Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

5 perguntas para definir o seu nicho de coaching

05/08/2020 às 11:10 Coaching

5 perguntas para definir o seu nicho de coaching

Muitos formados em cursos de coaching demoram a entrar no mercado porque ficam perdidos sobre qual área seguir. Trabalhar com um nicho específico ou ser generalista? No coaching, o melhor é descobrir um único nicho de atuação e focar o seu trabalho nele!

Mas como descobrir qual é o melhor nicho para você? Calma! Vamos te ajudar!

Com algumas perguntas cruciais, você conseguirá refletir e descobrirá como pode ajudar as pessoas através do coaching. Escolher um nicho não depende apenas da formação em coaching, toda a sua experiência e conhecimento prévio também conta.

Confira abaixo algumas perguntas que você deve se fazer para escolher o seu nicho de coaching?

Qual problema você pode resolver?

É preciso entender quais são os problemas que você consegue resolver através do coaching. E para isso é preciso pensar bastante. Pelas suas experiências e o seu conhecimento, você detém maior conhecimento em qual área?

Digamos, por exemplo, que você tenha experiência com o treinamento de atletas de diversas modalidades. Você pode então definir o coaching esportivo como o seu nicho de coaching.

Assim, você pode trabalhar em cima de clientes do tipo, como por exemplo, atletas de alto rendimento.

O problema que você resolve neste caso é: ajudar atletas a se prepararem para conquistarem medalhas em competições de alto nível.

Assim, pode acontecer também em outras áreas. Digamos que você tenha experiência como consultor financeiro. Você pode definir o coaching de finanças como o seu nicho e ajudar pessoas comuns a controlarem melhor seu orçamento ou ajudar empresas a otimizarem seus lucros.

Qual é o perfil dos seus clientes?

Depois de entender quais são os problemas que você consegue resolver, você precisa traçar o seu perfil de clientes. Pegando os exemplos acima, digamos que você mire no coaching esportivo.

Você deve definir o seu perfil de cliente, o que você prefere? Atletas de alto rendimento? Pessoas comuns com objetivos simples como melhorar a qualidade de vida?

Da mesma forma como no segundo exemplo de coaching de finanças. Você prefere lidar com pessoas comuns e ensiná-las educação financeira ou acha que trabalha melhor com empresas que estão em busca de soluções para crescer no mercado? Essa pergunta ajuda a restringir ainda mais o seu foco para fazer o trabalho que realmente lhe interessa.

Conheça a nossa Formação de Coach.

Quais são as suas experiências e conhecimentos técnicos?

Como já falamos no início do texto, definir o nicho de coaching passa pelas suas experiências e conhecimentos prévios. Qual é a sua área de formação? Com o que você já teve experiência.

Nos exemplos que já demos, mostramos um profissional que trabalhou um bom tempo treinando atletas e outro profissional que foi consultor financeiro. Todo esse conhecimento técnico deve ser refinado com o coaching.

A junção da técnica adquirida pela sua formação acadêmica ou experiência prática é fundamental para atuar como coaching. Assim, você consegue desenvolver o seu próprio método para aplicar o coaching em seus futuros clientes com bastante eficácia.

Quais são as causas que você defende?

O trabalho como coach passa bastante pelo seu propósito, então quais são as causas que você defende. Você, por exemplo, pode defender o desenvolvimento do esporte no Brasil e ajudar a formar atletas de alto rendimento em diversas modalidades esportivas.

Todo coach possui uma missão, é nela que você deve se apoiar para garantir o sucesso do seu trabalho. É preciso entender a causa que você defende para saber o que você está fazendo, e principalmente, o porque de você estar fazendo.

O que você define como o seu diferencial de mercado?

Depois de se fazer todas as perguntas acima, você deve focar em definir o seu diferencial de mercado. Se tornar coach é um desejo de muitos no mercado nacional, a concorrência é altíssima!

E assim como em outros segmentos, será preciso entender qual é o fator que te diferencia dos demais, isso deve ser um grande atrativo para os clientes.

E você pode usar diversos fatores como o seu diferencial de mercado. Você pode, por exemplo, utilizar seus resultados prévios para promover o seu trabalho, como por exemplo, transforme os seus primeiros clientes, pagos ou não, em cases poderosos para divulgar o seu trabalho como coach.

Você pode se promover através de conhecimentos técnicos. Pegando os exemplos que demos no texto, você pode colocar como diferencial o fato de já ter ajudados atletas conhecidos em seus objetivos ou de ajudado um número X de pessoas a controlarem melhor os seus orçamentos e saírem das dívidas.

Também pode divulgar alguns pontos próprios do seu método, relatando a sua eficiência com os seus clientes.

Faça já a sua Formação de Coach!

No IBND possuímos uma Formação de Coach completa e com certificação internacional. Contamos com profissionais experientes no mercado e nossa metodologia de ensino foca na maximização do aprendizado teórico e prático. Conheça a nossa Formação de Coach.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®