Como fazer carta de apresentação?

13/07/2021 às 11:40 Coaching

Como fazer carta de apresentação?

Diante da crise provocada pela pandemia da COVID-19, o desemprego bateu recorde no Brasil. E isso exige dos profissionais algum diferencial na hora de ter o currículo selecionado para uma entrevista. Uma alternativa eficaz é a carta de apresentação. Por isso, elaboramos esse post que traz dicas sobre como fazer carta de apresentação e aumentar as chances de conseguir um novo emprego. Preparado para aprender um pouco mais? Bora lá! 

O que é carta de apresentação profissional? 

Trata-se de um documento complementar ao tradicional currículo e que serve como uma introdução do mesmo. O principal objetivo da carta de apresentação é convencer os recrutadores a darem uma atenção especial para o seu currículo, que deve estar impecável e completo. Por isso, trate de caprichar na sua. Veja o passo a passo sobre como fazer carta de apresentação: 

Primeiramente, leia a proposta de emprego

Antes de saber como fazer carta de apresentação, você deve ler atentamente a proposta de emprego. Ela precisa ser condizente com a sua área de atuação, experiência profissional e objetivos. Ou seja, todos os requisitos para o preenchimento da vaga em aberto precisam ser compatíveis com a sua qualificação e competências. 

Por incrível que pareça, milhares de profissionais não se atentam para esse detalhe e acabam não se encaixando no perfil da vaga. E tudo isso gera uma grande expectativa que não será atendida por uma simples falta de atenção do candidato que procura um emprego. 

Defina qual será a formatação da carta

Essa dica pode até parecer irrelevante, mas definir qual será a formatação da carta pode ser um fator decisivo para o recrutador. Vale lembrar que a sua carta de apresentação profissional precisa ser chamativa, por isso, você precisa definir uma formatação que seja visualmente atrativa para quem vai ler. 

Uma boa dica é usar letras no estilo Arial (pode-se usar o formato itálico também) e tamanho mediano. O espaçamento entre as linhas deve permitir uma leitura dinâmica e, sobretudo, agradável. O formato do texto sempre deve estar “justificado”. Lembre-se: o exagero nunca é bem-visto.

O cabeçalho deve ser baseado no currículo

Mais uma dica importante sobre como fazer carta de apresentação. O cabeçalho deste documento deve ser baseado nas informações do seu currículo, pois isso passa a sensação de profissionalismo da sua parte. O layout da sua carta também deve estar parecido com o do seu currículo, já que é um complemento dele. Em suma, tanto as informações quanto a estrutura de ambos os documentos devem ser idênticas. 

Mencione como você pode ser útil para a empresa

Saber como fazer carta de apresentação exige atenção aos mínimos detalhes,certo? Essa é a hora de prender a atenção do recrutador. Você deve mencionar, em poucas palavras, como pode ser um profissional útil para a empresa que pretende trabalhar. O seu objetivo profissional deve estar bem claro aqui.

Sintetize as suas principais habilidades técnicas e comportamentais, além da sua experiência profissional, sempre evidenciando suas conquistas ao longo da carreira. Utilize argumentos que sejam convincentes, mas sem exagerar nas palavras. Afinal de contas, ninguém é o bam-bam-bam.

A carta deve ter três parágrafos

Uma carta de apresentação profissional deve ter, no máximo, três parágrafos e não mais do que isso. Cada parágrafo deve ter de 5 a 6 linhas. Você precisa usar todo o seu poder de persuasão para mostrar os motivos pelos quais o seu currículo atende os requisitos da vaga em aberto, bem como os seus diferenciais perante os outros candidatos. 

Além disso, você também deve mencionar algo relevante sobre a organização na qual pretende trabalhar. Lembre-se de demonstrar entusiasmo e vontade de fazer parte do quadro de funcionários dela. Só não vale ficar implorando por uma oportunidade de entrevista ou “puxando saco” da empresa. Seja comedido nas palavras. 

Prometa que vai dar mais detalhes na entrevista

Está vendo como fazer carta de apresentação não é tão complicado quanto parece?  Você precisa incluir uma promessa de que vai dar mais detalhes sobre a sua experiência profissional ou conquistas durante a sua entrevista. Isso pode despertar a curiosidade do recrutador, que possivelmente irá te convocar para participar de um processo seletivo.

A dica aqui é mencionar essa promessa no segundo ou terceiro parágrafo. Por exemplo, suponha que você participou de um projeto internacional na última empresa em que trabalhou e que os resultados foram satisfatórios, já que tudo foi feito em total sinergia. Esse é um bom momento para prometer mais detalhes. 

Não se esqueça da saudação e da sua assinatura

Educação sempre é bem-vinda em qualquer lugar e nunca é demais. Saber como fazer carta de apresentação também inclui uma saudação no final do documento. Os termos mais usados pelos profissionais são: atenciosamente, cordialmente, respeitosamente. Qualquer um deles costuma funcionar bem. 

Logo abaixo da saudação, você não deve se esquecer de colocar o seu nome completo e assinar. A assinatura dá mais credibilidade e empatia para o recrutador. Afinal de contas, saber com quem se está falando é sempre agradável. É um pequeno detalhe, mas pode fazer uma grande diferença. Uma dose extra de profissionalismo não faz mal para ninguém.

Use um P.S. no final

Agora que você aprendeu como fazer carta de apresentação, vai aqui a nossa última dica, mas tão valiosa quanto as outras. Logo após a sua assinatura, você pode colocar um P.S. (post scriptum). Trata-se de uma pequena mensagem sobre alguma conquista em sua carreira e que deve ser colocada no final da carta. 

Essa tática é bastante usada por milhares de profissionais e costuma dar certo, já que a sigla desperta a curiosidade alheia, o que vai fazer o recrutador ler a mensagem. Vale ressaltar que o P.S. precisa ser feito com cuidado, caso contrário, pode causar uma péssima impressão.

Viu como fazer carta de apresentação pode ser um diferencial e tanto quando se deseja conseguir uma entrevista de emprego? Boa sorte! 

Venha para o IBND

O curso de coaching do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano. 

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK