O que é estoicismo?

16/10/2021 às 17:25 Hipnose

O que é estoicismo?

Você sabia que a psicologia está fundamentada em uma série de conceitos filosóficos? Um deles é a filosofia estóica, que hoje embasa a terapia cognitivo-comportamental. Veja mais abaixo!

O que é o estoicismo?

O Estoicismo surgiu a partir da convergência de três outras escolas filosóficas: o pensamento de Heráclito, o pensamento Socrático e o Cinismo. A escola estóica foi fundada por um filósofo da Grécia antiga, chamado Zenão de Cítio, nascido em Chipre (uma ilha no leste do Mar Mediterrâneo), e que por não ser um cidadão ateniense não possuía direito a uma propriedade em Atenas. Assim, Zenão passou a se reunir com os seus companheiros e seguidores em uma antiga edificação da ágora de Atenas, conhecida por “Stoá Poikíle”, cujo significado é “pórtico das Pinturas”, ou “pórtico Pintado”. Os que ali se reuniam, na Stoá, logo começaram a ser chamados de “stóikos”, algo como “os filósofos do pórtico”. Daí a origem etimológica do termo.

A filosofia estóica

Os estóicos pregavam acima de tudo o cultivo da virtude da temperança, uma das quatro virtudes cardinais, caracterizada pelo controle de si diante das dores e sofrimentos da vida. O Estoicismo chegou a Roma em meados do século I a.C., e teve seguidores famosos como o imperador Marco Aurélio, e os filósofos Sêneca e Epiteto. Até mesmo diversos filósofos modernos também basearam seus pensamentos nessa corrente, como o alemão Immanuel Kant.

Seus pensadores enxergavam na natureza uma harmonia inerente, acreditando haver uma força, chamada Cosmos, responsável por trazer a harmonia e ordem ao mundo. Cosmos seria uma força perfeita que traz ordem e harmonia e, para os estóicos, não seria possível compreender essa força de forma completa devido à imensidão do universo.

Perseguição do estoicismo

Por volta de 529 d.C., em uma Roma já cristã, o estoicismo passou a ser proibido devido às suas características supostamente pagãs. Embora perseguida e atacada por eles, o estoicismo havia influenciado fortemente as filosofias cristãs nos três primeiros séculos, de acordo com o calendário Gregoriano. O pensamento estóico passou por várias adversidades, sofreu diversas mudanças e adaptações, e ainda assim resiste até hoje como uma das correntes mais importantes da Filosofia Ocidental (Long, 2002. Robertson, 2010).

Quem foi Epiteto?

Epiteto viveu a maior parte de sua vida em Roma sendo escravo de um impiedoso secretário do imperador Nero. Ainda como escravo, conseguiu frequentar as diversas palestras de um estóico famoso na época, sendo logo após libertado. Estava sempre motivado a fazer perguntas diante dos contextos apresentados e questionava o que seria uma vida relativamente boa em um mundo tão imprevisível como o nosso. Foi um dos grandes exemplos de resiliência na história da cultura Ocidental.

Assim, a filosofia de Epiteto busca a calma diante do caos, fazendo o melhor possível com as oportunidades que temos, aceitando o que está fora do nosso controle. Prega o valor da razão, propunha que emoções destrutivas eram resultado de erros na nossa forma de ver o mundo e oferecia um guia prático para nos mantermos resolutos, fortes e no controle.

Influências do estoicismo

O Estoicismo exerceu enorme influência nas culturas ocidentais como um todo, desde a civilização greco-romana, até doutrinas como o Cristianismo e o Budismo. E atualmente é a base filosófica da técnica psicoterapêutica conhecida por Terapia Cognitivo-Comportamental. Veja como abaixo.

Uma breve história da TCC

A Terapia Cognitiva foi desenvolvida pelo psiquiatra Aaron T. Beck (1921) na Universidade da Pensilvânia, no início da década de 60, como uma forma de psicoterapia breve, estruturada e orientada para o presente. Um dos principais pressupostos da teoria é a ideia de que a maioria dos nossos transtornos psicológicos se dá através de Pensamentos Disfuncionais. Os pensamentos, sejam eles disfuncionais ou não, influenciam diretamente no nosso humor e na nossa visão de mundo que, em consequência, refletem diretamente nos nossos comportamentos do dia-a-dia. Ademais, as modificações ativas de tais Distorções Cognitivas, através de uma postura realista perante a vida, são capazes de melhorar a qualidade do nosso humor e comportamento. Ou seja, a melhoria duradoura na nossa qualidade de vida é resultado da modificação das nossas crenças disfuncionais básicas

Eficácia da TCC

A princípio, a técnica que havia sido desenvolvida para o tratamento de pacientes com depressão profunda, e que não haviam tido melhoras significativas com outras abordagens terapêuticas, mais tarde, ao se alinhar com um conjunto de procedimentos da Psicologia Comportamental, foi adaptada para o tratamento de transtornos psicológicos diversos. Com uma gama de estudos empíricos realizados e atestando a sua eficácia, a Terapia Cognitivo-Comportamental é tida como a abordagem Psicoterapêutica com maior respaldo científico atualmente.

E como usar o estoicismo no dia a dia pessoal?

Assim, o estoicismo na vida cotidiana pode levar o indivíduo a buscar viver em harmonia com a natureza e consigo próprios, com a humanidade e com o universo, a partir do autoconhecimento e do questionamento. Além disso, valorizar as virtudes, ou seja, viver com sabedoria, guiados pela razão, é o que leva, no estoicismo, ao florescer do potencial como ser humano. Sua contribuição para a psicologia é sempre buscar fazer o que está diante das possibilidades reais e, por isso, pode levar a uma maior qualidade de vida, visto que libera o pensamento dos medos de fracassar ou a sensação de desamparo aprendido.

Por fim, o estoicismo propõe que mesmo quando não somos capazes de compreender completamente certos eventos que acontecem, podemos vê-los parcialmente, a partir do que nasce uma forma de adotar um viver que seja espelhado no ordenamento e na harmonia que já há no Cosmos.

E você, ficou interessado em conhecer novas filosofias por trás de abordagens em saúde? Aprenda Hipnose Clínica sem sair de casa!

Terapeuta e hipnólogo, você busca uma ferramenta para potencializar os resultados com seus pacientes e, assim, gerar mais satisfação? Deseja ressignificar fobias e traumas? Quer utilizar os recursos da mente a seu favor? Faça nosso curso de hipnose online!

Referências:

BARBOSA, A.S. et al. Epistemologia da terapia cognitivo-comportamental: casamento, amizade ou separação entre as teorias? Acad. Paul. Psicol. 2014;34(86).


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK