Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Como introduzir uma gestão participativa na minha empresa

12/09/2020 às 09:19 PNL

Como introduzir uma gestão participativa na minha empresa

As empresas estão entendendo que precisam valorizar os seus colaboradores para crescerem no mercado. E em meio a isto, surgiram novos modelos de administração empresarial nos últimos anos. Um deles é a gestão participativa que busca ampliar a participação do capital humano da empresa nas decisões.

Os novos modelos de gestão empresarial visam descentralizar o poder e vem obtendo resultados expressivos. A gestão participativa, por exemplo, aumenta a participação de todos nas decisões do negócio e dá autonomia para que os colaboradores trabalhem com mais liberdade.

As estruturas tradicionais de negócios focadas numa hierarquia rígida e na centralização do poder no gestão estão ficando ultrapassadas.

Envolver os colaboradores nas decisões da empresa tem se mostrado um excelente caminho para crescer no mercado nos dias atuais.

O que é a gestão participativa?

Como o nome já indica, a gestão participativa é um modelo de gestão empresarial que valoriza o envolvimento dos colaboradores no negócio, independente de suas posições na empresa.

Neste modelo, os líderes seguem com o poder de decisão, mas buscam abrir espaço para a opinião de todos os profissionais envolvidos no projeto.

A intenção da gestão participativa é ampliar o debate para que as decisões da empresa sejam embasadas e formuladas através de diferentes perspectivas profissionais. Isso tende a ajudar a ampliar a percepção dos gestores em decisões cruciais para o crescimento de um negócio.

Cada colaborador possui uma visão e atua de uma forma específica dentro da empresa, lidando com clientes, fornecedores e parceiros diretamente, isso traz para dentro das reuniões decisivas, opiniões galgadas no contato com quem realmente importa para a empresa.

Como envolver os colaboradores na gestão da empresa?

Uma gestão participativa em uma empresa se faz com o envolvimento dos colaboradores. Não basta fazer com que outras pessoas assumam responsabilidades ou sejam forçadas a opinar.

Esse processo faz parte da retenção de talentos das empresas, os colaboradores devem se desenvolver profissionalmente tendo voz e autonomia.

Pesquisas apontam que colaboradores que se envolvem nas decisões e nos projetos das empresas onde trabalham permanecem mais motivados e se mantém na empresa por mais tempo. Veja abaixo como introduzir a gestão participativa no seu negócio:

Pesquisa de satisfação

Fazer uma pesquisa de satisfação com os seus colaboradores pode ser o ponto inicial da implantação da gestão participativa no seu negócio. Perguntar a eles, o quão satisfeitos estão com a empresa é um bom parâmetro para iniciar o envolvimento dos mesmos nos projetos do negócio.

Conheça a nossa Formação de Coach.

Desenvolvimento e capacitação profissional

O segundo e mais importante passo da gestão participativa é buscar o desenvolvimento e a capacitação profissional dos colaboradores. Isso será importantíssimo para gerar mais envolvimento, e principalmente, para que as opiniões sejam mais assertivas e proveitosas.

Neste ponto, você precisará identificar as necessidades de cada colaborador caso a caso. Isso pode demorar um tempo, mas será importante para desenvolver profissionais e reter talentos na sua empresa.

Reuniões abertas com todos os envolvidos nos projetos

Abra as reuniões para todos os envolvidos nos projetos e lhes dê voz. Muitos colaboradores são tímidos, então nada melhor do que perguntar a eles sobre os assuntos tratados no encontro.

Dessa forma, eles serão estimulados a participar e com o tempo sentirão mais confiança para opinar nas decisões da empresa.

Quais são os principais benefícios da gestão participativa para as empresas?

A gestão participativa tem se mostrado bastante eficiente por que envolve os colaboradores nas decisões das empresas. Confira quais são os seus principais benefícios para um negócio:

Visão mais ampla da empresa

A participação de mais pessoas nas decisões da empresa traz diversas perspectivas para um mesmo assunto. Os colaboradores são profissionais mais próximos dos clientes e fornecedores, convivem com eles no dia a dia e podem trazer opiniões e dicas excelentes baseadas em suas experiências de trabalho.

Retenção de talentos

A gestão participativa também é um excelente modelo para aprimorar uma estratégia de retenção de talentos. Gerar um envolvimento maior dos colaboradores na empresa é fundamental para que eles se sintam mais motivados e importantes dentro do negócio.

Exigir uma participação ativa dos colaboradores é o caminho para formar profissionais que tenham autonomia e que possam futuramente serem gestores do negócio. Formar profissionais dentro da empresa é bem mais vantajoso para qualquer negócio.

Como vimos no texto, a gestão participativa é um modelo de gestão bastante eficiente para tomar decisões mais assertivas e alavancar o crescimento de um negócio. Contar com diferentes visões ajuda a ampliar o leque de ações para transformar um pequeno negócio em um gigante do mercado.

Faça a nossa Formação de Coach!

No IBND possuímos formações especializadas para o seu desenvolvimento pessoal. Uma delas é a Formação de Coach com certificação internacional. Conosco, você pode aprender a utilizar todos os recursos dessa metodologia com excelência. Conheça a nossa Formação de Coach.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®