Como ser proativo?

26/12/2021 às 22:25 Hipnose

Como ser proativo?

Uma das habilidades mais cobradas da contemporaneidade, nem sempre sabemos o que é proativo. E você, vem ver a proatividade de outros ângulos!

O que é proatividade?

A palavra proativo surge do inglês, proactive. Possui o prefixo pro, que se refere “à frente”, e active ,"ativo". Quando pronunciada e/ou escutada, mesmo sem conhecer o verdadeiro significado, surgem pensamentos, seja uma ideia, uma hipótese ou até associar um perfil à palavra. Proatividade é uma habilidade comportamental que se destaca em espaços coletivos, sejam esses corporativos, universitários, escolares e até no lazer. O "ser proativo" é carimbado como alvo desejado nesses ambientes.

Em currículos, cartas de interesse ou recomendação, a palavra apesar de ter se tornado comum é de extrema importância que se sobressaia do papel. Mas afinal, como ser proativo?

É possível ser mais proativo?

Todos podem ser ou se tornarem pessoas proativas. É necessário acabar com a ideia de que determinados comportamentos, como a proatividade, é um dom místico ou intrínseco da natureza de poucos seres humanos. Ao contrário, é possível desenvolver esse comportamento, e mais, levar uma vida pessoal e profissional muito mais agradável e se destacar. Uma habilidade não se desenvolve rapidamente, ou como dito popularmente, do dia pra noite. É necessário ter uma rotina, e uma rotina com qualidade de vida.

Proatividade e rotina

A rotina para alguns pode ser angustiante, por conta da ideia de repetição que se tem associada e de fato até pode ser isso, às vezes. Entretanto, a rotina é como uma pessoa se organiza e separa seu tempo para as atividades a serem executadas. É a partir da rotina que é possível separar aquilo que tem maior prioridade ou é mais banal. Para ser proativo é necessário criar uma rotina, pois é nela que irá definir o tempo para executar determinadas tarefas, as prioridades a serem destacadas, ver funções que podem ser delegadas ou executadas mais rápido, organizar seu tempo a pequeno, médio e longo prazo, separar tempo pessoal de tempo de trabalho, entre outras vantagens que se pode ter.

A pessoa proativa

Como a própria palavra diz, alguém proativo é alguém que está à frente. Provavelmente já deve ter passado por alguma situação onde havia um problema e o foco se encontrava somente nisso. Não havia pensamento de soluções concretas, mas sim no transtorno que aquilo poderia gerar. Até que surge alguém que dá uma resposta que poderia solucionar.

A pessoa que surgiu com a solução, pode ser considerada alguém proativo, pois foi além do problema e do que aquilo poderia gerar, mas sim trouxe uma possível resposta.

Alguém proativo é caracterizado também como alguém que se encontra à frente e vai atrás de soluções antes mesmo do problema "estourar". Essa é uma característica importante, tanto profissionalmente como pessoalmente, pois foge da visão do momento negativo. Isso não significa que não entenda o possível transtorno que pode ser causado ou o que representa, entretanto o foco se encontra nas melhorias e desenvolvimento de soluções.

Proatividade e prioridades

Retomando um ponto valioso para a proatividade que trouxe junto a rotina é destacar prioridades. Prioridades estão no nosso cotidiano o tempo todo, seja no momento de ir fazer compras, para saber como usar o seu tempo de lazer, que atividades da universidade entregar primeiro ou em que evento ir. É necessário definir prioridades, dado que é através da prioridade se é possível definir a importância e dar um peso àquilo, um valor.

Quem nunca esteve cheio de tarefas acumuladas a serem executadas que não sabia por onde começar. No momento que resolve dar início, por conta do excesso, não separa o que é importante para aquele momento e somente vai realizando em ordem aleatória. Depois de determinado tempo, se dá conta que perdeu um prazo ou não vai conseguir realizar determinada atividade.

O que evitar na rotina?

Destacamos dois pontos que poderiam ser evitados se houvesse uma rotina e se tivesse uma classificação de prioridades: O primeiro é o excesso de atividades, visto que se tivesse uma rotina não teria chegado ao ponto de ter tantas atividades acumuladas. O outro é a perda de prazo ou não conseguir executar determinada tarefa, caso fosse realizado uma classificação de prioridades, atividades importantes não teriam sido deixadas para serem realizadas naquele momento, haveria uma separação de acordo com o peso de importância que representa.

Proatividade e aprendizagem

Dando prosseguimento, outro traço que é relevante para se tornar proativo é o interesse em aprender. Dentro do mundo profissional é necessário estar em constante aprimoramento e se qualificando, isso não somente em cargos altos, todos precisam se atualizar e ampliar seu autoconhecimento.

Quando se fala em aprimoramento nem sempre é necessário ir para um curso formal onde vá aprender algo com professores e materiais, mas pesquisar e entender aquilo que está fazendo, pedir ajuda quando não souber, entender aquilo que está sendo executado, ver outras formas ou estratégias que possa melhorar aquilo que já executa, são formas de aprender e se aprimorar.

A disponibilidade pessoal

O interesse e disponibilidade por aprender é algo admirável, tanto profissionalmente como na vida pessoal, estamos em constante aprendizado e é necessário ter vontade em acompanhar as mudanças ao nosso redor, é um ato de esforço e que engrandece. Alguém que é ou deseja se tornar proativo precisa ter um conhecimento naquilo que executa, e caso não tenha, ir atrás de aprender e se aperfeiçoar com resiliência.

Proatividade e criatividade

E por fim, mas não menos importante, a última característica para se tornar proativo ou para ser mais proativo é a criatividade. Como dito anteriormente alguém proativo está à frente, busca soluções e melhorias, e para isso, como para as outras características levantadas, é preciso saber criar e inovar.

Ser criativo é o ato intelectual de criar. Todas as outras características para ser proativo interagem com criatividade; criar uma rotina, criar soluções e melhorias, criar prioridades, interesse em aprender e inovar. Lembrando que, criatividade não é um talento natural de poucos, se desenvolve e aprende. É a partir da criatividade que é possível ter uma visão macro, além de um ponto fixo, com a criatividade é possível ver o total e visualizar novas possibilidades.

Conclusão

A proatividade é um carimbo no passaporte da vida e que te permite ingressar em qualquer lugar. Aprendemos aqui a como adquirir esse adjetivo tão almejado e admirado socialmente que te transforma e transforma o seu ao redor. Agora é o momento de pôr em prática aquilo que foi lido e melhorar sua proatividade.

E você, gostaria de se qualificar para promover saúde e bem estar? Aprenda Hipnose Clínica sem sair de casa!

Terapeuta e hipnólogo, você busca uma ferramenta para potencializar os resultados com seus pacientes e, assim, gerar mais satisfação? Deseja ressignificar fobias e traumas? Quer utilizar os recursos da mente a seu favor? Faça nosso curso de hipnose online!


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK