Autocobrança: como lidar com a culpa?

16/04/2021 às 15:03 Coaching

Autocobrança: como lidar com a culpa?

O sentimento de culpa é altamente prejudicial a nossa saúde mental. Essa é uma característica comum da autocobrança e é preciso aprender a lidar com isso.

Ninguém é perfeito, todos cometem erros e com isso a autocobrança pode ser confundida com o perfeccionismo, mas na realidade essa autocrítica excessiva sobre si mesmo joga a nossa autoestima no chão.

O excesso de autocobrança acaba culminando em crises de ansiedade, depressão e numa baixa de autoconfiança. Isso faz com que uma pessoa se autossabote e não consiga desenvolver todo o seu potencial.

O que é a autocobrança?

A autocobrança é uma característica baseada na culpa. Observando o nosso próprio comportamento, podemos notar que realizamos ações e temos pensamentos automáticos em algumas situações específicas, como por exemplo, quando algo não sai como planejamos e reagimos com raiva, jogando toda a culpa sobre nós mesmos.

Ao rever erros ou lidar com fracassos, a autocobrança excessiva nos faz imaginar que a culpa toda a é nossa, impedindo que possamos refletir friamente sobre a questão e dar maior atenção críticas e a pontos de melhorias que estão claros para todos, menos para nós.

Como a autocobrança surge?

Geralmente, a autocobrança surge por conta da baixa autoestima. E isso pode acontecer por diversos motivos como comparações com outras pessoas nas redes sociais, por exemplo.

O consumismo ajuda a alimentar essa competitividade e faz com que muitas pessoas acreditem que sempre precisam de mais, de que nunca está bom, então com esse sentimento, muitos acabam realizando uma cobrança excessiva sobre suas próprias ações com autocríticas duras demais.

Isso ajuda a alimentar crenças limitantes, a trazer à tona pensamentos negativos e a manutenção da zona de conforto.

Quais são os principais malefícios da autocobrança?

Como já deu para perceber, a autocobrança é uma característica que, de forma excessiva, pode ser muito prejudicial em diversas vertentes. Confira quais são os principais malefícios abaixo:

Caminho fácil para frustrações

A autocobrança pode levar pessoas a quererem alcançar um nível de perfeccionismo que ninguém consegue alcançar. Ou mesmo fazer com que pessoas tentem chegar ao nível de outras pessoas, quando ela ainda não possui capacidade para isso. Logo, a autocobrança se torna um caminho fácil para as frustrações.

Conheça nosso curso de coach.

Autossabotagem e perda de produtividade

A pessoa que se cobra excessivamente pode ser um grande sabotador. A autossabotagem é uma característica que leva pessoas a limitarem o seu potencial, a não acreditarem em si e isso é algo muito sério.

Da mesma forma, outro malefício da autocobrança é que as pessoas podem perder produtividade, não conseguindo realizar suas tarefas com qualidade e nem mesmo se destacar em relação à quantidade de ações.

Saúde mental abalada

Com a autoestima abalada, a autocobrança excessiva pode destruir a nossa saúde mental. Pessoas que se cobram demais acabam tendo mais facilidade para desenvolver problemas como a ansiedade e a depressão.

Como lidar com a autocobrança?

Depois de ler os tópicos acima, acredito que você tenha entendido que a autocobrança pode lhe fazer muito mal. Então, é preciso aprender a lidar com isso, confira as nossas dicas abaixo:

Seja realista

O primeiro passo é entender que ninguém possui a vida perfeita. Nem tudo que está nas redes sociais representa algo verdadeiro, muita coisa foge à vida real. Então, é importante se tornar uma pessoa realista para lidar com a autocobrança.

Assim, estipule metas que você acredita que irá alcançar. Vá buscando crescer pouco a pouco, dessa forma você terá mais controle sobre a sua vida, podendo focar no que realmente importa e notar um crescimento estrondoso em pouco tempo, seja na vida pessoal ou profissional.

Pense positivo!

O pensamento positivo é um aliado contra a autocobrança. A negatividade nos faz criar crenças que distorcem a realidade que vivemos e isso causa a limitação. Então, é importante mudar o nosso mindset e adotar a positividade como regra em nossa vida.

É importante focar sempre no lado bom da história. Até mesmo quando erros, precisamos aprender a tirar proveito dos pontos positivos e aprender com eles. Então, pense sempre positivamente, buscando perceber o lado bom das coisas. Isso ajudará a diminuir a sua autocrítica e a cobrança excessiva sobre si mesmo.

Faça um detox das redes sociais!

As redes sociais são estimulantes para o nosso dia a dia. É difícil ver uma pessoa hoje em dia que não passe horas vendo as notificações do celular. O problema é que estas plataformas acabam servindo como base para muitas comparações com outras pessoas, o que acaba gerando a autocobrança excessiva.

Então, uma dica importante para aprender a lidar com a autocobrança é fazer um “detox” das redes sociais sempre que preciso, ou seja, se afastar do smartphone sempre que sentir que você não está conseguindo se controlar.

Faça nossa Formação em Coaching!

No IBND, possuímos uma Formação de Coaching com certificação internacional, venha conhecer e entre para o nosso time!  


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK