Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

3 técnicas de avaliação para aprimorar processos seletivos

14/04/2020 às 11:24 Coaching

3 técnicas de avaliação para aprimorar processos seletivos

Profissionais de recursos humanos enfrentam processos seletivos quase todos os dias. E daí vem a cobrança das empresas por menor rotatividade, o que depende da escolha de profissionais eficientes e que tenham o perfil da função. Mas como avaliar assertivamente um grande número de candidatos em um processo seletivo?

Para lhe ajudar a escolher o melhor candidato para uma vaga, viemos lhe mostrar três técnicas que podem ajudar na avaliação e definição dos escolhidos. Assim, é possível compor um quadro de funcionários eficientes, que possuam o perfil que a empresa precisa, e assim diminuir custos com contratação e a rotatividade do negócio.

Todo profissional de RH sempre busca por novas técnicas de entrevista de emprego. As entrevistas e dinâmicas não são à toa, todas essas etapas de um processo seletivo fazem a diferença para uma escolha assertiva.

Confira abaixo a nossa lista com as três principais técnicas de avaliação em processos seletivos:

Faça uma simulação de vendas

Essa é uma técnica importante em processos seletivos de profissionais de vendas. É importante avaliar a capacidade de venda antes de contratar um vendedor, não é mesmo? É a melhor forma de fazer isso é realizar uma simulação de vendas durante o processo seletivo.

Peça para que ele te venda algum produto vendido pela sua empresa. Passe todas as informações do produto para que ele possa desenvolver argumentos para a venda. Nessa hora, você pode avaliar a abordagem, a linguagem, os argumentos e poder de convencimento dos candidatos.

Outra dica é realizar essa simulação de vendas por duas vezes, uma numa fase mais inicial do processo quando o candidato deve tentar fazer uma venda para você. E numa fase mais decisiva do processo seletivo, você pode colocar os candidatos por cinco minutos em uma loja da sua empresa.

Assim, eles podem vender para clientes reais e assim você pode ter uma ideia mais precisa da desenvoltura dos candidatos com o perfil de clientes da sua empresa.

Se sua vaga é de Vendas, procurar candidatos que fizeram um curso de vendas é um grande diferencial.

Wartegg

Esse teste psicológico chamado Wartegg ajuda a descobrir a personalidade dos candidatos. Com essa técnica, você pode conhecer a personalidade de uma pessoa com base em desenhos.

Essa técnica pode ser aplicada tanto individualmente como em grupo. Funciona assim: pegue uma folha e desenhe oito quadros. Insira um ponto ou sinal dentro de cada quadrado, pode ser um ponto ou uma linha.

Assim, o candidato deve completar o desenho dando uma sequência a essas linhas e pontos. No fim, o candidato deve dizer o que o desenho significa. Depois, você deve perguntar quais foram os desenhos que ele gostou e não gostou de fazer.

Com base nas respostas, você conseguirá definir a personalidade de cada candidato. Assim, você terá uma boa base de avaliação para saber se o candidato tem o perfil desejado para ocupar a vaga em disputa.

Existe outras técnicas, porém exemplo o assessment.

Técnica de Memorização

Outro fator importante para avaliação de um candidato é ter uma noção da sua capacidade de memorização. Memorizar palavras e imagens é fundamental para que um profissional seja rápido e consiga desenvolver suas funções com propriedade, sem esquecer de nenhum detalhe.

A técnica de memorização é bem simples. Faça um teste com palavras e imagens. Basta que você escolha algumas imagens e algumas palavras e peça para os candidatos memorizem. Você pode utilizar um quadro para lhe ajudar.

Assim, dê um tempo razoável para a memorização, e embaralhe as palavras e imagens no quadro, com o sentido inverso. Depois, pergunte aos candidatos, de quais palavras e imagens eles se lembram. Pessoas com boa capacidade de memorização, terá um aproveitamento igual ou superior a 40%.

Como preparar um processo seletivo?

As pessoas estão acostumadas a ver uma entrevista de emprego pela ótica dos candidatos, mas os profissionais de RH também devem receber dicas para organizar processos seletivos.

Para colocar em prática, as três técnicas que falamos acima, é preciso ter uma base de preparo para a realização de entrevistas e dinâmicas durante a seleção. E uma boa maneira de começar a planejar o processo é definir o perfil desejado para o cargo vago em sua empresa.

Assim, você consegue reunir um bom número de informações sobre o perfil desejado. Assim, você define quais são os principais pontos da personalidade e as principais competências para a função em disputa.

Dessa forma, você pode fazer o roteiro do processo seletivo, destacando etapa por etapa, quais serão as técnicas e os métodos de avaliação da seleção. Depois de preparar o processo de seleção, você deve focar em avaliar com foco e assertividade todos os candidatos.

Assim, você tem a chance de escolher os melhores profissionais em cada etapa do processo e fazer avaliações cada vez mais aprofundadas. Com isso, você consegue avaliar candidato a candidato, e ter mais base para escolha em fases afuniladas do processo.

A Formação de Coaching pode ajudar os profissionais de RH a escolherem os melhores profissionais para cada cargo. Contando com as ferramentas de Coach em profissionais seletivos pode otimizar todo o processo de seleção.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®