Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Reciprocidade: o que é e como desenvolver?

11/03/2021 às 08:34 PNL

Reciprocidade: o que é e como desenvolver?

Você sabe o que é reciprocidade? Esse conceito está se tornando cada vez mais importante no convívio em sociedade. Aprender que além de gratos devemos retribuir o que ganhamos no dia a dia está sendo fundamental para a construção de relacionamentos saudáveis.

A base da reciprocidade consiste em receber aquilo que você dá, ou seja, se você sempre expressa palavras de incentivo para as pessoas, você deve receber isto de volta, isso seria o correto. Esse conceito é importantíssimo para o nosso desenvolvimento pessoal.

O que é reciprocidade?

Este termo tem origem no latim “reciprocus”, que significa mover-se de lugar para outro. Na definição, reciprocidade é o ato de realizar ações em troca com outras pessoas visando o benefício mútuo. Assim, é possível entender que podemos praticar a reciprocidade em qualquer lugar.

No meio da psicologia social, reciprocidade ganha um sentido ainda mais apurado, se tornando o ato de retornar uma boa ação com outra boa ação, como uma forma de retribuir e estimular a prática de bons atos no dia a dia.

Podemos dizer, inclusive, que a reciprocidade é, de certa forma, um princípio bíblico. No versículo 12 do capítulo 7 do evangelho de Mateus, Jesus diz “Fazeis aos homens tudo o que quereis que eles vos façam”. Dessa forma, é possível entender que se queremos o nosso próprio bem, temos que fazer o bem as outras pessoas.

A reciprocidade também parte do pressuposto que os humanos respondem as situações, de acordo com à forma como são tratados. Sabe aquela velha história do “pagar tudo com a mesma moeda”, ela é bem real.

E é possível ver isso no dia a dia, quando alguém é legal com você, você tende a ser legal com essa pessoa, certo? Da mesma forma, se alguém lhe tratar com indiferença, você também tende a responder do mesmo jeito.

Como desenvolver a reciprocidade?

Ter reciprocidade é importante em uma relação. Ela pode ser o fator chave para estreitar laços com amigos, familiares, amores, colegas de trabalho, em qualquer tipo de relação. Separamos algumas dicas abaixo para que você se torne uma pessoa recíproca, confira:

Desenvolva a empatia

A empatia é o ato de se colocar no lugar do outro. Essa é a melhor forma de compreender outras pessoas. Ter empatia no trabalho, por exemplo, é importantíssimo porque neste ambiente lidamos com pessoas que, na maioria das vezes, não são próximas a nós.

Quando desenvolvemos a empatia, conseguimos perceber as motivações das outras pessoas e dar respostas mais assertivas baseadas em boas ações, se tornando mais recíproco no dia a dia.

Conheça a nossa Formação em PNL.

Seja grato (a)

Ser grato é muito importante, está é uma das formas mais simples de demonstrar reciprocidade. É importante que sejamos gratos pelo que outras pessoas nos fizeram, buscando expressar isto de forma consciente.

Então, sempre que você receber algum retorno ou ajuda positiva, expresse sua gratidão. Essa é a forma mais básica para retribuir a bondade que outra pessoa lhe fez. A gratidão é um sentimento que junto com a reciprocidade pode ajudar na construção de relacionamentos baseados em confiança e respeito.

Saiba ouvir

Praticar a escuta ativa é importante. É preciso realmente estar com a mente aberta e atento ao que as outras pessoas nos dizem durante uma conversa. Infelizmente, a maioria das pessoas ainda não se preocupar em ouvir e buscam impor suas opiniões, o que destrói qualquer possibilidade de reciprocidade.

A escuta ativa consiste em ouvir atentamente o outro. Dessa forma, será possível compreender as suas motivações e percepções sobre as situações cotidianas. E com isso, podemos dar retornar que sejam precisos e respeitosos, praticando a reciprocidade de forma sutil.

Respeito é a base da reciprocidade

Não só da reciprocidade como de tudo, demonstrar respeito é o mínimo que podemos fazer para conviver em sociedade.  É fundamental entender que as pessoas são diferentes, tiveram experiências diferentes, tem seu jeito de pensar e suas peculiaridades, e que só cabe a nós respeitar as diferenças.

Basear as relações no respeito é fundamental para guiar a nossa forma de agir. Essa é uma forma de praticar a reciprocidade em qualquer relação. Então, por mais que você discorde de uma pessoa, mostre que você tem respeito por ela, assim mesmo com diferenças, vocês terão uma melhor convivência.

Seja responsável pelas suas ações

A culpabilização e a vitimização destroem qualquer chance de reciprocidade. Por isso, é fundamental entender que é necessário assumir as responsabilidades por nossos atos. Devemos partir do ponto que somos responsáveis pela forma como fazemos atividades e tratamos pessoas.

Dessa forma, podemos entender como devemos tratar as pessoas. Qualquer relação pode ser baseada em reciprocidade, basta que tenhamos a mente aberta e responsabilidade pelos nossos atos.

Faça a nossa Formação Practitioner em PNL!

Aqui no IBND temos um curso de PNL com dupla certificação internacional. Venha com a gente e entenda tudo sobre a programação neurolinguística.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®