Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK

Saiba um pouco mais sobre a história da Louis Vuitton

21/12/2020 às 11:59 Coaching

Saiba um pouco mais sobre a história da Louis Vuitton

Luxo, requinte, sofisticação e qualidade. Esses adjetivos podem remeter a diversas marcas de renome mundial. Mas quando o assunto é bolsas, malas ou acessórios, certamente a Louis Vuitton vem a sua cabeça. Essa grife de luxo conquistou o seu público de uma forma tão eficiente, que é impossível não relacionar esses acessórios a ela.

Sendo assim, nada mais justo do que dedicarmos esse artigo que vai contar a história da secular Louis Vuitton pelo mundo. Conheça os diferenciais que a fizeram ser a preferência dos consumidores, em especial, os de maior poder aquisitivo. Continue a leitura e inspire-se um pouco mais!

Louis Vuitton: mais de um século de história

Nossa história começa em 1854 na velha Paris, quando o jovem Louis Vuitton, que trabalhava como aprendiz em uma empresa que fabricava baús para viagem, resolveu empreender. Ele decidiu criar algo que fosse inovador e que atendesse à crescente demanda da clientela.

Ou seja, seus produtos precisavam ser práticos, bonitos e, sobretudo, úteis. Naquele mesmo ano, nascia a Maison Louis Vuitton Malletier. O primeiro produto da futura marca de sucesso (uma mala de tecido impermeável), teve uma enorme aceitação dos clientes na época, justamente por sua extrema qualidade de fabricação e resistência.

A Louis Vuitton inovou ainda mais e expandiu sua produção, com o objetivo de atender o maior número de clientes possível. Baús para guardar materiais fotográficos e até instrumentos musicais eram fabricados sob encomenda pela marca francesa. Com o passar dos anos e muita resiliência, os negócios iam crescendo a um ritmo frenético.

Mais inovação e consolidação no mercado

Em 1885, a famosa grife inaugurou a sua primeira loja em Londres. E mais uma dose de inovação entra em cena na Louis Vuitton: um moderno sistema de fechamento de malas de viagens e baús foi criado, tornando-os muito mais seguros. A inteligente novidade foi uma verdadeira revolução.

Depois de morte de Louis Vuitton, em 1892, seu filho, Georges Vuitton, assume os negócios. Em 1896, ele implantou a logomarca em todos os produtos fabricados pela grife de luxo. A famosa sigla LV nas cores marrom e bege pode ser vista até hoje em todos os produtos da marca.

Em 1936, o filho de Georges, Gaston-Louis Vuitton, assume a direção da empresa, depois do falecimento do pai. Nas décadas seguintes, a renomada grife de alto luxo francesa foi se consolidando cada vez mais no segmento de bolsas, malas e acessórios. As vendas, bem como o faturamento, só cresciam.

Diferenciais únicos e parcerias de sucesso

Um dos principais diferenciais dos produtos Louis Vuitton, é o uso de um tecido impermeável mais maleável, à base de algodão, linho e PVC para fabricar todos os seus modelos de bolsas até hoje. Outro feito da marca foi a criação de um baú que tinha gavetas secretas e prateleiras sob medida. Um estouro de vendas por décadas!

E isso, além de conquistar milhares de consumidores exigentes, atraiu os olhos de investidores interessados no negócio. Em 1987, o francês Bernard Arnault comprou a Louis Vuitton. Com o objetivo de aquecer ainda mais as vendas da luxuosa grife, já que a concorrência se mostrava cada vez mais acirrada, Arnault resolveu investir em parcerias com estilistas famosos.

Em 1997, a Louis Vuitton inovou ainda mais criando a sua primeira coleção de sapatos, roupas, relógios e joias exclusivas. Além disso, para que os produtos tivessem mais visibilidade no mercado, a marca não poupou despesas e investiu pesado em marketing. As vendas cresceram 80% nesse período.

Malas e bolsas: carro chefe da Louis Vuitton

Como os negócios iam a todo o vapor para a marca, estratégias de marketing usando celebridades conhecidas, acabaram fazendo parte do dia a dia da Louis Vuitton. E isso acabou dando muito certo para essa grife francesa. Atenção plena e tino para os negócios podem ser a receita para o sucesso.

Mesmo com toda mudança em sua administração, as famosas malas de viagem e os mais variados modelos de bolsas da Louis Vuitton, continuaram sendo o carro chefe dessa estilosa marca. A qualidade inquestionável dos seus produtos, bem como a praticidade, beleza e durabilidade deles, acabou conquistando milhares de clientes por todo o mundo.

Chegada ao Brasil e formação do grupo LVMH

A chegada da Louis Vuitton ao Brasil acontece em 1989. A marca escolhe a cidade de São Paulo para ser a sua sede. Como já era de se esperar, seus produtos acabaram fazendo um grande sucesso por aqui e hoje são referência em qualidade para milhares de consumidores. A famosa grife francesa também conquistou o público brasileiro.

Desde do início dos anos 1990, a Louis Vuitton começou a fazer parte do poderoso grupo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), que é dono de 75 marcas, sendo a maioria pertencente ao segmento de luxo. Atualmente, são mais de 460 lojas próprias localizadas nos 5 continentes e cerca de 120 mil colaboradores.

O lucro líquido do grupo em que a Louis Vuitton faz parte foi de 7,2 bilhões de euros, em 2019. E pensar que todo esse império começou com a brilhante ideia de um jovem que queria oferecer algo diferenciado, útil e de extrema qualidade ao público. Pelo visto, deu muito certo!

Venha para o IBND

O curso de coach do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®