Vampiros energéticos: os sugadores de boas energias e emoções

08/11/2021 às 20:47 PNL

Vampiros energéticos: os sugadores de boas energias e emoções

O cinema e o mercado de livros já se valeu incontáveis vezes de toda a mitologia que ronda as criaturas sugadoras de sangue, os vampiros. Porém, trazendo um pouco deste mito ao mundo real, você sabia da existência dos chamados Vampiros Energéticos? Eles podem estar onde você menos imaginar, no trabalho, dentro do seu ambiente familiar e em outros inúmeros espaços. 

Neste conteúdo do Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento (IBND), você verá:

  • O que são vampiros energéticos;

  • Os principais tipos que convivem com você no dia a dia;

  • Os sintomas decorrentes da convivência com vampiros de energia;

  • E como você pode se proteger deles.

Sem mais delongas, vamos conversar mais sobre assunto!

O que são vampiros energéticos?

Da mesma forma que vampiros da ficção sugam o sangue de suas vitimas para obter energia, os chamados Vampiros Energéticos são aquelas pessoas tóxicas que, intencionalmente ou não, acabam por sugar a energia boa das pessoas ao seu redor. 

Também conhecidos como vampiros emocionais ou vampiros psíquicos, eles se alimentam de nossa boa vontade, levando nossa mente e até mesmo o nosso corpo físico ao esgotamento. O que, consequentemente, pode fazer com que desenvolvamos doenças como a depressão e a ansiedade, por exemplo. 

De forma geral, os Vampiros Energéticos podem ser divididos em dois grupos:

  1. Vampiros Energéticos mal-intencionados emitem sua energia ruim e pensamentos negativos, guardam rancor, sentem inveja do sucesso alheio e desejam o mal dos outros.

  2. Por sua vez, existem aqueles que são vampiros inconscientes do mal que fazem e que, por seus problemas e infelicidade, acabam se alimentando da vitalidade dos outros, seja ele seu colega de trabalho, um parente, um amigo e até mesmo um parceiro. 

Por isso, é importante aprendermos a identificá-los para que possamos nos proteger deles. 

Conheça 5 tipos de vampiros de energia que convivem com você todos os dias

Em resumo simples, existem alguns tipos de Vampiros Energéticos com os quais você pode vir a ter contato, aqui falaremos sobre os 5 principais. Vamos lá!

  1. O vampiro vitimista: são aqueles que não assumem a consequência dos seus atos e gostam de se fazer de vitima, culpando e manipulando os outros para escapar da situação.

  2. O vampiro narcisista: narcisista é aquela pessoa que não demonstra empatia ou interesse pelos outros além de si próprio. Estão sempre pensando em si mesmos em primeiro lugar e esperam que você os coloque sempre em primeiro lugar. 

  3. O vampiro controlador: sentem-se superiores e buscam intimidar o outro para compensar sua fraqueza interior. É o caso, por exemplo, de pessoas racistas e homofóbicas.

  4. O vampiro crítico: por terem baixa autoestima, Vampiros Energéticos desta categoria adoram julgar e tratar as pessoas com desdém. São vampiros que atacam as inseguranças dos outros para inferiorizarem suas vitimas.

  5. O vampiro dramático: gosta de criar problemas onde não existem, apelando ao drama. Estão sempre em busca de novas crises, pois se alimentam de emoções negativas, como a raiva e o medo. 

É muito comum que um Vampiro Energético possua vários traços listados acima. Caso você se identifique com um ou outro, isto não fará necessariamente de você um vampiro, mas é importante aprende a trabalhar traços negativos para que você não prejudique ninguém. 

Quais os sintomas de conviver com vampiros energéticos?

Apresentado os tipos de Vampiros Energéticos mais comuns entre nós, já é possível ter uma boa ideia de como identificá-los. E para comprovar a sua teoria, é importante que você aprenda a identificar os sintomas que você tem a fim de compreender se aquele pessoa próxima a você é de fato um sugador de energia.

Dentre os sintomas mais comuns, você provavelmente irá se sentir:

  • Estressado(a) e irritado(a), com pavio curto;

  • Mentalmente e fisicamente exausto(a);

  • Ansioso(a) e sem ânimo para realizar as suas tarefas do dia a dia;

  • Sem confiança ou otimismo;

  • Pode vir a sentir dores físicas como dor de cabeça, no estômago e no corpo em geral.

No trabalho, por exemplo, o vampiro energético pode deixar o ambiente mais pesado e de difícil convivência. Ao ter contato com este profissional é muito comum que você perca a motivação, a autoestima e deixe de notar oportunidades de crescer e se desenvolver profissionalmente. Por estes e outros motivos, é extremamente importante aprender a se proteger. Como?

Sugestões eficientes para você lidar com vampiros energéticos

Existem algumas coisas que você pode (e deve) fazer para se proteger de vampiros sugadores de energia. O primeiro passo, logicamente, é saber identificá-los para que você não os “alimente” mais. 

Busque manter uma atitude positiva perante a vida. Assim como vampiros da ficção só podem entrar na casa de alguém quando convidados, os vampiros energéticos só farão mal a você se você deixar que eles entrem na sua vida. 

Mas nem sempre isso é fácil. Muitas vezes, o vampiro energético é alguém da nossa família (um irmão, um pai, uma mãe, etc.) com que temos que manter um mínimo de convivência. E como lidar e se proteger nestes casos?

  • Não leve em consideração o que essa pessoa diz sobre você;

  • Desconsidere as críticas que lhe são feitas e aprenda a reagir com sabedoria e inteligência emocional;

  • Estabeleça limites na relação;

  • Cerque-se de pessoas com vibrações positivas e que te fazem bem;

  • Busque lembrar-se constantemente de que o problema está nele, não em você;

  • Fortaleça sua energia num processo de autoconhecimento;

  • Em último caso, afaste-se e corte a relação. O seu bem-estar e alegria importam muito mais!

E caso você sinta que precisa de ajuda profissional para fortalecer sua energia e para lidar com os vampiros energéticos que o cercam, você pode contar com o apoio do coaching, realizando a formação em coaching, que oferece técnicas e ferramentas essenciais para lidar com este tipo de situação da melhor forma possível.  


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK