, cada uma delas continua atuando normalmente, além de também serem responsáveis por todos os negócios e operações da nova empresa recém criada.

Na maioria das vezes, esse tipo de parceria empresarial tem o objetivo de ser a longo prazo, ou seja, deve durar muito tempo. Por isso, devem ser realizados investimentos constantes que possam gerar uma lucratividade no futuro. 

Vantagens da joint venture

Agora que você aprendeu o que é joint venture, conheça as vantagens desse tipo de parceria, se estiver pensando em adotar essa modalidade: 

Maior chance de aumentar o faturamento

A parceria joint venture, se for bem elaborada, pode ser bastante vantajosa para os empreendedores, já que possibilita o aumento do faturamento das organizações parceiras. A união de duas ou mais empresas pode aumentar a visibilidade, conquistar mais clientes e vender mais. As chances de sucesso podem ser bem maiores e, caso os objetivos do projeto não sejam alcançados, não se amarga tanto prejuízo. Saiba o que é amadurecimento.

Facilidade de expansão no mercado

Mesmo que você esteja a par sobre o que é joint venture, sabia que esse tipo de parceria também permite a expansão de todo o negócio e até atuar em novos e promissores mercados? É verdade! Uma pequena empresa, por exemplo, pode fazer uma rentável parceria com uma outra maior e mais conhecida no mundo dos negócios. Duas organizações de setores ou até cidades diferentes podem começar a atuar em novos mercados, através da joint venture. 

A parte jurídica não fica prejudicada

Outra vantagem da parceria joint venture (societária) é que, caso uma das empresas parceiras decrete falência, por exemplo, o projeto não será afetado, já que foi criado um novo CNPJ. Nesse caso, o negócio que foi recém criado tem sede própria e toda infraestrutura para manter as suas operações funcionando a todo vapor, mesmo se uma das empresas “sócias” não existir mais. 

Desvantagens da joint venture

Mas como nem tudo são flores no mundo corporativo e apesar de você saber o que é joint venture, conheça as desvantagens desse tipo de parceria: 

Lidar com a cultura de cada empresa parceira

Esse é um dos grandes desafios. Cada organização tem a sua cultura, por isso, quando acontece a joint venture, pode haver uma espécie de choque na cultura organizacional de ambas as empresas envolvidas, o que pode comprometer o bom andamento das operações no dia a dia. Descubra os segredos que passam em uma mente milionária.

Desequilíbrio das responsabilidades

Em uma parceria joint venture, também pode acontecer um desequilíbrio das responsabilidades de cada uma das empresas parceiras. Por exemplo, se um negócio entra com o aparato tecnológico e o outro com a força de trabalho, certamente poderá acontecer um grande desequilíbrio das responsabilidades do cotidiano. É preciso entrar em um consenso antes de bater o martelo nesse tipo de parceria. 

Dificuldades na gestão

Cada empresa tem uma maneira de fazer a sua gestão. E na parceria joint venture, pode acontecer uma certa dificuldade de gerir o novo projeto, já que cada empreendedor pensa e age de uma determinada forma no dia a dia. E tudo isso pode gerar desentendimentos e desgastantes conflitos, caso uma das empresas parceiras se recuse a ceder. 

Agora que você aprendeu o que é joint venture e está a par das suas peculiaridades, é hora de pensar se vale ou não a pena investir nesse tipo de parceria. Boa sorte!

Venha para o IBND

Os cursos do IBND são ministrados por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano. O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!

 


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK