Dia mundial do veganismo: seria a solução para os problemas mundiais?

25/11/2021 às 12:11 Hipnose

Dia mundial do veganismo: seria a solução para os problemas mundiais?

Algumas dietas trazem benefícios não apenas pessoais, mas também sociais. Você conhece o veganismo? Então vem dar uma olhada!

Dia Mundial do veganismo

No dia 1º de novembro é considerado o Dia Mundial do Veganismo, do inglês World Vegan Day. Vamos ver mais sobre essa filosofia abaixo.

O que é o veganismo?

Veganismo é uma filosofia e um estilo de vida que procura excluir, tanto quanto possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade animal, com a finalidade de produzir alimentação, roupas ou qualquer outro uso, assim, desenvolve o uso de alternativas sem animais que beneficiam tanto os seres humanos, quanto os animais e o meio ambiente.

Histórico do veganismo

A dieta vegana teve seu surgimento em 1944 na cidade de Londres, Inglaterra, por meio do vegetariano Donald Watson em uma reunião com outros cinco vegetarianos, que sentiam a necessidade de um novo conceito para descrever algo mais conciso do que “vegetariano não lácteos”. Ainda não existia uma proposta formalizada sobre a questão da defesa da causa animal, por isso, com a nova proposta do veganismo se contemplou estas partes.

Desde então o veganismo se tornou uma prática recorrente, com aumento substancial e notório.

O que os veganos comem?

Uma dieta vegana é rica em todos os tipos de frutas, vegetais, nozes, grãos, sementes, e outros, que podem ser preparados em uma infinidade de combinações que permitem a pessoa a não entediar-se com a mesma comida. Os veganos comem tudo que não tiver origem animal ou venha de fontes de exploração de animais.

Benefícios do veganismo

Existe muitos relatos sobre os benefícios da prática do veganismo na saúde, por exemplo, no âmbito nutricional, a dieta vegana tende a fornecer mais fibras, são mais ricas em potássio, magnésio, folato, antioxidantes e vitaminas A, C e E, o que auxilia no controle do diabetes, saúde cardiovascular, hipertensão e obesidade.

Os benefícios para a saúde são muitos e bem estabelecidos, por se tratar de uma dieta que exclui alimentos processados, açúcares simples, gorduras saturadas e trans, aditivos e conservantes alimentares. Assim, o veganismo tem sido reconhecido como um promotor da qualidade de vida e saúde de indivíduos veganos.

Não é apenas sobre a dieta

Os veganos tentam evitar e acabar com a exploração animal de todos os modos, e essa é a chave para entender esse estilo de vida. Desde acessórios até roupas, maquiagens e itens de higiene, produtos testados em animais e produtos animais, todos são evitados. Atualmente, existem muitas opções para veganos, estima-se que cerca de 56.000 produtos e serviços veganos existem atualmente, o que facilita como nunca a adesão ao veganismo.

Veganismo e medicamentos

Embora a maioria dos medicamentos sejam testados em animais para assegurar a integridade humana, os veganos não recomendam parar ou evitar tomar medicamentos, caso tenham sido recomendados e receitados por um médico oficial. É possível verificar com o médico se existem medicamentos que não contenham produtos animais, como a gelatina ou lactose.

Entretenimento e veganismo

Além disso, veganos não apoiam nenhum tipo de exploração animal tais como ocorrem em zoológicos e aquários, corrida de cavalos ou de cachorros. Uma alternativa é apoiar santuários onde os animais possam estar em uma habitat natural, seguros e com cuidadores dedicados.

Por que se tornar vegano?

A motivação para se tornar vegano tem diferentes vertentes. Ele surge como uma alternativa para os que desejam, por vontade própria ou necessidade, retirar todo alimento derivado de animais. Dentre as razões para a adoção do veganismo, destacam-se principalmente: a preocupação com o meio ambiente, a preocupação com a ética envolvendo os animais, a busca por uma melhor saúde, e em alguns casos, a aversão alimentar.

Além disso, as motivações para ser vegano pode vir para promover vida de qualidade aos animais, para que vivam sem sofrimento; para a sua saúde, pois contribui com os nutrientes que o corpo precisa; pelo meio ambiente, um meio conservar a natureza; entre outros.

Por que o vegetarianismo não é suficiente?

O vegetarianismo apoia a indústria que explora e causa sofrimento aos animais que produzem leite e ovos, por exemplo, nas fábricas onde muitos animais passam por experiências dolorosas. Os animais são levados à produzir de forma artificial, com uma quantidade muito maior do que produziriam naturalmente. Portanto, não existe consumo de produtos animais sem a exploração destes.

A boa notícia

A boa notícia é que podemos rever e reconsiderar nossa alimentação e estilo de vida, pensando através de nossos valores se podemos construir um mundo mais saudável para todas as gerações, especialmente as gerações futuras. Cada vez que comemos em um restaurante, podemos escolher ajudar estes animais através da evitação do consumo. Além disso, é preciso se perguntar até que ponto se consegue viver sem animais, pois a sua dieta pode mudar o mundo.

Como se tornar vegano?

Prepare-se para o veganismo, pois esta é uma mudança significativa em seu estilo de vida, que requer muita determinação e compromisso contínuo. Reflita sobre o motivo pelo qual quer se tornar vegano antes de iniciar essa transição. Além disso, procure entender que suas escolhas pessoais impactam o bem estar animal e a saúde do planeta. Procure se informar a respeito e não se precipite em iniciar. Depois de ter claro por que quer se tornar vegano e ter informações a respeito, é hora de começar a cozinhar com alimentos veganos. E, por fim, consulte um nutricionista para auxiliar nessa adaptação à alimentação vegana, através de check-ups de saúde e outros.

E você, quer promover saúde e bem estar? Aprenda Hipnose Clínica sem sair de casa!

Terapeuta e hipnólogo, você busca uma ferramenta para potencializar os resultados com seus pacientes e, assim, gerar mais satisfação? Deseja ressignificar fobias e traumas? Quer utilizar os recursos da mente a seu favor? Faça nosso curso de hipnose online!

Referências:

MATA, G.K.S. et al. O impacto da dieta vegana na saúde: revisão sistemática. Centro Universitário Tiradentes. sem data.

The Vegan Society. Definition of veganism. sem data. Disponível em: https://www.vegansociety.com/go-vegan/definition-veganism


Conheça mais:

Rodrigo Huback

Rodrigo Huback Head Trainer de Practitioner PNL, Master PNL, Método B2S e Hipnose Clínica

Mais de 12 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 18 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.


Gostou de nosso post? Compartilhe:


Todos os Direitos Reservados ®

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

OK