Fique por dentro da história da Sadia, uma das marcas mais queridas pelos brasileiros

22/11/2020 às 13:48 Coaching

Fique por dentro da história da Sadia, uma das marcas mais queridas pelos brasileiros

Empreender requer algumas habilidades necessárias para que o negócio dê certo. E dependendo do ramo de atuação da empresa, elas precisam se tornar ainda mais evidentes. Por isso, alguns empreendedores se destacam no cenário nacional, fazendo seus negócios se tornarem a preferência dos clientes.

Um bom exemplo é a Sadia. Esse post vai te contar um pouco da história dessa marca que é a queridinha dos brasileiros. Saiba como essa empresa conseguiu se destacar no mercado nacional, mesmo diante da concorrência. Aproveite a leitura e inspire-se!

Década de 1940: nascimento da Sadia

Em 07 de junho de 1944, nascia uma das empresas que se tornaria uma das gigantes da indústria alimentícia no Brasil: a Sadia. Criada por Atílio Fontana no estado de Santa Catarina, a empresa inicialmente era um pequeno frigorífico localizado na cidade de Concórdia.

Fontana, que era considerado um empreendedor nato, decidiu que iria fazer a Sadia prosperar no mercado. O primeiro passo foi a compra de um maquinário para começar a produção da marca. Nessa época, o desenvolvimento industrial brasileiro estava em seu auge.

Em 1947, a Sadia, que queria conquistar o mercado brasileiro, começou a expandir os negócios e inaugurou a sua primeira distribuidora no estado de São Paulo. Além disso, a empresa se tornou uma marca registrada, se consolidando ainda mais no segmento. Tudo isso se deve a uma invejável visão de negócios do seu fundador.

Anos 50 e 60: crescimento acelerado da marca

Para o talentoso Atílio Fontana, sua empresa precisava crescer ainda mais. Por isso, em 1952, para operar no principal eixo comercial brasileiro (RJ-SP), a Sadia comprou o seu primeiro avião. Nessa época, os caminhões frigoríficos ainda não existiam e essa estratégia da Sadia acabou popularizando seus produtos.

Já em 1953, a Sadia inaugurou sua primeira sede fora do seu estado natal (SC). A cidade escolhida foi São Paulo. A credibilidade e os negócios da marca cresciam cada vez mais nos anos seguintes. Os anos 1960 foram cruciais para a consolidação da Sadia no Brasil.

Em 1964, com a criação da Frigobrás, a Sadia aproveitou a oportunidade de crescer ainda mais e entrou para o segmento de alimentos semi prontos e congelados. Pouco tempo depois, os primeiros contratos para a exportação de carnes foram fechados. O objetivo agora era ganhar a fama mundial.

Em 1967, a Sadia já comercializava seus produtos em todo o território nacional. Com os avanços tecnológicos e uma equipe motivada, a marca inaugurou diversos depósitos em todos os estados da Região Sul e escritórios comerciais em diferentes cidades do Brasil. A marca cujo mascote é o famoso peru com capacete, se consolidava ainda mais.

Produtos Sadia: inovação e referência para os clientes

Os anos 70 e 80 representaram o apogeu para a Sadia. Em 1971, a marca marcou presença na Bolsa de Valores. Com os negócios cada vez mais aquecidos, a marca resolveu inovar e, em1974, lançou o seu produto mais conhecido pelo público: o peru temperado. Ele se tornou campeão de vendas no Brasil.

Em 1975, começaram as exportações de carne de frango para países do Oriente Médio, tornando a Sadia um dos maiores exportadores nacionais. Já em 1982, a Sadia, que prezava por um atendimento diferenciado ao cliente, inovou mais uma vez e inaugurou o primeiro SIC (serviço de informação ao consumidor) de uma empresa do ramo alimentício.

Anos 1990: a Sadia conquista o mundo

A década de 90 foi ainda mais promissora para a Sadia. As cidades de Tóquio, Milão e Buenos Aires conheceram os produtos da marca. Tempos depois, os consumidores chineses também tiveram o primeiro contato com a Sadia, consolidando-a ainda mais no mercado mundial. A variedade de produtos ofertados também aumentava.

Em 1994, no aniversário de 50 anos de fundação, a Sadia atingiu um faturamento de U$ 2,9 bilhões, além de contar com 32 mil colaboradores. Em 1998, a marca se tornou líder absoluta no segmento avícola. A Sadia marcava presença em mais de 40 países mundo afora. O sucesso foi se tornando cada vez maior entre os consumidores.

Anos 2000: reconhecimento e valorização da marca

Em 2001, a Sadia é eleita a marca do ramo alimentício mais valiosa do mercado brasileiro pela Interbrand, que é uma consultoria inglesa. Em 2003, a heroica façanha se repete novamente. Já em 2004, é inaugurado o Instituto Sadia, que tem o objetivo de desenvolver o crescimento sustentável dessa tradicional marca.

Em 2008, a Sadia instala sua primeira fábrica na região nordeste. A capacidade de produção era de cerca de 150 mil toneladas de embutidos. No ano seguinte, depois de uma inédita decisão administrativa, acontece a fusão da Sadia com a concorrente Perdigão. A empresa, que faz uma eficiente gestão de talentos, passou a ser reconhecida pela sigla BRF (Brasil Foods S.A.).

Em 2010, a BRF (Sadia) teve um faturamento recorde de R$ 22,7 bilhões com uma produção de 4,2 mil toneladas de carnes e derivados. Nos anos seguintes, a marca foi se tornando uma das preferidas dos consumidores, justamente por causa da qualidade incomparável.

A Sadia hoje

Atualmente, a Sadia se tornou um conglomerado de 20 empresas e é a primeira empresa no ranking brasileiro na produção e comercialização de carnes em geral e embutidos. A marca oferece cerca de 300 produtos de altíssima qualidade, conta com 55 mil funcionários, 150 mil pontos de venda e uma fábrica na Rússia.

Presente em mais de 140 países, a Sadia sempre trabalhou para oferecer o melhor produto para seus consumidores. Por isso, ela é uma das marcas mais queridas pelos brasileiros.

E pensar que todo esse império começou com um simples frigorífico que quase decretou falência nos primeiros anos de funcionamento. É ou não para se inspirar?

Venha para o IBND

O curso de coach do IBND é ministrado por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Estamos te esperando!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK