Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Coaching é autoajuda? Entenda as semelhanças e diferenças dos conceitos

31/08/2020 às 08:17 Coaching

Coaching é autoajuda? Entenda as semelhanças e diferenças dos conceitos

O coaching é uma metodologia de desenvolvimento pessoal que se popularizou bastante no Brasil e no mundo nos últimos anos. E por trabalhar com ênfase no lado emocional e motivacional das pessoas, muitas vezes esta metodologia é confundida ou comparada com a autoajuda, mas será que é a mesma coisa?

Dizer que “coaching é autoajuda” é uma das críticas que muitos descrentes quanto a atuação dos coaches fazem no mercado. A intenção destes é passar que fazer uma sessão de coach seria a mesma coisa do que ler um livro de autoajuda. Porém, estes não sabem o que falam, porque não conhecem a metodologia por completo.

O que é autoajuda?

O conceito de autoajuda é composto por histórias pessoais. Pessoas que já viveram diversas situações desafiadoras, formulam suas teses e divulgam seus modelos de sucesso para que outras pessoas se inspirem.

A autoajuda é bastante teórica, ela tem como foco a inspiração em outras pessoas. Quem lê um livro de autoajuda busca por um propósito, por novas formas de encarar o mundo e consegue isto porque estes livros são focados em histórias pessoais de sucesso.

O auxílio que a autoajuda pode prestar é estritamente teórico. Qualquer um pode ler um livro, ficar com as ideias dele em sua mente e tentar aplicar o modelo que o personagem principal usa para o sucesso em sua vida. Isso fará sentido e dará certo para alguns, para outros não. E a autoajuda para por aí.

O que é coaching?

O coaching é uma metodologia de desenvolvimento pessoal. Logo, o coaching se utiliza da base teórica, mas conta com uma gama de recursos práticos para transformar pessoas. Um coach não tenta apenas inspirar um indivíduo a mudar sua vida, ele ajuda ativamente nessa mudança.

Através de perguntas poderosas, o coach pode induzir as pessoas a refletirem de maneira profunda sobre sua vida e encontrar as respostas que precisam para mudar. Isto é muito mais preciso do que simplesmente tentar imitar um modelo de sucesso.

Afinal, o coaching é autoajuda?

Chegamos ao que interessa! Depois de ler os tópicos acima com as definições de coaching e autoajuda, você consegue responder se ambos são a mesma coisa? Acredito que sim! E a resposta é NÃO! Coaching e autoajuda são métodos diferentes que se assemelham principalmente em suas finalidades: transformar a vida de pessoas.

Diferenças e semelhanças do coaching para a autoajuda

A maior semelhança entre o coaching e a autoajuda está no seu objetivo final. Ambos tentam inspirar pessoas a serem melhores, a conquistarem os seus objetivos, só que de forma diferente.

A autoajuda tenta fazer isso através do exemplo, enquanto o coaching incentiva a mudança através de reflexões. Em uma sessão de coaching, o coachee é levado através das técnicas a se descobrir. O coaching então não tenta replicar uma história, repetir um modelo, cada processo é único, cada pessoa encontra suas próprias respostas.

Claro que a autoajuda pode ajudar muitas pessoas e isso realmente acontece, mas ela não tem o efeito que o coaching possui. Muitas vezes uma pessoa lê um livro de autoajuda, tenta implementar um novo modelo em sua vida inspirado no personagem deste livro, mas desiste poucas semanas depois.

Na autoajuda não há acompanhamento ou qualquer tipo de auxílio. No coaching, objetivos são traçados em conjunto, se tem metas e prazos, e há um acompanhamento ativo por parte do coaching.

A autoajuda não apresente nenhum modelo específico para ser seguido, não tem foco individual e por isso ela não tem a efetividade de um processo de coaching. Cada pessoa é única e precisa realizar diferentes ações para conseguir alcançar os seus sonhos.

O que escolher: coaching ou autoajuda?

Escolha o coaching, sem medo de errar! A autoajuda pode lhe servir de inspiração e ser uma boa fonte de informações e de histórias pessoais que lhe inspirem a se tornar uma pessoa melhor, mas o coaching é o que, de fato, pode fazer a diferença em sua vida.

A nossa dica é que você opte pelos dois. Isso mesmo! Faça sessões de coaching ou busque uma formação de coaching nessa metodologia para aprender todos os recursos que podem mudar a sua vida. E leia bastante livros de autoajuda, isso pode lhe trazer ainda mais motivação e lhe gerar insights valiosos para melhorar a sua vida.

O coaching e a autoajuda podem ser de grande valia para o desenvolvimento pessoal, se forem combinados e usados como cada um deve ser. É fundamental ter isto em mente!

Faça a nossa Formação em Coach!

Como você percebeu ao longo do texto, o coaching é uma metodologia de desenvolvimento humano extremamente eficiente. Quer aprender a utilizar os recursos do coaching a seu favor? Aqui no IBND possuímos uma formação completa e com certificação internacional. Conheça a nossa Formação de Coach.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®