Piloto automático da mente: o que é e como funciona?

28/05/2021 às 14:47 Coaching

Piloto automático da mente: o que é e como funciona?

 Acontece com muita gente: você entra no carro, dirige até o trabalho sem prestar atenção ao trajeto, estaciona, sai do carro, tranca o seu automóvel,  senta na sua mesa de trabalho e assim que liga o computador surge a dúvida: será que eu tranquei o carro?

Situações semelhantes a esta são muito comuns no nosso dia a dia e todos passamos por isso vez ou outra. Quem nunca se viu numa situação em que não se lembra como chegou a determinado lugar ou realizou determinada atividade? São inúmeras as atividades que nosso cérebro faz como se estivesse no Piloto Automático.

Mas afinal, o que é o Piloto Automático da mente e como isso ocorre?

Pense na quantidade de tarefas iguais que você faz todos os dias, de domingo a segunda: tomar banho, fazer café, lavar a louça, arrumar a cama, etc.

Atividades que já são mais que usuais para nós são feitas de modo espontâneo pelo nosso cérebro, ou seja, fazemos aquilo de maneira tão repetitiva que nossa mente tira a atenção daquilo para economizar energia e evitar a fadiga.

Quando desenvolvemos um hábito saudável como ler, por exemplo, o cérebro utiliza da sua capacidade de consciência para prestar atenção à nova atividade. Já em hábitos enraizados e que fazem parte do nosso histórico de vida, o nosso cérebro atua em Piloto Automático. Por isso, esquecer se desligamos o fogão ou fechamos o carro é algo comum.

Esta automação é prejudicial à saúde mental?

O Piloto Automático não tem absolutamente nada haver com problemas de atenção e concentração. Este modo de funcionamento “econômico” da mente é necessário em nossa vida, pois permite que lidemos com situações a atividades que realmente requerem nossa atenção.

Imagine se tivemos que pensar e nos concentrar em tudo que fazemos? Ao final de um dia comum onde tomamos banho, bebemos água, limpamos a casa, assistimos televisão, etc., estaríamos fadigados de tanto tem que pensar para desenvolver estas atividades.

No entanto, tudo em excesso se torna ruim. Se passamos a maior parte do dia em Piloto Automático isso pode ser prejudicial, pois deixamos de apreciar pequenos prazeres da vida como se lembrar de uma cena da série que você assistiu, memorizar um trecho de um livro que acabou de ler ou uma boa piada que seu amigo contou.

Ademais, outro fator prejudicial que pode ser causado pelo Piloto Automático relaciona-se aos comportamentos sabotadores e autodestrutivos, onde encontramos uma resistência do cérebro em abandonar hábitos que nos fazem mal, tais como: beber em excesso, comer mal, fumar, apostar, gastar dinheiro compulsivamente, etc.

Por que devemos controlar o Piloto Automático?

A nossa mente e a forma como nosso cérebro trabalha é resultado de muitas evoluções descendentes do período em que o homem deixou de ser nômade para se fixar num espaço e se adaptar com o ambiente a sua volta.

Foi  somente através do desenvolvimento do nosso cérebro que nós seres humanos nos tornamos animais capazes de lidar com as adversidades. Neste sentido, é fácil entender que o nosso cérebro controla boa parte das atividades que realizamos dia após dia.

Tente contar quantas tarefas você realiza na sua rotina, desde a hora em que abre os olhos ao momento em que os fecha para dormir. São muitas coisas não é mesmo? Em meio a esta grande carga de tarefas nosso cérebro por vezes se “coloca em modo de economia” para não sucumbir ao cansaço.

Assim como nosso corpo, nossa mente também precisa de descanso e de treinos para se manter forte e em autocontrole!

Treine seu cérebro e saia (um pouco!) do Piloto Automático!

Nos parágrafos a seguir vamos conferir algumas atitudes que você pode tomar a partir de hoje para diminuir a constância do seu Piloto Automático e tomar a direção dos seus pensamentos, emoções e experiências do dia a dia!

  1. Ligue-se aos seus sentidos!

Desligar-se do Piloto Automático é ligar-se a vida e ao que acontece ao seu redor. Portanto, permita-se entrar em contato com o mundo sensorial, ouvindo o que o rodeia, saboreando o que está comendo, olhando a movimentação que te rodeia etc.

  1. Transforme sua rotina e livre-se de hábitos

A repetição dos mesmos hábitos e rotinas dia após dia impede que descubramos algo novo.  Busque realizar pequenas mudanças na sua rotina; Se você sempre faz o mesmo caminho para o trabalho, mude o trajeto, por exemplo, pois isso irá te ajudar a despertar.

Ou seja, faça coisas novas e você irá perceber como isto acarretara de maneira positiva na sua concentração e consciência das coisas, pessoas, lugares e emoções.

  1. Amplie e diversifique seu olhar

Ao mudar de ambientes busque renovar e trazer sua consciência para o momento presente. Ao sair de um local com luminosidade artificial para o sol do meio dia tome consciência desta mudança. Afinal, cada transição é uma oportunidade para despertar!

Você está pronto para despertar?

O nosso cérebro é uma máquina extremamente poderosa que precisa ser cuidada dia após dia e lubrificada para que funcione a favor de nós. Portanto, é papel do ser humano exercitá-lo de forma constante, colocá-lo frente a novas experiências, tirá-lo da zona de conforto e minimizar o tão ativo Piloto Automático.

O seu cérebro tem trabalho no Piloto Automático? Vamos mudar esta realidade e despertar para a vida?

No IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento) você tem acesso a uma lista completa de formações para alcançar o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Conheça o nosso curso de PNL!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK