Utiliza cartão de crédito? Conheça a história da Visa

27/12/2020 às 17:11 PNL

Utiliza cartão de crédito? Conheça a história da Visa

A inovação sempre fez parte da história das empresas de sucesso em todo o mundo. Fazer a diferença para o cliente, atendendo suas necessidades mais urgentes, pode ser um chamariz para se estabelecer de vez no mercado. Afinal, quanto mais prático e rápido forem os processos, melhor para todos.

E um bom exemplo disso é a Visa. Preparamos esse artigo que traz a história dessa empresa cuja marca principal é a constante inovação nos sistemas de pagamento. Se você quer tornar o seu negócio diferente de tudo que existe por aí, continue a leitura e tenha mais inspiração.

Visa: a revolução de pagamentos sem dinheiro vivo

A nossa história começa em 1958 nos EUA, quando o bem sucedido Bank of America resolveu criar um inovador programa (mais tarde se chamaria Visa) que oferecia cartões de crédito para clientes de classe média e empresas de pequeno e médio porte. E, por incrível que pareça, foi um tremendo sucesso com uma altíssima aceitação.

Até então, um cartão com a função de crédito rotativo era totalmente desconhecido pelo público, mas como facilitava todo o sistema de pagamento, que não precisava ser somente no dinheiro vivo, a novidade acabou se tornando um verdadeiro sucesso. Ter inteligência financeira é primordial nesse caso. 

No início, o limite de crédito do cartão BankAmericard dos clientes (pessoa física e jurídica) era de apenas 300 dólares. Pode até não parecer muito hoje, mas nos anos 50 era um valor considerável. A procura foi imensa por esse cartão, que mais tarde revolucionaria o mercado.

Anos 1970: crescimento acelerado em todo o mundo

Em 1971, a empresa decidiu expandir seus negócios pelo mundo e escolheu o emergente mercado brasileiro. Através de um acordo com o banco Bradesco, o BankAmericard chega ao Brasil, causando um verdadeiro frenesi entre os clientes, principalmente aqueles que tinham o hábito de comprar bastante.

Em 1973, o National BankAmericard, inova mais uma vez e cria um moderno sistema de autorização de pagamento eletrônico, além de um sistema de compensação e liquidação feitos da mesma forma. A novidade logo foi tomando conta do mercado e, cada vez mais, empresas e consumidores foram aderindo a ela.

O sucesso foi tão grande que, em 1974, o International Bankcard Company foi criado para gerenciar todo o programa BankAmericard em todo o país que fosse implantado a nova modalidade de pagamento. Afinal de contas, era impossível gerenciar toda a demanda por cartões de crédito apenas de um único local.

Mudança de nome e mais inovação para os clientes

Em 1975, mais uma boa dose de inovação: o primeiro cartão de débito é criado no mercado, facilitando a vida de quem quisesse pagar por produtos ou serviços à vista mas não tinha dinheiro vivo em mãos.  Essa foi considerada uma das maiores inovações do sistema de pagamentos.

Já em 1976, o nome do cartão BankAmericard se muda para Visa. O nome foi escolhido por ser original e simples. As conhecidas bandeiras nas cores azul e dourada representam até hoje a gigante que inovou o sistema de pagamentos no mundo inteiro.

Em 1979, a Visa achou que era hora de inovar ainda mais. Dessa forma, criou o cartão Visa Travelers para seus clientes. A novidade foi emitida em 4 moedas diferentes.

Anos 1980: parceria Visa/Credicard e mais inovação

A década de 80 foi considerada de ouro para a Visa, que começou a atuar através de contratos de representação em todo o Brasil. Em 1982, a bola da vez: a Credicard concedeu o contrato de licença para a Visa usar o seu nome em todos os seus cartões, o que dava muito mais credibilidade aos clientes. A parceira estava feita!

No ano seguinte, o primeiro cartão de crédito com a bandeira Visa/Credicard é emitido no Brasil. Ainda em 1983, a Visa inovou ainda mais com a criação de um sistema de caixas eletrônicos, que permitia saques 24 horas por dia. O sucesso foi tanto que até os grandes bancos “copiaram” a ideia, posteriormente.

Em 1986, a Visa investiu pesado em marketing, criando novas campanhas de anúncios que mostravam como a empresa tinha evoluído. Os cartões Visa se tornaram uma necessidade para os clientes, principalmente para viagens e negócios. A Visa sabe mesmo como lidar com pessoas

A compensação e liquidação de pagamentos em 21 moedas diferentes já era uma realidade. Em 1988, a marca atingia 500 mil cartões adquiridos no Brasil. Em 1989, os clientes da Visa já poderiam adicionar assinaturas eletrônicas. O sucesso era inevitável para essa empresa.

Anos 1990 e 2000: crescimento e consolidação no mercado

Em 1991, os brasileiros já contavam com um novo sistema de pagamento durante as viagens ao exterior. Em 1993, com o uso de uma tecnologia de ponta, a Visa investe em um moderno sistema antifraudes, que eram bastante comuns na época.

Cada vez mais pessoas adquiriam cartões de crédito em todo o Brasil, justamente pela enorme praticidade. Nos anos seguintes, a Visa foi se popularizando ainda mais por aqui e em todo mundo, sempre inovando. Em 1999, uma novidade merece destaque: o uso de chips em todos os cartões Visa, o que dava muito mais segurança para os clientes.

Em 2000, a marca alcançou 1 bilhão de cartões emitidos. O uso do cartão de débito também se consolidava ainda mais. Em 2006, o volume total de pagamento chegou a incríveis 4,4 trilhões de dólares em todo o mundo. Em 2007, a Visa Inc. é criada e continua inovando ainda mais.

Nos anos seguintes, a empresa continuou implementando novas tecnologias que permitiam efetuar pagamentos de todas as formas, inclusive através de celulares, além de oferta de outros serviços aos clientes. Atualmente, a Visa faz parte do dia a dia de milhares de consumidores em todo o mundo. Bora dar aquela inovada?

Venha para o IBND

O curso de coach do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK