5 dicas essenciais para ter relacionamentos saudáveis

08/04/2020 às 16:18 Dicas

5 dicas essenciais para ter relacionamentos saudáveis

Muitas pessoas estão em relacionamentos abusivos e tóxicos, e isso se deve a idealizações de histórias de amor inalcançáveis. Somos seres humanos, erramos e acertamos diariamente, e isso nos indica que precisamos aprender a conviver com quem amamos. Em outras palavras, ter relacionamentos saudáveis.

A concepção de um relacionamento saudável é bem diferente. Vamos dar algumas dicas de como reestruturar seus relacionamentos e começar novos relacionamentos de uma forma diferente.

O segredo de um relacionamento saudável é ter uma boa convivência com o parceiro (a). Para isso é preciso aprender a amar as imperfeições do outro, isso mesmo! Pode parecer estranho, mas essa é a verdade. Não é difícil se acostumar com as qualidades de uma pessoa, mas com os defeitos. Lembre-se disso!

Confira as nossas dicas para ter relacionamentos saudáveis:

Autoconhecimento

Muitas pessoas acabam entrando em relações abusivas por não conhecem a si mesmas. E não estamos falando que a culpa seja da pessoa, não é isso, mas este é um fator que influencia nesse tipo de relacionamento.

O autoconhecimento é um dos pilares do coaching. Dentro da metodologia, a importância de se conhecer é essencial para todos os âmbitos da vida. Uma pessoa que tem consciência de suas ações e emoções, entende o seu comportamento e lida melhor com conquistas e frustrações.

Ao relacionar consigo mesma sem tantas cobranças e busca melhorar a cada dia, uma pessoa passa a ter relacionamentos saudáveis com os outros. Além de se conhecer, o autoconhecimento leva ao desenvolvimento da inteligência emocional e da empatia, habilidades essenciais para compreender os outros.

A busca pelo autoconhecimento também é a chave para a ressignificação de traumas. Todas as pessoas já viveram momentos que criaram traumas, barreiras e alimentaram crenças limitantes. E estas podem afetar diretamente em seus relacionamentos.

Por isso, desenvolver essa habilidade é muito importante para tirar empecilhos que possam atrapalhar seus relacionamentos.

Não alimente sonhos irreais

Com certeza, você já ouviu alguém dizer que pessoas se casam com as pessoas que elas idealizam. E isso por si só gera uma frustração porque nunca o parceiro (a) será perfeita como em seu sonho ideal, simplesmente porque a perfeição não existe.

É óbvio que não é errado sonhar, todos temos o direito de desejar um bom relacionamento. O mais importante é ter a sua consciência sempre acima destas idealizações. Não devemos cobrar de nossos cônjuges, qualidades que eles não possuem.

O mais importante para a realização saudável é conhecer e se apaixonar pelo que a pessoa é. Mesmo que você projete a mulher ou o homem dos seus sonhos, tenha a noção de que este fica apenas no seu sonho.

A mulher ou o homem ideal para você é descoberto através da convivência diária. Assim, você conhece as verdadeiras qualidades e defeitos da pessoa amada e dessa forma, você consegue melhorar a sua convivência. Essa é a base de um relacionamento saudável.

Se comunicação bem é uma das coisas que aprendemos no Curso de PNL.

Respeite as individualidades do cônjuge

A convivência nos revela as qualidades e os defeitos de quem amamos. Cada pessoa tem sua própria personalidade, tem seu jeito de ser, por isso devemos parar com as idealizações e respeitar as individualidades de nosso parceiro (a).

Se você não respeita a individualidade do outro, como ele irá respeitar a sua? É preciso aprender a respeitar para ser respeitado. Em todo relacionamento, é preciso que cada um tenha seu espaço, busque por seus próprios interesses e tenha seus próprios hobbies.

É importante ter momentos a dois, mas também é de suma importância que tenhamos momentos sozinhos. Respeitar a individualidade do cônjuge é fundamental para o relacionamento saudável.

Arrume tempo para ficar com o seu parceiro (a)

Assim como devemos respeitar a nossa individualidade, temos que separar um tempo para estarmos junto com quem amamos. Muitos relacionamentos acabam porque as pessoas vivem mais sozinhas do que acompanhadas. Essa distância entre duas pessoas torna o relacionamento cada vez mais frágil.

Por isso, o ideal é que vocês tenham um acordo, onde tenham seus momentos sozinhos e deixem um tempo para compartilhar bons programas juntos ou mesmo ficar sentados no sofá sem falar nada.

O companheirismo vem pela união e pelo respeito. É isto que favorece a boa convivência. Em um relacionamento saudável só é possível se as duas pessoas estão dispostas a aceitarem um ao outro e se dedicarem em prol do relacionamento.

Diálogo e mais diálogo

Converse com seu parceiro (a)! Essa é a chave para uma convivência harmoniosa. Pessoas são cheias de defeitos, erramos todos os dias e temos que ter a noção de que não precisamos ser perfeitos.

Muitos casais não conversam sobre o que lhes incomoda, muitos nem falam sobre seus gostos em comum. Um relacionamento sem diálogo é algo que praticamente não existe. Por isso, é essencial dialogar com a pessoa amada, se abra com ela em relação a coisas que lhe incomodam, divida seus sonhos e objetivos, exponha suas dificuldades.

O diálogo é fundamental para um relacionamento saudável. É preciso se interessar em conversar com o cônjuge, é através do diálogo que os problemas se resolvem e que as oportunidades surgem, pense nisso! Compartilhar a sua vida com outra pessoa depende de boas conversas, nunca esqueça disso.

Só com muita conversa que conhecemos a quem amamos e entendemos o seu ponto de vista. Um casal que alimenta conflitos e não conversa sobre eles, acaba criando uma relação tóxica e frágil, que aguarda apenas um motivo para acabar. Já um relacionamento saudável é aquele que as pessoas conversam e buscam se ajudar e se entender mutuamente.

Se ainda precisar, você pode procurar a ajuda de um Coach de relacionamento.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. Conheça a nosso nosso Curso de Coach.


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®